Mochilão de viagem: o que é, para onde ir e como se planejar

Mochilão de viagem: o que é, para onde ir e como se planejar

Ana Carolina Brunelli

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Seu sonho é se aventurar pelo mundo com apenas uma mochila nas costas? Então, quem sabe não está na hora de você organizar a seu primeiro mochilão de viagem. Para ajudar a tornar esse sonho realidade, confira algumas dicas simples para se preparar.

Mas antes de qualquer coisa…

Você sabe o que realmente é uma viagem de mochilão?

Bom, fazer um mochilão nada mais é que viajar pelo mundo gastando o mínimo possível. É literalmente colocar uma mochila nas costas e se aventurar por diversos países, sem muito roteiro e levando na mochila apenas o essencial.

É um estilo de viagem para quem quer explorar diferentes culturas, conhecer pessoas novas, apreciar paisagens incríveis e provar novos sabores sem gastar muito.

Conheça os tipos de viagem de mochilão

Mochilão clássico inclui uma viagem longa de semanas ou meses por diversas cidades ou países. Foto:  Peter Conlan on Unsplash

O mochilão é um tipo de viagem tão conhecido que, atualmente, existem diferentes tipos  para fazer.

Mochilão clássico

O mochilão clássico é um estilo de viagem mais longo, que pode chegar a durar meses ou, até mesmo, anos. É literalmente cair na estrada e ir desbravando cada cantinho, sem pressa. É uma viagem para quem tem disponibilidade total de tempo e deseja curtir o presente intensamente.

Mochilão de curta duração

Já o mochilão de curta duração é o tipo de viagem mais comum e que geralmente tem tempo para começar e para acabar. Em média, quem decide fazer um mochilão de curta duração fica entre 1 ou 3 meses explorando alguns países. Muita gente escolhe fazer quando está em período de férias ou quando tem a possibilidade de conciliar viagem e trabalho, para não deixar de ganhar dinheiro por muito tempo.

Leia também: Seguro-viagem para mochilão: saiba por que contratar

Seguro Viagem: Mochilao
AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 59/dia*

Perfis diferentes de mochileiros

Sabe aquelas pessoas que trabalham para juntar dinheiro e viajar? Elas são parte de um tipo de mochileiros. Foto: John McFetridge on Unsplash

Agora mais do que estilos de mochilão, existem os tipos de mochileiros. Ou seja, há perfis diferentes, que se diferenciam por seus propósitos e, até mesmo, pelos recursos que têm.

Afinal, apesar de uma viagem de mochilão ser conhecida por quem busca uma alternativa mais acessível de viajar, há casos em que a pessoa deseja explorar o mundo de mochila, mas sem abrir mão de um certo conforto.

Veja abaixo.

1- Mochileiros que trabalham para viajar muito

O foco desses mochileiros é trabalhar intensamente durante um período do ano, juntando muito dinheiro, para depois conseguir tirar um período de férias para simplesmente cair no mundo de mochila. Geralmente, o propósito dessas pessoas é viver diferentes experiências a um valor bem acessível.

2- Viajantes com boas condições financeiras

Quem tem tempo livre, não tem um trabalho fixo e conta com uma boa condição financeira para fazer um mochilão se enquadra em um perfil diferente de mochileiro. São aquelas pessoas que buscam aventuras, mas valorizam o conforto.

Ou seja, não se importam tanto com o preço. Investem dinheiro para viver experiências completas e se preocupam em evitar qualquer tipo de perrengue.

3- Pessoas que conciliam trabalho e viagem

Há os mochileiros que viajam o mundo, mas continuam trabalhando para manter todos os custos da viagem. Seja em trabalhos fixos ou remotos, ou realizando trabalhos nos lugares por onde passa em troca de alimentação e hospedagem. Para essas pessoas, o importante é manter a renda para continuar explorando o mundo.

4- Mochileiros que são artistas

Os mochileiros artistas são aquelas pessoas que realizam um mochilão com pouquíssimo dinheiro e que sobrevivem nos lugares ganhando renda com suas artes, isso inclui: cantar nas ruas e fazer apresentações artísticas, venda de artesanato, etc.

Leia também: Cinco dicas para economizar no mochilão na Europa

Guia básico para fazer uma viagem de mochilão

Planejar-se com antecedência é uma das atitudes mais acertadas antes de fazer uma viagem de mochilão. Foto: Tim Foster on Unsplash

Viu só como existem inúmeras maneiras de fazer uma viagem de mochilão pelo mundo nos dias de hoje? Ou seja, se esse é o seu sonho, comece a se planejar! E para ajudar, criamos um guia básico para se preparar e viver essa aventura.

Defina o propósito do seu mochilão

Antes de colocar a mochila nas costas, tenha em mente o propósito da viagem, o que você realmente busca com essa experiência. Isso ajudará a escolher as principais paradas da viagem e evitará possíveis imprevistos durante o percurso.

É claro que você pode se jogar na estrada sem nada definido. Mas, certamente, a viagem será cheia de obstáculos e algumas surpresas podem frustrar. Ou seja, com propósito, as chances de ir atrás dos seus objetivos e não se decepcionar são maiores.

Os lugares que deseja conhecer

Com propósito definido, é importante definir os principais lugares por onde deseja passar durante a sua viagem de mochilão. Não precisa ser nada engessado, mas é válido escolher os locais com antecedência para conseguir organizar melhor a rota e, até mesmo, ganhar tempo se for uma viagem de curta duração.

Planejamento financeiro

O planejamento financeiro é importante em qualquer viagem, mas, na viagem de mochilão, é ainda mais. Principalmente, se você está com pouco dinheiro e quer aproveitar ao máximo. Nesse caso, realizar um planejamento de custos e ter em mente um valor específico para gastar com transporte, hospedagem e alimentação por dia é essencial.

Isso certamente ajudará a fazer uma viagem mais tranquila.

Quanto custa fazer uma viagem de mochilão?

Quem sonha em fazer uma viagem de mochilão sempre quer saber sobre o custo, não é mesmo? Bom, tudo vai depender do tipo de mochilão que você deseja fazer, de quanto tempo pretende ficar viajando, dos países e cidades que escolheu conhecer e, claro, de quanto tem disponível para gastar com essa experiência.

O recomendado é sempre pesquisar com antecedência sobre o custo de vida dos lugares por onde vai passar, para já ter uma média de valores diários com hospedagem, alimentação, transporte e passeios pagos.

E quando o assunto é mochilão, é comum as pessoas sonharem em se aventurar pela Europa. No entanto, sabia que um mochilão pela América do Sul, por exemplo, pode sair muito mais barato e está cheio de lugares paradisíacos para visitar?

Além disso, muita gente tem em mente que o mochilão está relacionado a uma viagem internacional. Bom, engana-se quem tem esse pensamento.

Afinal, é muito comum mochilar pelo Brasil, por exemplo, jogando-se na estrada de ônibus e fazendo paradas estratégicas para conhecer lugares incríveis do país. A vantagem, nesses casos, é que o valor pode ser bem mais em conta e, claro, tem toda a facilidade de conseguir se comunicar.

Por isso, fica a dica: para quem quer pegar confiança e sentir a experiência, fazer um mochilão pelo próprio país antes de desbravar fronteiras é uma ótima maneira de começar a se aventurar.

4 lugares econômicos para fazer uma viagem de mochilão pelo mundo

Tailândia é um dos locais mais incríveis para fazer viagem de mochilão pela Ásia. Foto:  Sumit Chinchane on Unsplash

Chiang Mai — Tailândia

Chiang Mai é a segunda maior cidade da Tailândia e um dos destinos mais baratos para fazer uma viagem de mochilão. Sem contar que é uma oportunidade incrível de visitar lugares encantadores, conhecer diversos templos históricos e, ainda, ter um contato único com os elefantes.

Além disso, é a chance de mergulhar em uma cultura completamente diferente e muito interessante.

Ah, e a Tailândia não é o único local na Ásia perfeito para uma viagem de mochilão.

Leia também: Mochilão asiático com companhias low cost

La Paz — Bolívia

Um outro destino bastante procurado pelos mochileiros é La Paz, a capital da Bolívia. Além de ser uma região mais acessível financeiramente, o lugar é realmente privilegiado por estar próximo a belíssimas montanhas. Em La Paz, ainda é possível conhecer o famosíssimo Salar de Uyuni e ver de perto paisagens desérticas de tirar o fôlego. Outra vantagem é que, indo para La Paz, é fácil viajar para os países vizinhos sem gastar muito dinheiro.

Cidades históricas de Minas Gerais — Brasil

Uma dica valiosa para quem quer começar a vida de mochileiro explorando o Brasil é se aventurar pelas estradas mineiras, parando nas principais cidades históricas do estado: Tiradentes, Ouro Preto, Mariana, Diamantina, São João del Rei, entre outras.

Esse mochilão certamente será repleto de histórias, belezas naturais e comida boa, sendo possível gastar pouco com acomodação e alimentação.

Lisboa — Portugal

Já para quem sonha em fazer de cara um mochilão pela Europa sem gastar muito, uma dica é começar por Lisboa, em Portugal.

Esse é um destino acessível, principalmente quando comparado a famosas cidades europeias como Londres e Paris.
Além disso, Lisboa tem uma arquitetura única, uma culinária indescritível e opções de lazer para todos os gostos. Sem contar que é fácil percorrer o país de ônibus, gastando poucos euros e apreciando belas paisagens.

Outros locais da Europa

São muitos os locais da Europa que são perfeitos para sua viagem. Entre eles está o mochilão para a Sérvia e para Belgrado.

A Grécia também pode ser um destino incrível e paradisíaco para um mochilão, além dos Países Baixos.

Depois de ler todas essas informações, o que falta para você de fato se aventurar em uma viagem de mochilão?

É uma baita aventura, sim, mas os mochileiros afirmam: vale muito a pena!

Leia também: Mochilão pela Nova Zelândia

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar