Como anda a remarcação de intercâmbio durante a pandemia?

Como anda a remarcação de intercâmbio durante a pandemia?

Rubinho Vitti

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Há um ano, em 11 de março de 2020, quando a Covid-19 virou uma pandemia global, agências de intercâmbio fizeram um acordo com o governo brasileiro como forma de clientes afetados pelo novo coronavírus terem uma maior segurança sobre o futuro de suas viagens.

Um ano se passou e muitas dúvidas ainda existem, principalmente se as regras ainda estão valendo. O E-Dublin foi procurado por leitores que estão questionando as agências e se sentindo afetados. Muitos deles já remarcaram a viagem, mas precisaram ou precisam remarcar novamente, já que a Irlanda e outros países seguem com um lockdown restrito e impedindo a entrada de novos imigrantes durante esse período.

Mas segundo o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), clientes que fecharam os pacotes antes da pandemia podem fazer apenas um reagendamento do intercâmbio até 2022 sem cobrança adicional. O cliente tem até dois anos para remarcar a viagem, ou seja, 10 de março de 2022. Você pode ver as regras na íntegra nesta matéria.

O TAC foi feito entre representantes de agências de intercâmbio, por meio da Abraseeio (Associação Brasileira das Empresas Especialistas em Intercâmbio para Oceania) — que compõe cerca de 70% do mercado desta área no Brasil — e a Secretaria Nacional de Direito do Consumidor, do Ministério da Justiça do Brasil (Senacon/MJSP) e o MPF (Ministério Público Federal).

O que questionam os clientes?

Clientes estão questionando agências de intercâmbio sobre cumprimento de acordo assinado com o governo brasileiro. Foto: Pxhere

Leitores ouvidos pelo E-Dublin têm reclamado que as agências estão oferecendo remarcação gratuita apenas para um determinados prazos, muitos apenas até o fim deste ano.

Outra questão que tem incomodado futuros intercambistas seria o retorno do valor pago. Algumas agências estão oferecendo a devolução por meio de crédito para ser usado até 2023. Porém, segundo eles, o valor atual do intercâmbio é muito acima do que foi acordado há um ano.

Há ainda a exigência das agências de que a data seja definida em um prazo específico e não mais deixada em aberto, mesmo com as indefinições da pandemia da Covid-19.

A última opção seria a devolução do valor pago, com retenção de uma porcentagem, conforme prevê o TAC.

O que dizem as agências de intercâmbio?

Agências de intercâmbio disponibilizam uma remarcação gratuita conforme regras do TAC. Foto: Feodora Chiosea | Dreamstime

O E-Dublin procurou algumas agências de intercâmbio para esclarecimentos sobre a situação de intercambistas que querem reagendar o intercâmbio por causa da pandemia da Covid-19 e sobre as regras atuais do TAC.

Veja as respostas, na íntegra, das agências que nos responderam:

Egali

“A Egali disponibiliza uma remarcação totalmente gratuita da data de embarque, para pacotes de intercâmbio comprados até 11 de março de 2020, ou seja, no período pré-pandemia. O intercambista poderia remarcar a data da viagem para até 2 anos da data de embarque inicial, mas diante do cenário que ainda persiste, foi necessário pensar em algumas adaptações para continuar, como sempre, seguindo com a missão da empresa de promover o intercâmbio responsável.

De acordo com o TAC, os intercambistas que compraram pacotes antes da pandemia e que solicitaram a sua remarcação para outra data, não poderiam ter seu intercâmbio reembolsado. Com isso, os alunos que já realizaram a remarcação gratuita teriam que remarcar o intercâmbio novamente (dessa vez, com custos) ou cancelar o pacote.

Porém, a Egali elaborou algumas opções para que os alunos possam lidar com as adversidades da pandemia sem prejuízos.

Todas as ações são exclusivas para alunos Egali, que é a agência que apresenta maior flexibilidade de opções até o momento:

  1. Cancelamento conforme a multa do TAC, com reembolso em 30 dias.
    Os alunos que preferirem fazer o cancelamento do pacote, pagando a multa conforme o TAC, terão o seu reembolso pago em até 30 dias. O prazo, segundo o TAC, é de que o valor fosse reembolsado em até 9 meses, mas, como uma ação exclusiva, a Egali adiantou esse prazo para 1 mês.
  2. Cancelamento com crédito de 100% dos valores
    Ao invés de cancelar o intercâmbio e arcar com a multa da TAC, outra opção que a Egali está oferecendo é a do cancelamento com crédito de 100% dos valores já pagos.
    Aqui, você pode utilizar os créditos do intercâmbio não realizado para, inclusive, fazer a sua viagem de estudo para outros destinos e/ou escolas, ou até dividir em mais de um programa. Esses créditos valem para qualquer escola, acomodação, destino ou países ofertados pela Egali e para o seguro viagem. Nesse caso o crédito deve ser utilizado até 31/12/2021 e o embarque poderá ser até 10/07/2023.
  3. Remarcação gratuita
    Conforme o TAC, é possível remarcar o intercâmbio de forma gratuita apenas uma vez. Caso você ainda não tenha feito alteração de datas do seu programa, você segue tendo direito a esta opção normalmente, para até 24 meses da sua data de embarque original.
    Caso você já tenha efetuado uma alteração de datas, e decidir por esta opção, sendo aluno da Egali, você poderá remarcar seu intercâmbio sem custos mais uma vez (porém essa será a última vez que poderá fazer a alteração), desde que com data decidida e oficializada até 15/04/21. Sua nova data deverá ser para embarque até 15/04/2022 (Austrália e Nova Zelândia) ou 31/08/2021 (todos os demais países).

O cenário da pandemia em 2021 está mudando lentamente e entendemos o quanto é difícil adiar os planos de uma experiência tão incrível que o intercâmbio é. Mas, a Egali está aqui para assegurar que tudo vai ser feito da forma mais responsável possível. Qualquer dúvida, estamos à disposição na Área do Aluno. Nossos consultores estão sempre prontos e à postos para ajudar e garantir que nossos intercambistas tenham a melhor experiência possível.”

ePlanet

Segundo um representante da ePlanet ressaltou, não há limitações para embarque ou alterações.

“O cliente aqui pode remarcar sem custo adicional e sem reajuste para viajar até fim de 2022 e em alguns casos até em 2023, quantas vezes achar necessário”, afirmou. Segundo ele, se houver algum limite de remarcação seria por parte das escolas, algo que, até agora, segundo a ePlanet, não aconteceu.

“A ePlanet está acompanhando cada cliente de perto e tentando ajudar cada caso de maneira personalizada a fim de minimizar o impacto dessas alterações. Disponibilizamos também nosso suporte psicológico a todos intercambistas, que estão em viagem, no Brasil ou que já voltaram.”

Vital Intercâmbios

“A Vital está trabalhando cada caso individualmente. Alguns alunos, que fecharam seus pacotes em 2016, 2017, 2018 e 2019, estamos negociando com as escolas se é possível manter promoções lançadas há 4 anos atrás para embarque em 2022. Muitos embarques já foram alterados até dezembro de 2022, mas temos casos que estamos trabalhando um a um.

Algumas escolas já retornaram com o pedido de alteração de data com o acréscimo para 2022, outras estão mais flexíveis.

Para alunos que não desejam remarcar o embarque agora, a opção de credito é a mais viável, pois a escola não permite deixar a data “em aberto” e o crédito mantém o valor total investido pelo cliente. As instituições não reembolsam valores em caso de cancelamento, a não ser que seja apresentada a carta de negativa de visto.

O crédito, por exemplo, é uma maneira do estudante poder analisar o cenário com mais calma. Os alunos que optarem por cancelamento a TAC prevê reembolso parcelado em 9 meses, sabendo da urgência deste momento a Vital reembolsou todos os pedidos desde Março de 2020 com menos de 15 dias e em uma única parcela.

O volume de solicitações está muito alto devido ao cenário atual e estamos analisando as solicitações com muito cuidado, trabalhando com transparência e conversando individualmente com cada instituição de ensino no exterior.

Para duvidas nosso chat online está aberto em nosso website no horário comercial, e nossos e-mails de contato são:

[email protected] & [email protected].

Mal podemos esperar que essa pandemia passe para que possamos retornar as nossas atividades, embarcando todos os nossos alunos como fizemos nos últimos 8 anos.”

Recomendação

Sempre que você tiver dúvidas sobre seu pacote ou regulamentações em vigor, entre em contato com sua agência, um representante dela ou sua escola.

O governo também orienta que qualquer reclamação seja feita por meio da plataforma consumidor.gov.br.

O TAC pode ser lido na íntegra por meio deste link. Veja também notícia do portal oficial de comunicação do governo brasileiro, a Agência Brasil.

Veja também

Como contratar um intercâmbio na Europa

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar