Intercâmbio em Portugal: o que você precisa saber

Intercâmbio em Portugal: o que você precisa saber

Karina Moura

4 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Que tal fazer um intercâmbio em Portugal?

O destino, cada vez mais, é o favorito entre os brasileiros, tanto pelos incentivos governamentais quanto pela facilidade do idioma, baixo custo de vida em relação a outros países da Europa e aspectos culturais semelhantes.

São mais de 30 mil estudantes estrangeiros, a maioria brasileiros, que frequentam as universidades portuguesas para fazer um curso de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado. Esse é o principal tipo de intercâmbio oferecido no país.

Portugal nos brinda com tradição em diversas áreas do mercado e, consequentemente, tem atraído muitos estudantes de diversas faixas etárias, que buscam formação no exterior por um preço mais acessível.

Existem diversas opções de programas universitários com qualidade de ensino excelente, ou seja, estudar por lá é garantia de sucesso para sua vida profissional!

Antes de começar seu planejamento, você precisa entender qual é o seu perfil de estudante, os principais objetivos e por quanto tempo pretende ficar no país.

Se você quer realmente fazer seu intercâmbio em Portugal e não sabe como, continue a leitura deste artigo, pois vamos mostrar tudo que precisa saber para começar!

Partiu Portugal?

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Quais são as vantagens de fazer intercâmbio em Portugal?

Entre as vantagens de fazer intercâmbio em Portugal, estão as ótimas faculdades. Foto: Square Lab / Unsplash

A primeira vantagem é que qualquer brasileiro pode fazer um intercâmbio em Portugal!

Além disso, o intercambista pode ingressar em uma universidade portuguesa utilizando o histórico escolar e a nota do Enem — Exame Nacional de Ensino Médio —, e quem não tem o resultado do exame no Brasil pode fazer uma prova online para admissão.

Outra vantagem é que os cursos de graduação costumam durar três anos (com exceção de alguns cursos na área da saúde) e o diploma é aceito também no Brasil. Outro ponto positivo é que os brasileiros têm menos burocracias para morar em Portugal, o que facilita o processo.

Seguro Viagem: Intercambio
AC 150 MUNDO COVID-19 (EXCETO EUA) AC 150 MUNDO COVID-19 (EXCETO EUA) Assistência médica USD 150.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 59/dia*

Como funciona o programa de intercâmbio em Portugal?

Há processos de bolsas de estudo para brasileiros em cursos universitários em Portugal. Foto: Antônia Felipe / Unsplash

Há alguns caminhos para aqueles que desejam fazer um intercâmbio em Portugal.

Para entrar em uma faculdade, os brasileiros podem participar de processos de bolsas, buscar parcerias com universidades e, até, ajuda com agências de intercâmbio.

As possibilidades disponíveis são:

  • Graduação
  • Pós-Graduação
  • Mestrado
  • Doutorado

Como mencionamos, você pode se candidatar para um curso de graduação pela nota do Enem ou fazer uma prova direto com uma universidade portuguesa. Basta fazer a candidatura, ter uma análise curricular e entrevista para concorrer.

Ainda para os cursos de graduação, existem convênios entre universidades brasileiras públicas e privadas com instituições portuguesas.

Isso quer dizer que, se você estiver estudando no Brasil e a universidade tem esse acordo com uma faculdade em Portugal, basta procurar o setor internacional e verificar quais programas estão disponíveis para intercâmbio.

Você pode, também, buscar programas de iniciativas privadas.

Quem tem cidadania europeia precisa realizar o Concurso Nacional de Acesso, uma prova unificada, semelhante ao Enem, que é realizada anualmente como classificação para entrada na universidade.

Para cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado, o candidato precisa entrar no site da universidade portuguesa para a qual pretende se candidatar e verificar todas as informações do processo seletivo.

Cidades para fazer intercâmbio em Portugal

Lisboa, capital de Portugal, é a cidade mais escolhida para estrangeiros durante intercâmbio no país. Foto: Jan Ledermann / Unsplash

Lisboa

Lisboa é reconhecida como uma das melhores cidades do mundo para se viver. A cidade é acolhedora e, ao mesmo tempo, movimentada e animada, com uma variedade de atividades e atrações turísticas, além de localização privilegiada, pois é próxima de ótimas opções de praias e tem um rico centro histórico.

Porto

Porto é uma ótima cidade para fazer intercâmbio em Portugal. Foto: Square Lab / Unsplash

Cidade costeira, no noroeste do país, Porto é a cidade que deu nome a Portugal.

Conhecida mundialmente pelos seus vinhos, gastronomia, cultura, pontes e arquitetura, que mescla o antigo com o contemporâneo, tem em seu centro histórico um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Coimbra

Coimbra é uma das principais cidades universitárias em Portugal. Foto: Rubinho Vitti

Coimbra é centro de referência e maior cidade da região do Centro de Portugal. É um dos lugares mais históricos do país e uma cidade universitária, por causa da Universidade de Coimbra, uma das mais antigas da Europa e das maiores de Portugal.

Ao longo da história, a cidade foi, ainda, um importante entreposto comercial, por conta do rio Mondego.

Agora que você conhece as principais cidades para o seu intercâmbio, pode conhecer as sete melhores universidades em Portugal para estudar. Vale ressaltar que as universidades portuguesas estão entre os rankings mais respeitados do mundo.

Quanto custa um intercâmbio em Portugal?

Custo de um curso de graduação em Portugal chega a 7 mil euros no ano. Foto: KOBU Agency / Unsplash

Antes de saber quanto custa um intercâmbio em Portugal, você precisa entender que toda universidade portuguesa é paga, inclusive as públicas. Essas instituições são subsidiadas pelo governo, que arca com parte dos custos, mas cabe aos alunos pagar uma taxa anual.

As mensalidades são anuais e podem ou não ser parceladas. Para você ter uma ideia, um curso de graduação pode custar entre 3 e 7 mil euros por ano, dependendo muito da localização, da instituição e do curso.

Essa regra também vale para as outras especializações. Porém, é possível estudar de graça em Portugal por meio de bolsas de estudo do Brasil, de Portugal ou da Europa.

O intercambista deve levar em consideração, também, custos extras como moradia, transporte, seguro, alimentação, entre outros.

Quais são as outras formas de fazer intercâmbio em Portugal?

Ensino médio, voluntariado e estágio são outras formas de intercâmbio em Portugal. Foto: Claudio Schwarz / Unsplash

Sim! Você pode fazer um intercâmbio em Portugal de ensino médio, voluntariado e de estágio. Mas nenhuma dessas opções é muito procurada pelos brasileiros.

O ensino médio em Portugal é chamado de secundário, voltado mais para os objetivos acadêmicos do estudante como ciências socioeconômicas, ciência e tecnologia, línguas e literatura, ciências sociais e humanas ou artes visuais.

As escolas portuguesas são bastante desafiadoras e têm longas horas de aula.

O estágio em Portugal é um pouco diferente do Brasil. Existem três categorias de estágio, inclusive referentes ao grau acadêmico, são eles: curricular; extracurricular; estágio profissional regulado pelo IEFP — Instituto de Emprego e Formação de Profissional.

O extracurricular é o mais adequado para os brasileiros. Para esse, precisa buscar a vaga, candidatar-se e realizar todo o processo de forma independente.

Por fim, temos o intercâmbio voluntário, no qual o estrangeiro pode trocar trabalho por hospedagem em ONGs, escolas, comunidades e projetos sociais.

Essa é uma ótima opção para aqueles que desejam economizar, conhecer outra cultura e viajar por um propósito maior. A plataforma mais conhecida para esse tipo de intercâmbio é o Worldpackers.

Vistos para fazer intercâmbio em Portugal

Vistos de estada temporária e residência podem ser emitidos para estudantes que querem fazer intercâmbio em Portugal. Foto: Louis Droege / Unsplash

Depende de quanto tempo vai ficar no país. Não é necessário ter visto para ficar no país até 90 dias (3 meses). Entretanto, se o período do intercâmbio em Portugal passar desse prazo, é necessário solicitar o visto de estudo no Consulado de Portugal no Brasil.

Existem dois tipos de visto de estudo em Portugal:

  • Visto de Estada Temporária
    Estudo e Investigação (E8): período de estudos superior a 90 dias e inferior a 1 ano.
  • Visto de Residência
    Estudo e Investigação (D4): período de superior a 1 ano, válido durante todo intercâmbio.

Vale lembrar que o visto de estudante não dá automaticamente o direito a trabalhar. Entretanto, você pode encontrar um emprego em Portugal e solicitar uma autorização de trabalho no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Planeje seu intercâmbio para Portugal

Agora que você já sabe como pode fazer seu intercâmbio em Portugal, que tal contar com a ajuda de quem entende do assunto? Faça uma cotação com nossos parceiros pela ferramenta Orçamento Fácil.

É muito simples! Basta preencher o formulário que a solicitação será enviada diretamente para as agências que se encaixam com seu perfil.

Em seguida, você começará a receber contato por e-mail, telefone e/ou mensagem no WhatsApp. Assim, poderá conversar melhor sobre o que busca e comparar todas as opções antes de fechar seu intercâmbio.

Dúvidas sobre intercâmbio em Portugal

 

Quais as vantagens de fazer faculdade em Portugal?

Intercambistas brasileiros podem ingressar em uma universidade portuguesa utilizando o histórico escolar e a nota do Enem — Exame Nacional de Ensino Médio. Cursos de graduação costumam durar três anos e o diploma é aceito também no Brasil.

Quais os tipos de intercâmbio para Portugal?

Para entrar em uma faculdade, os brasileiros podem participar de processos de bolsas, buscar parcerias com universidades e, até, ajuda com agências de intercâmbio.
As possibilidades disponíveis são:
Graduação
Pós-Graduação
Mestrado
Doutorado

Quais as melhores cidades para estudar em Portugal?

Lisboa
Coimbra
Porto

Quanto custa um intercâmbio em Portugal?

Um curso de graduação em Portugal pode custar entre 3 e 7 mil euros por ano, dependendo muito da localização, da instituição e do curso. O intercambista deve levar em consideração também os custos extras como moradia, transporte, seguro, alimentação, entre outros.

Quais são os tipos de intercâmbio em Portugal?

Os tipos mais comuns são os universitários, com graduação, mestrado e doutorado. Mas há, ainda, como cursar o ensino médio em Portugal, além de fazer intercâmbio voluntário e estágios.

Quais os tipos de vistos para estudantes em Portugal?

Visto de Estada Temporária
Estudo e Investigação (E8): período de estudos superior a 90 dias e inferior a 1 ano.
Visto de Residência
Estudo e Investigação (D4): período de superior a 1 ano, válido durante todo intercâmbio.

Veja também

Tipos de vistos para Portugal: Turismo, trabalho, estudos

Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar