Morar na Holanda: informações sobre vistos, custo de vida e muito mais

Morar na Holanda: informações sobre vistos, custo de vida e muito mais

Ana Carolina Brunelli

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

É raro encontrar alguém que teve a oportunidade de morar na Holanda e não se apaixonou pelo país, que consegue surpreender qualquer viajante com a sua cultura, culinária, arquitetura e belezas naturais. Por esses e muitos outros motivos, mudar para esse cantinho da Europa é o sonho de muitos brasileiros.

Afinal, não é à toa que o destino está sempre no topo dos rankings internacionais quando o assunto é qualidade de vida. A Holanda foi considerada o sexto país mais feliz do mundo em 2020, pelo World Happiness Report.

E para ajudar quem tem o desejo de morar na Holanda e precisa de dicas para começar a organizar a mudança, reunimos aqui informações sobre vistos, custo de vida, principais cidades, etc., tudo para facilitar ainda mais a vida de quem vai deixar o Brasil para viver uma grande aventura em terras holandesas. Vamos lá!

É preciso visto para morar na Holanda?

Para morar na Holanda, é preciso ter um visto de longa permanência com objetivo de estudo ou trabalho, por exemplo. Foto: Ethan Hu / Unsplash

Sim! É preciso ter um visto de longa permanência, conhecido como Machtiging voorlopig verblijf (MVV). Sem ele, só é possível ficar no país por 90 dias, pois todo brasileiro tem direito a esse tempo nos países europeus.

Agora, caso você tenha cidadania europeia, aí as coisas serão muito mais fáceis, já que você ganha o direito de morar na Holanda sem visto, só sendo necessário se registrar na prefeitura quando chegar ao país.

Os vistos que se aplicam aos brasileiros são de estudo universitário, trabalho, au pair e partner. Por isso, se o seu propósito é estudar na Holanda por mais de três meses, então será necessário solicitar um visto de estudante no Consulado Geral dos Países Baixos, no Brasil, e apresentar documentações que comprovem a aceitação em alguma universidade.

Agora, se o seu desejo for apenas trabalhar na Holanda, é indicado conseguir um emprego enquanto ainda mora no Brasil, pois, assim, ao ser contratado, a empresa geralmente se responsabiliza pela solicitação do visto de estrangeiro, conhecido como Sponsor.

Como citado acima, também existe outra opção para quem quer trabalhar e morar na Holanda: ser Au Pair e morar em casa de família. Nesses casos, o recomendado é procurar uma agência para cuidar de todos os trâmites.

Leia também: Intercâmbio na Holanda: tudo o que você precisa saber

Onde fazer o pedido de visto para morar na Holanda?

No Brasil, somente o Consulado Geral em São Paulo é apto para auxiliar nos pedidos de visto para quem deseja morar na Holanda, e o ideal é que você faça a solicitação ainda no Brasil para que o adesivo MVV seja colocado no passaporte.

Os preços variam bastante de acordo com o tipo de visto. Porém, atualmente, uma média de visto de trabalho é de 290€, programas de Au Pair 290€ e estudos 174​​€.

Nos valores gastos, é importante não esquecer os custos com as traduções juramentadas de certidões, contratos de trabalho, diplomas e outros documentos. E também os valores da Apostila de Haia, necessária para validar toda a documentação no exterior. Além disso, geralmente, os vistos levam cerca de 60 a 90 dias para serem aprovados.

É preciso falar holandês para morar na Holanda?

Quem fala inglês pode se virar muito bem ao morar na Holanda. Foto: Nick Scheerbart / Unsplash

Não necessariamente! Para morar na Holanda, conseguir se comunicar bem em inglês já pode ser o suficiente! Afinal, praticamente todos os lugares do país se comunicam em inglês e, até mesmo, algumas empresas exigem apenas esse idioma como pré-requisito para ser contratado.

Como funciona o transporte na Holanda?

Assim como em muitos países da Europa, na Holanda, o transporte público também funciona muito bem! Sem contar que o país oferece opção de trens, ônibus, bondes elétricos, metrô e balsas. O preço não é dos mais baratos comparados a outros destinos europeus, mas o serviço é de excelente qualidade.

E para quem gosta de aproveitar o tempo livre para fazer uma viagem, mesmo que seja bate e volta, na Holanda existe uma opção de assinatura mensal da empresa ferroviária Nederlandse Spoorwegen (NS), que custa cerca de € 35 para circular de trem de sexta-feira à noite até segunda-feira de madrugada. É uma superoportunidade de explorar os cantinhos da Holanda por um valor único.

Leia também: Programa oferece bolsas para estudar na Holanda

Mercado de trabalho na Holanda

Na Holanda, a área de tecnologia emprega muitos profissionais estrangeiros. Crédito: violetkaipa/depositphotos

Para quem deseja morar na Holanda para crescer profissionalmente e alavancar o currículo, é importante ter em mente que o país tem um mercado de trabalho cheio de oportunidades, principalmente em cidades como Amsterdã, Roterdã e Haia.

Porém, são as áreas de Tecnologia da Informação, Marketing, Design, Petróleo e Gás e Moda que estão em alta e oferecem mais chances aos estrangeiros.

Além disso, a Holanda está entre os melhores países para se trabalhar, com um salário mínimo de € 1.635,60. Agora, apesar de o inglês ser um importante requisito para conquistar uma boa vaga de trabalho, aprender a falar holandês pode ser a virada de chave para quem quer se destacar nos processos seletivos. Portanto, se esse for o seu objetivo, vale investir tempo e dinheiro para aprender o idioma local.

Saúde na Holanda

Muita gente não sabe, mas morar na Holanda exige um seguro-saúde obrigatório. Ou seja, não existe a possibilidade de entrar no país sem ter a cobertura de um seguro, o qual custa, em média, €100 por mês.

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 16/dia*
AC 60 EUROPA AC 60 EUROPA Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 18/dia*
CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) CORIS 30 EUROPA BASIC +COVID19 (EXCETO EUA) Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 24/dia*

É claro que os valores variam de acordo com as coberturas e depende da seguradora, além da faixa etária. Porém, quando uma pessoa está inscrita em um seguro-saúde na Holanda, ela tem direito a fazer consultas e exames regularmente — e é preciso dizer: o sistema de saúde no país é exemplar.

Gastronomia na Holanda

Nem só de batatas, pães, queijos, sopas e stroopwafels vivem os holandeses! Apesar da fama que o país tem de comer muito carboidrato, as refeições por lá são bem variadas, os alimentos são de ótima qualidade e o preço é bom, considerando o salário mínimo.

Mas, de fato, quem decide embarcar para a Holanda não pode deixar de provar o famosíssimo stroopwafel. O waffle holandês é, sem dúvida, o prato mais famoso do país, e é possível encontrar esse doce em diferentes supermercados. Porém, é claro que nada se compara com o sabor dos strooplwalfels feitos na hora. Apesar de ser supercalórico, vale a pena sair da dieta por essa sobremesa holandesa.

Leia também: Estique sua viagem pelas cidades vizinhas de Amsterdã

Como é morar na Holanda?

Preços de aluguéis na Holanda podem ser bem salgados. Foto: Piotr Chrobot / Unsplash

Algumas pessoas costumam dizer que um dos maiores desafios de quem decide morar na Holanda é encontrar uma casa ou apartamento, principalmente nas cidades maiores. Isso porque o sistema de locação é bastante burocrático e bem diferente do Brasil, e são necessárias várias comprovações.

Além disso, os preços são bem salgados. Ou seja, dependendo do objetivo da viagem, às vezes vale a pena dividir um local com mais pessoas e morar mais afastado do centro da cidade escolhida. Mas tudo vai depender do seu planejamento financeiro e dos seus propósitos.

Melhores cidades para morar na Holanda

A capital Amsterdã é a cidade mais turística da Holanda. Foto: Red Morley Hewitt / Unsplash

Cada pedacinho da Holanda é único. Das cidades cheias de tulipas a locais perfeitos para ciclistas e mergulhadores, além de museus, espaços culturais e, claro, muito charme e elegância.

Vamos às melhores cidades para morar na Holanda?

Amsterdã

É claro que Amsterdã, a capital da Holanda, está no topo da lista de melhores cidades. Ela é considerada a maior cidade do país e mais populosa também, com cerca de 850.000 habitantes.
Conhecida pelos belíssimos canais, é um destino que apresenta diversas atrações turísticas incríveis, como o museu do Van Gogh, a Casa de Anne Frank e o Voldenpark. E uma coisa é certa: a capital holandesa não deixa a desejar em relação às opções de lazer, trabalho e turismo para, literalmente, todas as idades.

Amsterdã é o tipo de lugar que merece uma visita em qualquer estação do ano e não há meio de transporte melhor para conhecer a cidade se não for de bicicleta. Para quem não sabe, o país incentiva de verdade todos a utilizarem esse meio de transporte e investe em infraestrutura e ciclovias. Sem contar que, de fato, é uma maneira inesquecível de visitar os pontos turísticos e se encantar pelos detalhes e o charme da capital.

Rotterdã

Morar em Rotterdã é uma boa opção para quem decide se mudar para a Holanda. Foto: Amy Dekker / Unsplash

Rotterdã é a segunda maior cidade da Holanda e tem o maior porto da Europa, considerado o mais ativo do mundo entre os anos 1962 e 2002. A cidade também é uma das melhores para se morar e apresenta uma atmosfera bem parecida com a da capital, mas conta com cerca de 617.000 habitantes

E para quem adora explorar as famosas atrações turísticas e mergulhar na cultura local, Rotterdã é um prato cheio! Anota aí alguns dos passeios imperdíveis: visitar a Euromast, Erasmus Bridge e o The Cube Houses.

A cidade é perfeita para quem busca viver com qualidade de vida e segurança e deseja encontrar boas opções de trabalho.

Haia

Em Haia, a principal atração turística é o Keukenhof, o famoso parque das tulipas. Foto: Carla Sveningsson / Unsplash

Haia é a cidade protagonista no cenário político da Holanda, sendo sede do parlamento do governo holandês. Ela está localizada a 60 km de Amsterdã e é a terceira mais populosa das cidades holandesas, com quase 490.000 habitantes.

É o lugar certo para quem gosta de natureza e deseja morar perto de parques e florestas. Além disso, a cidade está cheia de palácios, museus, galerias e deliciosos restaurantes. Morar em Haia é garantia de bom transporte, segurança, oportunidades de trabalho e de viver pertinho do mar.

As famosas tulipas da Holanda

Não é novidade que o país é conhecido pelas coloridas e belas tulipas, né? Por isso, morar na Holanda é ter a chance de ver de perto o Keukenhof, o parque de tulipas mais famoso do continente europeu, considerado um verdadeiro oásis para quem adora flores.

O parque conta com mais de 7 milhões de tulipas e flores de outras espécies. Tudo isso em uma área de quase 320 mil m². O lugar fica apenas 40 quilômetros distante da capital holandesa e pode ser acessado de carro ou transporte público em uma viagem de aproximadamente 1h. Porém, é preciso se atentar aos meses de visitação, pois o Keukenhof abre somente no período da primavera.

Leia também: Já pensou em visitar os melhores museus da Holanda?

Vale a pena morar na Holanda?

Por fim, morar na Holanda também representa a oportunidade de viver a poucas horas de países imperdíveis da Europa, como Inglaterra, França, Espanha, Portugal, entre muitos outros. Ou seja, é possível pagar barato por uma passagem de avião e chegar rapidamente a qualquer um desses destinos.

Morar na Holanda é embarcar em um novo mundo de possibilidades! Você está preparado? Acompanhe as nossas redes sociais e fique de olho em diferentes informações sobre a Holanda e sobre outros lugares incríveis da Europa.

Veja também

Ensino superior na Irlanda: Por onde começar?

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar