Campanha recebe fundos para translado do corpo de brasileira morta em Dublin

Campanha recebe fundos para translado do corpo de brasileira morta em Dublin

Rubinho Vitti

8 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Um site de financiamento coletivo online está arrecadando fundos para o envio do corpo de Fabíole Camara de Campos, 33, assassinada em Charlestown Place, na região de Finglas, em Dublin, na Irlanda.

De acordo com a publicação no site GoFundMe, a “vaquinha online” tem como objetivo o translado do corpo de Fabiole a São Paulo, para que receba as últimas homenagens junto a seus familiares e amigos.

Até o momento, o financiamento coletivo chegou a 15 mil euros, de um objetivo total de 20 mil.

Muitos brasileiros mostraram, mais uma vez, que a comunidade é unida e ajudaram na captação de fundos. São muitos os irlandeses doadores também, como forma de empatia com o caso trágico.

“Além de enfrentar a dor de sua partida, a família e os amigos precisam arcar neste momento com os custos para trasladar o corpo de Fabíole”, diz o texto da campanha.

A campanha de arrecadação de fundos é validada e está sendo feita por uma amiga de infância de Fabíole, Daniela Loyarte, que representa a família junto às autoridades irlandesas. O beneficiário da ação é Felipe Câmara, irmão de Fabíole.

 

 

Entenda o caso

Fabíole vivia em Dublin há cinco anos e foi encontrada morta na manhã de quinta-feira, 4 de novembro.

Segundo a imprensa irlandesa, o marido de Fabíole, Diego Costa Silva, 32, foi preso pela Garda como suspeito do assassinato.

No tribunal, o acusado ficou em silêncio durante toda a audiência. A juíza o manteve sob custódia e recomendou tratamento psiquiátrico para o acusado na prisão, além de conceder assistência jurídica após constatar que Silva está desempregado.

A próxima audiência acontecerá no Tribunal Distrital de Cloverhill por meio de um link de vídeo, na sexta-feira, 12 de novembro.

Foto de capa: GoFundMe

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar