Em visita a Sergipe, Embaixador da Irlanda no Brasil repatria tradicional ‘renda irlandesa’ e abre portas para exportação do artesanato local

Em visita a Sergipe, Embaixador da Irlanda no Brasil repatria tradicional ‘renda irlandesa’ e abre portas para exportação do artesanato local

edublin Press

11 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Apesar do nome, a “renda irlandesa” é um tipo de artesanato tradicional produzido na cidade de Divina Pastora, em Sergipe. Isso significa que no menor estado brasileiro é onde se encontra a maior produção da peça que um dia já foi também tradição na Irlanda.

E foi exatamente a “renda irlandesa” que chamou a atenção do embaixador da Irlanda no Brasil, Seán Hoy, que visitou Sergipe nos dias 26 e 27 de junho para ver de perto a arte de Divina Pastora.

O representante diplomático participou de agendas promovidas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Empreendedorismo.

O edublin já falou sobre a “renda irlandesa” por aqui, que tem produção centenária, mas que, mesmo tradicional no Brasil, ficou esquecida na própria Irlanda.

Embaixador promove ‘casamento’ entre Irlanda e Sergipe

Embaixador Seán Hoy visitou o Sergipe e conheceu de perto a tradicional ‘renda irlandesa’ produzida pelas artesãs locais. Foto: Igor Matias/Secom

Foi em Divina Pastora, uma cidade ao leste de Sergipe, que o embaixador irlandês Seán Hoy pôde fortalecer as conexões entre Irlanda e Sergipe e “repatriou” o tradicional artesanato irlandês, que hoje é uma tradição na cidadezinha sergipana.

A Igreja Matriz de Nossa Senhora Divina Pastora, reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), foi o local escolhido para receber o embaixador irlandês com muitas apresentações culturais e uma exposição de rendas produzidas por rendeiras de diferentes associações da cidade.

O governador do estado do Sergipe, Fábio Mitidieri, participou da cerimônia, ressaltando a importância do diplomata irlandês no local.

Hoy afirmou que a recuperação histórica da tradição da renda é muito importante para a Irlanda. “Hoje é um dia muito especial. Estamos em uma igreja e hoje celebramos um casamento entre Sergipe e a Irlanda. Estou muito feliz. Viva a renda irlandesa, viva Sergipe!”, disse o embaixador, estendendo o convite para que o governador sergipano visite a Irlanda.

O secretário do Estado, Jorge Teles, falou sobre o fortalecimento de laços entre Sergipe e Irlanda após a visita. “Este dia é verdadeiramente histórico, pois reconhecemos nacional e internacionalmente a importância da ‘renda irlandesa’, fortalecendo nossa relação com o país e reconhecendo sua importância histórica para ambas as nações. Já estamos avançando nas negociações para a exportação da renda irlandesa”, disse.

Diplomata irlandês cumpre agenda de viagens no Brasil antes de passar o bastão para sucessora

Embaixador da Irlanda no Brasil, Seán Hoy, realiza agenda pelo Sergipe antes de transmitir o cargo em agosto. Foto: Igor Matias

Seán Hoy tem feito uma agenda de viagens pelo Brasil antes de deixar o cargo de Embaixador da Irlanda no país, que será transmitido à irlandesa Fiona Flood, a partir de agosto. Ela será a primeira mulher no cargo.

Durante sua estadia em Sergipe, Hoy ressaltou a ideia de viajar ao Estado para conhecer um pouco mais sobre a arte e a tradição da “renda irlandesa” por lá.

“À medida que minha estadia no Brasil está chegando ao fim, pretendo recomendar Sergipe à nova embaixadora como um Estado de muitas oportunidades”, disse.

O governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, destacou a importância da ação para o desenvolvimento do Estado. “É também uma janela de oportunidade para outros negócios que podem se desenvolver”, afirmou.

Hoy também se reuniu com representantes da Fecomércio e de outras associações comerciais e empresas exportadoras. O objetivo foi conhecer o potencial de exportação do Estado e promover oportunidades de negócios e apoio ao trabalho artesanal das artesãs da “renda irlandesa” em Sergipe.

O embaixador irlandês no Brasil também realizou agendas em instituições de ensino superior.

Intercâmbio cultural

Renda Irlandesa é tradicional no Sergipe e mantém tradição já esquecida na própria Irlanda. Arthuro-Paganini

As reuniões incluíram troca de experiências culturais e palestras de pesquisadores sobre a “renda irlandesa” e o trabalho realizado pelas rendeiras no estado. O diplomata promoveu uma palestra sobre a obra centenária Ulisses, do escritor irlandês James Joyce. Também houve visitas a centros de pesquisa, tecnologia e inovação.

O intercâmbio cultural também foi reforçado com a participação nas festividades de junho do estado, quando é celebrado São João, uma tradição que ganhou ainda mais popularidade com festas marcadas pelos ritmos do forró e comidas típicas de junho.

Informações e fotos: Secretaria de Comunicação de Sergipe

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?


Avatar photo
edublin Press, Este artigo é de autoria da assessoria de imprensa do edublin. Ele foi elaborado com o objetivo de agregar conteúdos relevantes e curiosidades sobre a Irlanda e viagens ao nosso site. Para mais informações, escreva para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email