Irlanda concorda em receber até 150 refugiados do Afeganistão

Irlanda concorda em receber até 150 refugiados do Afeganistão

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O mundo parou nesta segunda-feira, 16 de agosto de 2021, para assistir, horrorizado, à retomada de poder do Talibã no Afeganistão, após os EUA retirarem suas tropas que, há 20 anos, estavam naquele país.

Muitos afegãos e pessoas de outras nacionalidades que estão no Afeganistão durante esse processo procuram formas para se refugiar em outros Estados ou apenas voltar para casa.

Esse é o caso de 150 refugiados que poderão ser recebidos pela Irlanda. O Ministro de Relações Internacionais da Irlanda, Simon Coveney, em entrevista à RTÉ, disse que estarão “priorizando trabalhadores de direitos humanos, profissionais da mídia e mulheres e meninas, os vulneráveis.”

O departamento disse que 45 cidadãos que fugiram do Afeganistão, alguns dos quais já estavam no Paquistão, já serão liberados de visto para entrar na Irlanda.

O primeiro-ministro irlandês, Micheál Martin, afirmou que existem ainda 23 cidadãos irlandeses no Afeganistão e que 15 deles já manifestaram o desejo de voltar para a Irlanda.

O governo está planejando uma maneira de retirá-los de lá, mas os voos comerciais do aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, foram interrompidos.

Agora, a tentativa é coordenar com outros países para tentar encontrar rotas para que os cidadãos irlandeses voltem para casa.

Foto de capa: Mohammad Rahmani / Unsplash

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar