Perguntas e respostas sobre a quarentena em hotéis na Irlanda

Perguntas e respostas sobre a quarentena em hotéis na Irlanda

Rubinho Vitti

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Foi realmente uma novela. Desde que anunciou que pretendia utilizar uma quarentena obrigatória em hotéis para quem aterrissasse na Irlanda vindo de países considerados de alto risco, o governo irlandês anunciou diversas vezes uma possível data para que a medida começasse, mas sem sucesso.

Agora é oficial. Nesta sexta-feira, 26 de março de 2021, aqueles que chegarem ao país de países da “categoria 2”, incluindo o Brasil, ou que não apresentarem um teste negativo PCR para Covid-19, feito em até 72 horas antes do desembarque, devem ficar até 14 dias isolados em um quarto de hotel.

O anúncio, feito nesta terça, 23 de março, pegou muita gente de surpresa e muitas perguntas foram feitas pelos nossos leitores nos canais de comunicação e redes sociais do E-Dublin. Como forma de esclarecer os principais pontos, fizemos neste artigo um FAQ com as principais dúvidas, desde valores, vistos e outros detalhes importantes do processo.

Quando começa a quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda?

Quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda começa no dia 26 de março. Foto: Eunice Stahl/Unsplash

A quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda começa no primeiro minuto desta sexta-feira, 26 de março de 2021.

A partir das 0h01, passageiros que desembarcarem em aeroportos e portos em toda a Irlanda, vindos de países listados na “categoria 2” (que inclui o Brasil), terão que fazer quarentena obrigatória de dez a 14 dias em hotéis na Irlanda.

O mesmo vale para passageiros que estiveram em um país de alto risco a qualquer momento durante os 14 dias anteriores à chegada à Irlanda ou se houve parada/escala em um aeroporto ou porto em um destes países listados.

O mesmo vale para passageiros que não apresentarem um teste negativo PCR para Covid-19, feito em até 72 horas antes do desembarque.

Quais países estão na ‘categoria 2’?

Quem aterrissar na Irlanda de países da África, Europa, América do Norte, Ásia e América do Sul que estão na “categoria 2” de países considerados de risco devem fazer a quarentena obrigatória em hotéis.

São eles:

África

  • África
  • Angola
  • Botswana
  • Burundi
  • Cabo Verde
  • República Democrática do Congo
  • Eswatini
  • Etiópia
  • Lesoto
  • Malawi
  • Ilhas Maurício
  • Moçambique
  • Namibia
  • Nigéria
  • Ruanda
  • Seychelles
  • Somália
  • África do Sul
  • Tanzânia
  • Zâmbia
  • Zimbábue

Ásia

  • Bahrain
  • Israel
  • Jordânia
  • Kuwait
  • Líbano
  • Omã
  • Palestina
  • Catar
  • Filipinas
  • Emirados Árabes Unidos

Europa

  • Albânia
  • Andorra
  • Áustria
  • Kosovo
  • Moldova
  • Mônaco
  • Montenegro
  • Macedônia do Norte
  • San Marino
  • Sérvia

América do Norte

  • Porto Rico
  • Santa Lúcia
  • Oceânia
  • Wallis e Futuna

América do Sul

  • Argentina
  • Aruba
  • Bolívia
  • Bonaire, Sint Eustatius e Saba
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Equador
  • Guiana Francesa
  • Guiana
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • Suriname
  • Uruguai
  • Venezuela

Como vou me locomover do aeroporto até o hotel?

As Forças de Defesa da Irlanda foram designadas para apoiar a política de quarentena obrigatória de hotéis na Irlanda. Após a chegada à Irlanda, independentemente do passageiro chegar por via marítima ou aérea, após o processamento da imigração e da alfândega, será recebido por membros das Forças de Defesa que irão garantir que ele seja transportado com segurança de seu local de entrada para o hotel em que completará a quarentena obrigatória pré-reservada.

A equipe da instalação irá receber o passageiro e orientá-lo durante o processo de check-in. Eles também fornecerão informações relacionadas à estadia, incluindo escolhas alimentares, exercícios e bem-estar.

As Forças de Defesa da Irlanda estão disponíveis para apoiar o passageiro desde o momento de sua chegada à Irlanda até a conclusão da quarentena obrigatória e a saída das instalações. Eles estarão no local 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Preciso agendar o hotel antes de embarcar para fazer a quarentena obrigatória na Irlanda?

Sim. Antes de viajar para a Irlanda, você deve reservar e pagar por uma vaga em hotel designado. Se você for um passageiro que está enquadrado para a quarentena obrigatória em hotéis, será considerado crime chegar à Irlanda sem ter feito a reserva antecipada.

O agendamento deve ser feito pelo site oficial do governo e da rede de hotéis. 

Em “termos e condições” é possível entender como funciona todo o processo cadastral.

Posso escolher o hotel em que vou ficar?

Crowne Plaza é um dos hoteis da rede escolhida pelo governo para a quarentena obrigatória. Foto: Divulgação

Não. O governo irlandês fechou um acordo com a rede TIFCO que irá disponibilizar quartos em hotéis de sua rede.

Por enquanto, quatro deles estão reservados exclusivamente para passageiros que precisam fazer a quarentena obrigatória:

  • The Crowne Plaza Dublin Airport
  • The Holiday Inn Express Dublin Airport
  • Clontarf Castle Hotel
  • The Hard Rock Hotel Dublin City Centre

Qual será o valor total do hotel para a quarentena obrigatória na Irlanda?

Estão sendo feitas reservas de 12 noites, que custam € 1.875 por adulto (150 euros por noite).

A tarifa adicional para outro adulto ou criança com mais de 12 anos é de € 625 (55 euros por noite), enquanto as crianças dos 4 aos 12 anos pagam € 360 (30 euros por noite) pelo pacote de 12 dias.

Não há custo para crianças de 0 a 3 anos hospedadas com a família durante o período de quarentena do hotel.

Os membros da mesma família se hospedarão no mesmo quarto.

Terei que pagar um valor extra se precisar ficar hospedado mais que 12 noites?

Não. O governo irlandês ficará responsável pelos dias extras que, se por ventura, o passageiro precisar ficar hospedado caso tenha testado positivo para a Covid-19 durante a estadia.

O que o hotel irá oferecer durante a quarentena obrigatória na Irlanda?

Facilidades como televisão e WiFi estarão disponíveis aos hóspedes. Foto: Tech Daily/Unsplash

O hotel oferecerá o transporte do aeroporto até o hotel, além de três refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar) e dois testes para Covid-19.

Haverá ainda WiFi gratuito e um pacote de filmes disponível no sistema de entretenimento de TV no quarto foi incluído como parte do pacote de acomodação para hóspedes em quarentena no hotel. Veja mais no site oficial.

Como vou poder me alimentar durante a hospedagem?

O hotel irá operar um serviço de refeições no quarto apenas, onde as refeições serão entregues diretamente na porta do hóspede.

Um menu de jantar completo no quarto foi desenvolvido para todas as refeições. Os hóspedes também podem comprar alimentos e bebidas adicionais no menu do serviço de quarto.

Vou receber o teste PCR?

Sim, o passageiro irá fazer o teste PCR assim que chegar à Irlanda e outro no 10º dia de quarentena no hotel. No segundo, se der negativo, ele poderá deixar a hospedagem e seguir viagem.

Vou poder sair do quarto?

Hóspedes poderão sair do quarto durante a quarentena em hotéis na Irlanda com hora marcada para acesso à áreas ao ar livre. Foto: Rhema Kallianpur/Unsplash

Um espaço designado seguro e protegido para pausas ao ar livre estará disponível no hotel. Essas pausas devem ser reservadas com antecedência de acordo com a política de hospedagem.

No horário solicitado, um segurança baterá na porta do hóspede e o acompanhará até a área designada. Todas as áreas externas são monitoradas. A segurança acompanhará os hóspedes de volta ao quarto após o intervalo.

A fim de proteger os outros hóspedes e a equipa do hotel, uma pausa para tomar ar fresco só será permitida após ter recebido um teste negativo PCR que será feito no primeiro dia.

Vou poder me exercitar?

As possibilidades de exercício e descanso ao ar livre podem variar de uma instalação para outra.

Os hóspedes são incentivados a praticar exercícios e mobilidade, sempre que possível, durante a estadia. Um programa de exercícios online também foi desenvolvido.

Preciso ficar todos os 14 dias no hotel?

Depende. Os 14 dias de quarentena obrigatória do hotel em hotéis podem ser reduzidos se o passageiro receber um resultado não detectado de um teste COVID-19 realizado após dez dias. Porém, se o teste der positivo, o passageiro terá de ficar mais dias hospedado no hotel.

As disposições da Lei de Saúde (Emenda) 2021, publicada na sexta-feira, 19 de fevereiro, permitem que os viajantes solicitem uma revisão das decisões relativas à quarentena, disposições para deixar a quarentena em circunstâncias excepcionais (como emergências médicas ou por razões humanitárias).

A legislação não prescreve um conjunto específico de razões humanitárias; os oficiais de apelação independentes avaliarão cada solicitação por seus próprios méritos e levando em consideração as orientações de saúde pública vigentes.

As decisões em relação às revisões da quarentena são tomadas por um painel de oficiais de apelação independentes, designados pelo Ministro.

O que acontece quando eu completar a quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda?

Depois de completar o período de quarentena obrigatória no hotel, seja dez ou 14 dias, ou mais no caso de testagem positiva para a Covid-19, você receberá um certificado e estará liberado para deixar a instalação. As Forças de Defesa da Irlanda vão apoiar o passageiro neste processo para a continuação da viagem e o check-out.

O que acontece se eu furar a quarentena obrigatória?

Se você não cumprir os requisitos legais de quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda automaticamente está cometendo um crime e pode ser multado em até 2.000 euros, ser preso por até um mês ou receber as duas penalidades.

Tenho passaporte europeu. Vou precisar fazer a quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda se aterrissar de um país que consta na “categoria 2”?

Sim. Todo e qualquer cidadão que chegar na Irlanda vindo de um país considerado de risco (“categoria 2”) terá que fazer a quarentena obrigatória em hotéis, independente do passaporte. Até mesmo irlandeses precisam seguir a regra.

É possível que o Brasil saia da lista de países da “categoria 2” ou que mais países entrem nela?

Depende. A lista de países pode aumentar ou diminuir dependendo de como o governo irlandês analisar a situação da infecção da Covid-19 em cada localidade.

Os passageiros devem verificar a lista antes de viajar para a Irlanda, para ter certeza de suas obrigações.

Posso levar meu animal de estimação para a quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda?

Passageiros que estão viajando de um país considerado “categoria 2” para a Irlanda não devem levar animais de estimação para o país durante esse período. As instalações de quarentena não estarão em posição de acomodá-los (com exceção dos cães-guia para pessoas com deficiência).

Se por acaso o passageiro trouxer seu pet, os animais de estimação serão colocados em canis ou gatis comerciais enquanto o proprietário estiver em quarentena obrigatória. O custo total de transporte e alojamento durante este período será pago pelo dono do animal.

Quais são as exceções às regras da quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda?

A Lei de Saúde (Emenda) 2021 identifica aqueles que estão isentos da quarentena obrigatória do hotel. Se a sua viagem para a Irlanda não se enquadrar em nenhuma das categorias abaixo, você deve concluir a quarentena obrigatória do hotel em uma instalação designada:

  • chegar à Irlanda no cumprimento do dever e que possuam um certificado válido
  • condutores de veículos à serviço (deliveries, etc)
  • pilotos de linha aérea, tripulação aérea, comandante marítimo ou tripulação marítima, que chegam em serviço
  • viajar para o Estado em conformidade com um mandado de prisão, processo de extradição ou outra obrigação legal obrigatória
  • um membro da An Garda Síochána ou das Forças de Defesa (ou seus equivalentes de outro estado) viajando em serviço
  • viajar para o estado por razões médicas inevitáveis, imperativas e urgentes e essas razões são certificadas por um médico registrado ou pessoa com qualificações equivalentes fora do estado
  • ter estado fora do estado para prestar serviços ou desempenhar as funções de um titular de cargo (ao abrigo de qualquer lei ou da Constituição) ou de um membro da Câmara dos Oireachtas ou do Parlamento Europeu
  • diplomatas e certas outras categorias de pessoas com direito a privilégios e imunidades no Estado

Com a quarentena obrigatória em hotéis, a Irlanda irá relaxar o lockdown?

O atual Nível 5 do lockdown na Irlanda ficará em vigor, pelo menos, até 4 de abril, data firmada pelo governo para uma nova avaliação da situação da Covid-19 no país. Apesar da quarentena obrigatória em hotéis, nada muda em relação ao lockdown em vigor.

Os vistos devem voltar a ser emitidos depois da quarentena obrigatória em hotéis na Irlanda?

Não há previsão de que as medidas a respeito dos novos vistos para imigrantes na Irlanda mudem. Atualmente, apenas entram na Irlanda aqueles que já possuem um visto e tenha o IRP (Irish Residence Permit) emitido e atualizado. A Irlanda não está aceitando novos vistos no momento. Você pode ler mais a respeito nesta matéria. 

Tenho passaporte europeu e vou para a Irlanda com minha esposa. Ela vai poder entrar?

Quem tem cidadania europeia tem livre acesso à Irlanda, mesmo durante o Nível 5 do lockdown. Porém, cônjuges de europeus só podem entrar na Irlanda se já tiverem o visto Stamp 4 emitido (ou qualquer outro visto). Apenas ser cônjuge de um europeu não vale para entrar no país. O mesmo continua valendo mesmo com a quarentena obrigatória em hotéis.

A Irlanda, no momento, não está emitindo novos vistos, mesmo com a quarentena obrigatória em hotéis já em andamento. Fique de olho nas notícias para saber se a medida será atualizada.

Quanto tempo vai durar essa medida de quarentena? Tem alguma previsão?

A quarentena em hotéis na Irlanda foi aprovada há poucos dias e entra em vigor no dia 26 de março de 2021. Portanto, ainda é cedo para saber até quando ela vai perdurar. Tudo vai depender das decisões do governo nos próximos meses. É importante se manter informado diariamente sobre o que está acontecendo na Irlanda.

Mais informações no site oficial do governo.

Foto de capa: Marten Bjork/Unsplash

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar