Auxílio emergencial na Irlanda: saiba como será transição para o ‘Jobseeker’

Auxílio emergencial na Irlanda: saiba como será transição para o ‘Jobseeker’

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O auxílio emergencial na Irlanda — PUP (Pandemic Unemployment Payment) — já começou a ser diminuído gradualmente e as mudanças ocorrem até fevereiro de 2022, quando ele será encerrado.

Desde 7 de setembro, estudantes pararam de receber os pagamentos e trabalhadores desempregados que continaram recebendo o auxílio emergencial tiveram descontados 50 euros no total semanal a partir daquela data.

De acordo com a regra, o grupo de trabalhadores que recebia 250 euros semanais, passou a receber a taxa mais baixa de 203 euros, ocorrendo, então, uma transição deste grupo para o sistema regular de pagamentos a desempregados, o “Jobseeker”.

No entanto, o governo anunciou que a transição deste grupo foi adiada e os trabalhadores vão preencher um formulário para o governo até quarta-feira, 21 de outubro, se quiserem entrar no programa “Jobseeker”, conforme explicamos abaixo.

Transição para grupo que teve corte em setembro foi adiada

Auxílio emergencial na Irlanda começou a ser reduzido a partir de setembro, sendo cortado inteiramente em fevereiro de 2022. Foto: lilzidesigns on Unsplash

O governo afirmou que a transição do grupo de trabalhadores que teve o pagamento diminuído para 203 euros em setembro foi adiada. Beneficiários deste grupo vão continuar recebendo o pagamento do PUP até 26 de outubro. Nesta data, o processo de transição para o “Jobseeker”, então, será realizado, se essa for a opção do beneficiário.

De acordo com documento divulgado pelo governo, os trabalhadores que chegaram à taxa mais baixa e querem fazer a transição para o “Jobseeker” deverão responder um formulário do Departamento de Welfare até quinta-feira, 21 de outubro.

“É importante que esses clientes identifiquem a opção mais adequada para eles. Se nenhum pedido for recebido de tal cliente, o pagamento final do PUP será feito em 26 de outubro”, diz o documento do Welfare.

O Departamento afirmou que enviou mensagens individualmente aos beneficiários.

Próximo corte do auxílio emergencial na Irlanda acontece em novembro

Os cortes do auxílio emergencial na Irlanda (PUP) seguem ocorrendo. Serão duas outras fases de mudanças nas taxas que estão programadas para ocorrerem de 16 de novembro de 2021 e 8 de fevereiro de 2022 (veja mais abaixo).

Os cortes reduzem em € 50 o valor que cada um dos auxiliados recebe por semana e que hoje depende do quanto o desempregado ou afastado recebia antes da pandemia. Quando o valor total chega ao mínimo de € 203, os beneficiados serão integrados ao Jobseeker’s Benefit, o auxílio regular a desempregados (o mesmo aplicado antes da pandemia).

Entenda como serão os cortes do auxílio emergencial na Irlanda

Valor inicial do pagamento PUP por grupos:

  • Grupo 1 (ganhava € 400/semana) – PUP de € 350/semana
  • Grupo 2 (ganhava € 300 a € 399.99/semana) – PUP de € 300/semana
  • Grupo 3 (ganhava € 200 a € 299.99/semana) – PUP de € 250
  • Grupo 4 (ganhava menos de € 200/semana) – PUP de € 203

As três fases do corte do auxílio emergencial na Irlanda:

  • Primeiro corte – € 50 em 7 de setembro (grupos 4 e 3 integrados ao Jobseeker’s Benefit — adiado para 26/10)
  • Segundo corte – € 50 em 16 de novembro (grupo 2 integrado ao Jobseeker’s Benefit)
  • Terceiro corte – € 50 em 8 de fevereiro de 2022 (grupo 1 integrado  ao Jobseeker’s Benefit)

Leia também: Auxílio emergencial: Irlanda muda regras de cobrança de impostos em 2021

Auxílio emergencial na Irlanda está fechado para novos beneficiários

O PUP está fechado para novos requerentes desde 8 de julho deste ano. As pessoas que perderam o emprego desde essa data podem candidatar-se ao Subsídio de Desemprego regular (Jobseeker).

As medidas fazem parte do National Economic Recovery Plan — plano de recuperação econômica nacional — anunciado na terça-feira, 1 de junho de 2021.

Departamento segue em busca de fraudes

O Departamento de Social Welfare tem executado verificações em pagamentos como os dados em relação aos registros de receita, examinando casos em que a mesma conta bancária é usada várias vezes ou casos em que um empregador ou membros do público denunciam.  Este trabalho é realizado pela Unidade de Investigação Especial do Departamento, que inclui mais de 20 Gardaí (policiais) destacados para o Departamento.

Os investigadores já descobriram 19,8 milhões de euros em auílio emergencial na Irlanda indevidamente declarados, com 13.000 pagamentos indevidos até o momento.

Para evitar um pagamento indevido, as pessoas que retornam ao trabalho devem encerrar sua solicitação e podem fazê-lo facilmente em www.MyWelfare.ie.

Leia também: Lockdown na Irlanda: governo aprova plano de reabertura até agosto

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar