Bruges: como visitar e o que fazer na charmosa cidadezinha belga

Bruges: como visitar e o que fazer na charmosa cidadezinha belga

Elizabeth Gonçalves

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A pequena Bruges parece que parou no tempo. Pelo menos, essa é a primeira impressão de quem acaba de chegar a essa cidadezinha medieval no noroeste da Bélgica.

Considerada Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, Bruges está localizada na Província de Flandres, região flamenga belga.

A cidade tem em torno de 117 mil habitantes e, devido aos seus inúmeros canais, é chamada de Veneza do Norte.

Não é de se apaixonar?

Hoje vamos falar mais sobre Bruges e entender por que ela encanta muitos turistas, que passeiam por suas vielas aquáticas durante o ano todo.

Vamos lá?

Como chegar a Bruges

Foto: Elizabeth Gonçalves

A melhor forma de chegar a Bruges é desembarcando em Bruxelas e pegando um trem de uma hora em direção à cidade. Foto: Elizabeth Gonçalves

Para quem está em Bruxelas, é bem simples, já que, das três estações centrais da cidade, trens saem em direção a Bruges a cada 30 minutos e o trajeto leva em torno de 1 hora.

Os bilhetes podem ser comprados na própria estação e custam por volta de 30 euros (ida e volta), mas podem ser mais baratos dependendo do dia da semana.

Não há aeroporto em Bruges. Portanto, a melhor forma de visitar a cidade é mesmo de trem.

Cidades da França e da Holanda também estão a poucas horas de viagem de Bruges pelas ferrovias europeias.

Qual idioma se fala em Bruges?

Foto: Elizabeth Gonçalves

O idioma oficial em Bruges é o holandês. Foto: Elizabeth Gonçalves

Por estar localizada na região flamenga da Bélgica, o idioma oficial de Bruges é o holandês.

Mas, por ser uma cidade que vive basicamente do turismo, é totalmente possível se comunicar em inglês em museus, bares, restaurantes, etc.

Portanto, não se preocupe!

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 24/dia*
AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 68/dia*
Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (SUPLEMENTAR) R$ 60/dia*

Onde ficar em Bruges?

Foto: Elizabeth Gonçalves

Não faltam opções de hotéis, hostels e acomodações temporárias em Bruges. Foto: Elizabeth Gonçalves

Bruges é uma cidade pequena, mas absolutamente turística. Portanto, se pretende passar algumas noites por lá, é recomendado se planejar e reservar a sua acomodação com antecedência.

Isso vai evitar dores de cabeça e gastos excessivos.

Para quem não quer gastar muito, a cidade conta com algumas opções de hostels.

Já para quem quer um pouco mais de conforto, vale investir nas pousadas e hotéis. Outra opção para quem quer aconchego é alugar um quarto ou apartamento pelo Airbnb.

O que fazer em Bruges

Grote Markt é a principal praça da cidade. Foto: Elizabeth Gonçalves

Grote Markt é a principal praça da cidade. Foto: Elizabeth Gonçalves

Para quem chega de trem, como a estação está localizada a poucos minutos do centro da cidade, já pelo caminho até a região central, é possível se deparar com algumas atrações de Bruges.

Vamos a elas:

Grote Markt

Para sentir o clima da cidade, vale dar uma volta pelo Grote Markt. Essa é a principal praça da cidade e é composta por prédios construídos ao longo de vários séculos. Um dos destaques dessa praça são as casinhas coloridas, que você certamente já viu ou verá em muitos cartões postais da cidade.

Belfort

Ainda no Grote Markt, está localizado o campanário de Bruges, chamado de Belfort, outro símbolo da cidade. O bacana é que e possível subir os 366 degraus da estreita escadaria do prédio para apreciar uma vista incrível da cidade.

Brurg

Como você vai reparar, Bruges é cheia de praças, sendo que outra que merece destaque é a Brurg. Lá, você encontrará prédios belíssimos, sendo que o destaque fica para o da prefeitura, chamado de Stadhuis.

Basilica of the Holy Blood

Nessa praça, também está localizada a Basílica do Sangue Sagrado, uma das menores basílicas do mundo. Construída no século XII, abriga um relicário que dizem ter sido trazido da Terra Santa, contendo o sangue de Jesus Cristo.

Memling in Sint-Jan

Outro destaque da cidade é o Memling in Sint-Jan. Na verdade, esse prédio era um antigo hospital de Bruges e data do século XI. Além de um museu, no antigo hospital há, também, uma galeria de arte, onde acontecem eventos durante todo o ano.

Church of Our Lady Bruges

Bem em frente ao hospital, está a Igreja de Nossa Senhora, que é uma das mais bonitas e visitadas da cidade. A igreja tem uma atração imperdível, uma escultura de Michelangelo, “A Madonna com Criança”, datada de 1504.

Canais de Bruges

IMG_0255

Foto: Elizabeth Gonçalves

Como já destacamos no começo desta matéria, Bruges é conhecida por seus belíssimos canais. Portanto, durante sua visita à cidade, não deixe de fazer um passeio por eles. O percurso leva, em média, 30 minutos e inclui explicações do guia turístico sobre os principais pontos da cidade.

De Haalve Man

E para quem curte cerveja, Bruges é sede de uma importante cervejaria belga, a De Haalve Man, localizada na rua Walplein, 26. A marca produz a Brugse Zot, sendo possível visitar a fábrica e degustar a bebida.

O ponto fraco da cidade é que a vida noturna de Bruges é praticamente inexistente. Assim, quem curte uma boa festa, música e a alegria de uma balada vai se decepcionar, já que a cidade fica absolutamente pacata.

Por que visitar Bruges

Chocolates, marzipan e pralines são iguarias de Bruges. Foto: Elizabeth Gonçalves

Chocolates, marzipan e pralinés são iguarias de Bruges. Foto: Elizabeth Gonçalves

Extremamente turística, Bruges é uma das cidades medievais mais bonitas da Europa. Isso sem falar que ela deve constar no roteiro dos amantes de chocolates e waffles, já que todas as ruas de Bruges exalam o delicioso perfume dessas iguarias.

E por falar em chocólatras, não saiam de Bruges sem dar um pulinho na The Old Chocolate House. Não tenha dúvidas de que você vai experimentar um dos chocolates quentes mais saborosos da sua vida no salão que eles têm no primeiro andar da loja. Quem tiver a chance de ir, experimente e conte pra gente o que achou da experiência aqui nos comentários!

Aliás, Bruges foi considerada uma das cidades pequenas na Europa mais charmosas.

Seguro-viagem

Vai viajar? Então comece pensando no seu seguro-viagem. Lembre que os melhores seguros são aqueles que cobrem gastos com internações. Além disso, em tempos de pandemia, é bom lembrar que a Covid-19 pode atrapalhar a sua viagem.

Por isso, busque se vacinar e contratar um seguro que cobre despesas caso você se infecte com a doença.

Foto de capa: Elijah G on Unsplash

Veja também

Curiosidades sobre a Irlanda

Elizabeth Gonçalves, Jornalista viciada em cinema, música e literatura. Paulistana, se apaixonou por Dublin, onde mora há cinco anos e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar