Intercâmbio em Orlando: dicas sobre vistos, trabalho e estudo

Intercâmbio em Orlando: dicas sobre vistos, trabalho e estudo

Karina Moura

5 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O seu sonho de fazer um intercâmbio em Orlando pode estar mais perto do que você imagina!

Os Estados Unidos estão entre os destinos mais procurados pelos intercambistas brasileiros que desejam estudar no país, não só pela oportunidade de morar no exterior, mas também pela possibilidade de conhecer os principais pontos turísticos do mundo, pela cultura norte-americana, estilo de vida e oferta de compras.

Fazer um intercâmbio em Orlando é ter a oportunidade de viver em uma cidade repleta de diversão e entretenimento, principalmente com os parques da Walt Disney e da Universal, além de toda experiência gastronômica, vida noturna, museus, visitar cenários de filme e tudo o que você pode imaginar de lazer.

Localizada na Flórida, Orlando é a cidade mais lembrada e visitada pelos brasileiros nos EUA, o que pode ser uma desvantagem do destino para aqueles que desejam aprimorar o inglês. Porém, fique tranquilo! Se esse for o seu objetivo, basta ter foco para conseguir praticar muito o idioma por lá.

Neste artigo, separamos tudo o que precisa saber para tirar esse projeto do papel! Então, nos acompanhe e veja como fazer um intercâmbio em Orlando.

Partiu terra da magia?

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Intercâmbio em Orlando: por que escolher esse destino?

Intercâmbio em Orlando é uma escolha muito comum entre brasileiros que querem estudar e trabalhar nos EUA. Foto: Patrick Hunt on Unsplash

Nem só de Mickey Mouse vive a cidade, viu? Se você pretende fazer um intercâmbio em Orlando, a primeira dica é focar bastante no seu objetivo, principalmente para aqueles que querem estudar.

Isso não impede que você também aproveite o destino, mas, em uma cidade turística, com muitos brasileiros, pode não ser tão fácil fazer uma imersão completa. Mas costuma ser incrível juntar o útil e o agradável, não é mesmo?

Entretanto, um ponto positivo de fazer intercâmbio em Orlando é que, no geral, as escolas são mais baratas do que no restante dos Estados Unidos, em cidades como Nova York, Miami e Los Angeles, e mantendo um alto padrão de excelência e infraestrutura. Além disso, o clima é extremamente agradável, a cidade está muito bem localizada e o fuso horário é similar ao do Brasil.

Tipos de intercâmbio em Orlando para brasileiros

O intercâmbio em Orlando vai muito além da Disney, mas parques são locais de trabalho comuns entre brasileiros. Foto: Younho Choo on Unsplash

Essa é a principal dúvida dos intercambistas brasileiros. Mesmo sendo um destino superfamoso, com oportunidades, existem algumas opções específicas para se fazer um intercâmbio em Orlando.

O principal programa ofertado é o curso de inglês. Entretanto, em alguns casos, é possível fazer um intercâmbio de trabalho em Orlando. É o que vamos explicar a seguir!

Intercâmbios em Orlando para estudo

Cursos de idiomas

O tipo de intercâmbio em Orlando mais procurado é o curso de inglês. Existem diversas opções de programas disponíveis, todos eles focados no aprendizado ou aperfeiçoamento do idioma, para todos os níveis de fluência, de acordo com o seu objetivo.

Nesse caso, o inglês geral é o mais indicado para o destino, que é uma forma excelente de praticar a língua, vivenciar a cultura e o dia a dia da cidade e ter uma experiência diferente dentro da sala de aula. Os cursos têm duração mínima de duas semanas até um ano.

High School

Sim, é possível fazer High School em Orlando! Se o seu objetivo é fazer um intercâmbio em Orlando durante o seu ensino médio no Brasil, essa pode ser a sua oportunidade. O estudante estrangeiro, entre 14 e 18 anos, cursa um semestre ou um ano letivo em uma escola americana e fica hospedado em casa de família.

O High School em Orlando pode ser feito em uma escola pública ou privada. É importante ressaltar que o ensino nos EUA é bastante flexível, o que permite ao intercambista escolher com quais disciplinas ele tem mais afinidade para estudar. Aqui, é importante já dominar o idioma e aperfeiçoar quando chegar por lá.

Trabalhar no intercâmbio em Orlando

Entretenimento e hotelaria estão no topo da lista de trabalho para imigrantes em Orlando. Foto: Héctor Vásquez on Unsplash

Work & Travel

Esse tipo de intercâmbio não é mais tão comum no território americano. Porém, você ainda consegue fazer um intercâmbio em Orlando de trabalho, mais conhecido como Work & Travel, que é passar algumas semanas trabalhando nos EUA durante as férias universitárias. Inclusive existem programas de trabalho como esse na própria Walt Disney. Já pensou que demais?

O programa tem duração entre três e quatro meses, é indicado para o intercambista que deseja aperfeiçoar o idioma, já que será testado o seu nível de inglês.

As oportunidades de trabalho são no ramo de entretenimento, hotelaria, restaurantes e serviços gerais. O processo de recrutamento e seleção fica por conta de uma agência especializada, e você já sai contratado do Brasil por uma empresa americana.

Au Pair

Outra opção de intercâmbio em Orlando de trabalho é o Au Pair. Nesse programa, o intercambista tem um emprego, legalmente, nos EUA, como babá e, ainda, recebe uma bolsa de estudos para fazer um curso de sua escolha.

Geralmente, o programa Au Pair é indicado para mulheres entre 18 e 26 anos que buscam morar fora do Brasil por um ou dois anos.

A intercambista mora com uma família americana, ajuda a cuidar das crianças, nas tarefas escolares e atividades extracurriculares. Além da bolsa de estudo, ela recebe remuneração semanal pelo trabalho, estadia e alimentação.

Para se candidatar ao programa, você tem que preencher uma série de pré-requisitos e fazer uma entrevista em inglês. O resultado é reportado à família contratante.

Leia também: Trabalho em Orlando: quais são as oportunidades na cidade dos EUA

Intercâmbio em Orlando: conheça quais são os vistos e documentos necessários

Existem vários vistos para fazer intercâmbio em Orlando como estudante ou em programas de estágio e trabalho. Foto: Heather Maguire on Unsplash

Chegou a hora de conhecer que tipo de visto vai precisar e saber a listinha de documentos necessários para você fazer seu intercâmbio em Orlando. Depois de escolher seu programa e organizar toda a viagem, é preciso ficar atento aos últimos detalhes!

Qual visto vou precisar?

  • Visto F-1: emitido para estudantes que desejam realizar cursos de idiomas ou estudar em universidades;
  • Visto J-1: emitido para intercâmbio de trabalho ou estágios, como programas Au pair e Work and Travel. A carga horária máxima desse trabalho deve ser de 20 horas semanais e, nas férias, é permitido fazer o período integral.

Para o programa de High School nos EUA, existem dois tipos de visto: um específico para escolas privadas (F-1) e outro para as públicas (J-1). Mais informações sobre o processo de visto nos Estados Unidos, veja este artigo.

Documentos necessários para fazer intercâmbio em Orlando

Agora, vamos falar dos documentos necessários, que também vão depender de cada programa de intercâmbio em Orlando, mas, no geral, você vai precisar de:

  • passaporte válido com prazo de validade de mais de seis meses;
  • visto de acordo com o tipo de programa;
  • carta de aceitação da escola;
  • passagens de ida e volta;
  • extrato bancário com comprovação financeira.

No site do Consulado dos Estados Unidos no Brasil, você confere, na íntegra, quais são os requisitos e documentos de cada visto para você fazer o seu intercâmbio em Orlando.

Como é viver em Orlando?

Fazer intercâmbio em Orlando pode ser mais barato do que em outras cidades dos EUA. Foto: Eddie Hernandez on Unsplash

Orlando é uma típica cidade americana, onde a segurança é nítida nas ruas e os níveis de criminalidade são baixos. Como mencionamos aqui, por lá, você vai encontrar ótimas escolas, muitas opções de lazer e ficar próximo de diversas praias dos Estados Unidos.

O custo de vida é um dos principais atrativos para quem deseja viver em Orlando. O valor dos imóveis, alimentação, além das despesas básicas são, em grande maioria, inferiores ao de muitas outras regiões do país.

Para você ter uma média de preços, consultamos o site Numbeo, que é o maior banco de dados de custo de vida do mundo, e listamos os principais gastos de um intercâmbio em Orlando, na Flórida.

Alimentação e bebidas

  • Refeição em um restaurante econômico – US$ 15
  • Lanche em fast food – US$ 8
  • Cerveja nacional – US$ 4
  • Cappuccino – US$ 4,59
  • 1kg de frango – US$ 9
  • 500g de pão fresco – US$ 2,83

Transporte

  • 1 bilhete de um trecho local – US$ 2
  • Passe mensal – US$ 50
  • Tarifa inicial do táxi comum – US$ 1,67

Acomodação

  • Apartamento de 1 quarto no Centro – US$ 1.436,51
  • Apartamento de 1 quarto fora do Centro – US$ 1.166,19
  • Apartamento de 3 quartos no Centro – US$ 2.459,31
  • Apartamento de 3 quartos fora do Centro – US$ 1.726,39

Serviços mensais e lazer

  • Básicos como eletricidade, aquecimento, água, lixo, entre outros (apto. 85m²) – US$ 169,32
  • Internet (mais de 60 Mbps, dados ilimitados) – US$ 76,23
  • Academia – US$ 32,51
  • Cinema – US$ 12

Saiba como planejar seu intercâmbio em Orlando

Escolheu fazer intercâmbio em Orlando? Acesse o Orçamento Fácil edublin e se prepare para o próximo passo. Foto: Cody Board on Unsplash

Agora que você já sabe tudo sobre intercâmbio em Orlando, o edublin pode ajudar a dar os primeiros passos! Faça uma cotação com nossos parceiros por meio da ferramenta Orçamento Fácil.

Basta preencher o formulário para solicitar o seu orçamento diretamente com agências que se encaixam em seu perfil.

Em seguida, você começará a receber contato por e-mail, telefone e/ou mensagem no WhatsApp. Lá, poderá conversar melhor sobre o que você busca e comparar as opções antes de fechar seu intercâmbio.

Veja também

Como preparar as malas para o Intercâmbio?

Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar