Como morar em Londres: dicas, vistos e melhores áreas

Como morar em Londres: dicas, vistos e melhores áreas

Ana Carolina Brunelli

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Para morar em Londres, são necessárias três coisas: amar a vida na cidade grande, estar aberto a muitas oportunidades e adorar a ideia de poder esbarrar com a família real britânica pelas ruas. Nada mal, hein?!

Além disso, é importante ter em mente que a capital da Inglaterra tem um ritmo frenético, ou seja, os lugares estão sempre movimentados, cheios de pessoas e nunca faltam opções do que fazer na cidade.

Há museus, parques, restaurantes e teatros literalmente para todos os gostos, e mesmo com a rotina acelerada, quem mora em Londres sempre encontra tempo para admirar os cenários incríveis que a capital britânica oferece pelo caminho.

Quais são os vistos para morar em Londres?

Saiba como morar em Londres neste artigo. Foto: David Henderson / Unsplash

Mas antes de mostrar mais sobre o que a cidade pode oferecer, é preciso falar da parte burocrática: os vistos. Afinal, sem isso ninguém consegue sequer entrar em terras inglesas.

Lembrando que, se a ideia for apenas morar em Londres por 90 dias, é possível conseguir facilmente um visto de turista, que é fornecido logo na entrada do aeroporto, antes de entrar oficialmente no país. Esse é o menos burocrático, pois é só preencher um formulário e entregar às autoridades.

No entanto, se o objetivo é morar em Londres por mais tempo, aí será mais burocrático mesmo, pois é necessário especificar o motivo da mudança e verificar no site do governo do Reino Unido qual visto se aplica melhor com o seu propósito.

No geral, os motivos para solicitação de um visto para morar em Londres são:

  • turismo;
  • estudos;
  • trabalho.

Nesses casos, olha só os tipos de vistos que se aplicam:

  • Tier 2
    Esse é o visto para trabalhadores reconhecidos com alta capacitação. Para conseguir o Tier 2, é preciso ter suporte da empresa onde pretende trabalhar e é necessário comprovar as capacidades para exercer o cargo.
    Geralmente, o custo desse tipo de visto fica entre £465 e £1.220, conforme a duração da estadia.
  • Tier 4
    Esse para quem deseja morar em Londres para estudar por até seis meses. Nesse caso, é fundamental ter todos os documentos que comprovam a matrícula em uma instituição de ensino da cidade. Além disso, com o Tier 4 não é permitido que o estudante trabalhe, exceto em casos de graduação e pós-graduação, mas sempre respeitando as cargas horárias estabelecidas. Para adquirir esse visto, ainda é preciso apresentar uma carta de aceitação nos estudos pretendidos.
    O custo é, em média, £350.
  • Tier 5
    O Tier 5 é para quem deseja estudar até dois anos no país e pode valer para quem precisa trabalhar por, no máximo, um ano. Nesse tipo de visto, também entram os intercâmbios e trabalhos voluntários.
    Assim como o Tier 4, para solicitar o Tier 5 é necessário comprovar a matrícula na instituição ou ter uma carta convite do local de trabalho. E o custo varia em torno de £245.

Para cada tipo de visto, pode ser obrigatório apresentar documentos específicos.

Porém, normalmente, em todos é exigida a seguinte documentação:

  • passaporte atual e válido;
  • fotografia;
  • extrato bancário;
  • comprovar fluência no inglês;
  • atestado médico (teste de tuberculose);
  • seguro de saúde.

Temos um artigo completo sobre vistos em Londres. Acesse aqui!

Onde morar em Londres?

Londres é uma das principais cidades europeias. Photo by Sometimes I Snap on Unsplash

Chega de burocracias! Vamos falar do lado bom de morar em Londres?!

Mesmo sendo uma das principais capitais da Europa, com mais de 8 milhões de habitantes, sabia que é muito fácil se locomover na cidade? Ou seja, não importará muito a distância entre o seu bairro e o trabalho ou a escola, pois o sistema de transporte público londrino é excelente e, como podem imaginar, extremamente pontual.

Informação importante: a cidade está dividida em nove zonas. E quanto mais longe a zona, mais barato é o aluguel.

Mas falando em bairros, confere só uma lista de bairros muito bons para morar em Londres:

  • Stratford;
  • Greenwich;
  • Leytonstone;
  • Finsbury Park;
  • Wembley Park.

Além desses bairros, Chelsea, Knightsbridge e Kensington também são considerados ótimos. No entanto, são bairros mais caros, onde um apartamento pequeno de dois quartos, por exemplo, pode custar mais de £2 mil. Mas fazem jus à fama, pois são muito bem localizados, seguros e proporcionam uma ótima qualidade de vida.

Agora, para quem sonha em morar em Londres bem pertinho de áreas verdes, bairros como Highgate e Hampstead são superindicados, porém os preços também são bem salgados.

Mas calma, pois há opções para todos os bolsos na capital britânica!

Regiões mais baratas para morar em Londres

Regiões mais afastadas do centro como Finchley, Hendon e Kilburn são bem mais em conta e são ótimos bairros para se morar em Londres. Só será necessário se deslocar mais nos metrôs.

Vale lembrar também que os bairros de Camden Town e Islington são mais baratos que os demais. Afinal, são áreas mais afastadas do coração da cidade e mais agitadas também, com muitos cafés, bares e sempre com muitos jovens.

Site para procurar acomodação em Londres

Alguns sites são ótimos para encontrar o lugar perfeito para morar em Londres:

Eles facilitam a busca por uma moradia de acordo com as suas prioridades: preço, localização, quantidade de cômodos, etc.

De qualquer forma, Londres é uma cidade com custo de vida alto. Porém, por ser um lugar tão cheio de opções, não será difícil encontrar um apartamento ou casa que se encaixe perfeitamente em suas possibilidades.

Morar em Londres: como é o clima?

Para entender como morar em Londres, é preciso também falar sobre clima. Foto: David Dibert / Unsplash

Tirando o fator financeiro, para morar em Londres também é preciso saber que o clima na cidade é, na maior parte do ano, nublado e gelado.

No inverno, por exemplo, as temperaturas chegam a ficar abaixo de zero. No entanto, no verão o clima fica bem agradável e é possível aproveitar dias de sol na capital britânica. E mesmo com temperaturas tão frias, não há nada que um bom casaco e cantinhos aquecidos não resolvam, né?!

O que visitar em Londres

Morar em Londres é como viver em um verdadeiro cartão-postal. Foto: Ferdinand Stöhr / Unsplash

Londres tem muito a oferecer. E morar em Londres significa ver de perto pontos turísticos como o famoso Big Ben, a gigantesca London Eye e, claro, poder assistir à incrível troca da guarda bem em frente ao Palácio de Buckingham, a casa oficial da rainha.

Então, aproveite e confira três atrações que nunca ficam de fora dos roteiros por Londres.

Madame Tussauds

É parada obrigatória! O museu Madame Tussaud é um dos museus de cera mais conhecidos do mundo e é o lugar perfeito para tirar fotos com cópias perfeitas de muitas celebridades. É um passeio muito divertido, cheio de interatividade e que realmente impressiona qualquer pessoa pelo realismo das esculturas.

Abbey Road

Quem nunca sonhou em fazer pose na faixa de pedestres mais famosa do mundo? A Abbey Road é um dos pontos mais visitados de Londres e não é para menos, né?! O local é conhecido como “a rua dos Beatles”, já que foi lá que os artistas tiraram a foto do álbum intitulado “Abbey Road”, que sempre fez muito sucesso entre os fãs.

Depois de tentar reproduzir a capa da banda e registrar esse momento único, vale muito a pena uma caminhada pelo bairro que, além de lindo, é superagradável.

Hyde Park

Há vários pontos turísticos incríveis em Londres. Foto: Markus Freise / Unsplash

O lugar perfeito para caminhar, correr, fazer piquenique, andar de bicicleta e simplesmente relaxar. O Hyde Park possui uma localização privilegiada, bem no coração de Londres, e é considerado um dos parques mais lindos da cidade. Não importa a hora do dia nem a estação do ano, um passeio por lá sempre vale a pena.

Gostou de todas essas informações? Então, aproveite e leia outros conteúdos do site sobre Londres e comece a planejar sua mudança para esse lugar tão especial, cheio de vida e de história.

Leia também: Conheça dez comidas típicas de Londres

Veja também

Guia completo sobre acomodação na Irlanda

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar