Passaportes mais poderosos do mundo (2024)

Passaportes mais poderosos do mundo (2024)

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

França, Alemanha, Itália, Japão, Cingapura e Espanha estão empatados na primeira posição entre os passaportes mais poderosos do mundo. Cidadãos destes seis países podem cruzar as fronteiras de 194 destinos sem a necessidade de visto prévio.

O ranking é da Henley and Partners, de 2024, que classifica os países de acordo com dados exclusivos recebidos da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). Foram analisados 199 passaportes e 227 destinos de viagem.

Essas informações consideram passaportes poderosos aqueles que dão acesso ao maior número de países sem a necessidade de visto

Os dados são divulgados pelo Índice de Passaporte Henley and Partners, publicado recentemente.

Quais os passaportes mais poderosos do mundo?

Passaporte italiano está empatado na primeira posição entre os passaportes mais poderosos do mundo.

Como já dissemos, seis países estão na posição 1 de passaportes mais poderosos do mundo, com 194 destinos liberando a entrada sem necessidade de visto: França, Alemanha, Itália, Japão, Cingapura e Espanha.

Na segunda colocação ficaram os passaportes da Finlândia, Coreia do Sul e Suécia, com 193 destinos liberados de visto.

No terceiro lugar, empatam Áustria, Dinamarca, Irlanda e Holanda.

Os passaportes mais poderosos do mundo em 2024

  1. França, Alemanha, Itália, Japão, Cingapura e Espanha – 194 destinos
  2. Finlândia, Coreia do Sul e Suécia – 193 destinos
  3. Dinamarca, Irlanda e Holanda – 192 destinos
  4. Bélgica, Luxemburgo, Noruega, Portugal e Reino Unido – 191 destinos
  5. Grécia, Malta e Suíça – 190 destinos
  6. Austrália, República Tcheca, Nova Zelândia e Polônia – 189 destinos
  7. Canadá, Hungria e Estados Unidos – 188 destinos
  8. Estônia e Lituânia – 187 destinos
  9. Letônia, Eslováquia e Eslovênia – 186 destinos
  10. Islândia – 185 destinos

Passaporte brasileiro sobe duas posições no ranking em 2024

Passaporte brasileiro subiu da 19ª posição em 2023 para 17ª em 2024.

Já o Brasil, que havia caído da 16ª posição para a 18ª em 2019, ficando no 19º lugar em 2020 e 2021, caiu mais uma vez, para a 20ª posição, em 2022, subindo uma posição em 2023, com 168 destinos possíveis de viajar sem necessidade de visto prévio.

Neste ano, porém, o passaporte brasileiro deu um salto e chegou na 17ª posição, com a possibilidade com 173 destinos liberando a entrada de brasileiros sem visto.

Leia também: Tirar passaporte europeu: confira o passo a passo

Os passaportes menos poderosos do mundo

Não surpreendentemente, na parte inferior da lista dos passaportes mais poderosos do mundo estão nações marcadas por desafios geopolíticos e questões de segurança: Somália, Iêmen, Paquistão, Iraque, Síria e Afeganistão.

Esses países encontram-se no extremo inferior da escala, nas posições 99 a 104, respectivamente.

Na 102ª e 103ª posições, os passaportes do Iraque e da Síria refletem as consequências dos conflitos prolongados em suas regiões. A instabilidade política e as preocupações com a segurança contribuem para as restrições de viagem.

O Afeganistão ocupa a última posição (104ª), com seus cidadãos podendo acessar apenas 28 destinos sem visto. O país enfrenta desafios significativos em termos de mobilidade internacional.

Última atualização do ranking aconteceu em 10 de janeiro de 2024

Navegue pelo mapa interativo no site do Henley and Partners e descubra os passaportes mais poderosos do mundo.

O recém-lançado Índice de Passaportes Henley 2024 está causando burburinho, destacando a classificação de passaportes do mundo com base no número de destinos que seus titulares podem acessar sem a necessidade de visto prévio.

Com uma lista abrangente de 199 passaportes e 227 destinos de viagem, este índice oferece aos usuários informações cruciais sobre seu alcance global e mobilidade.

A última atualização do ranking ocorreu em 10 de janeiro de 2024.

Detalhes do Índice

Desde sua criação, o Índice de Passaportes Henley tornou-se uma fonte de dados, com um histórico que abrange 18 anos.

A classificação é atualizada regularmente, fornecendo análises especializadas sobre as mudanças mais recentes no poder dos passaportes ao redor do mundo.

Este recurso não só beneficia cidadãos globais, mas também serve como uma ferramenta de referência padrão para formuladores de políticas governamentais no campo de acesso internacional.

Veja a lista completa dos passaportes mais poderosos do mundo divulgada em 2024 (arquivo em pdf).

O Poder dos Números

O índice revela não apenas a quantidade, mas a qualidade do acesso concedido por cada passaporte. Com a globalização em constante evolução, a capacidade de viajar sem obstáculos torna-se cada vez mais importante.

Os titulares de passaportes de países bem classificados podem desfrutar de uma liberdade de movimento invejável, enquanto outros podem enfrentar barreiras burocráticas.

Cidadãos com passaportes de alto desempenho têm a vantagem de explorar uma ampla gama de destinos sem o incômodo de solicitar vistos antecipadamente. Isso não apenas facilita o turismo, mas também pode ter implicações significativas para negócios e oportunidades de trabalho internacional.

Aqueles com passaportes menos privilegiados podem enfrentar restrições adicionais, limitando suas opções de viagem.

Como tirar a sua cidadania europeia

Photo by Macau Photo Agency on Unsplash

Agora que você entendeu um pouco mais sobre como tirar a cidadania europeia, que tal buscar um profissional que entende do ramo e pode ajudar você na busca por documentação.

Somente com pessoas que entendem bem no assunto é possível ter certeza se você tem direito a algum tipo de cidadania da Europa, como italiana ou portuguesa, além de entender como o processo pode acontecer.

A Cidadania4U é uma empresa sólida e de sucesso, tendo aprovação 100% nos processos via judicial, com suporte online rápido e processo super seguro.

Entenda melhor como funciona e entre em contato hoje mesmo pelo site do Cidadania 4U. 

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.


Avatar photo
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Veja também

Tudo sobre vistos na Irlanda: guia completo (2024)


Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email