Desigualdade de gênero no mercado de trabalho da Irlanda

Desigualdade de gênero no mercado de trabalho da Irlanda

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Um recente estudo conduzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Social (ESRI) revelou um novo capítulo na desigualdade de gênero no mercado de trabalho da Irlanda. As mulheres na República da Irlanda e na Irlanda do Norte têm maior probabilidade do que os homens de ocupar empregos mal remunerados.

O relatório, baseado em dados de 2022, destaca as disparidades de gênero no mercado de trabalho.

A descoberta-chave do estudo foi que um quarto das mulheres na República da Irlanda e 21% na Irlanda do Norte foram classificadas como mal remuneradas, ganhando menos de dois terços do salário médio por hora dos respectivos países.

Entre os homens, a porcentagem é bem menor, 18% e 14% de homens na República da Irlanda e na Irlanda do Norte, respectivamente.

Cerca de 25% das mulheres trabalham em casa

Em relação ao trabalho remoto, o estudo revelou que em 2022, 25% das mulheres e dos homens na República da Irlanda, e 14% das mulheres e 19% dos homens na Irlanda do Norte, trabalhavam principalmente em casa.

No entanto, as mulheres na Irlanda do Norte eram menos propensas a trabalhar remotamente, devido à sua representação excessiva em setores como saúde, educação e administração pública de primeira linha.

Além disso, as taxas de participação no mercado de trabalho são mais baixas: 76% das mulheres participam da força de trabalho na República da Irlanda e 72% na Irlanda do Norte.

O estudo também destacou que ter filhos pequenos reduz a participação das mulheres no mercado de trabalho, com efeitos semelhantes em ambas as jurisdições.

Ser mãe solteira também foi identificado como uma barreira mais forte para a participação no mercado de trabalho.

Mulheres enfrentam desigualdade de gênero no mercado de trabalho da Irlanda

O CSO (Central Statistics Office) — Central de Estatísticas da Irlanda — publicou um relatório que ajuda a entender como foi a Irlanda em números no ano de 2019.

A pesquisa mostrou que o total da população na ilha ficou em 4.921.500 no ano passado e as mulheres ficaram à frente dos homens em 45.500 pessoas, sendo elas 2.483.500 e eles 2.438.000.

Apesar de superarem os homens em números, elas ficam por baixo em diversos níveis quando o assunto é o mercado de trabalho irlandês.

A porcentagem entre mulheres que dirigem empresas é bem menor que entre os homens na Irlanda. Foto: Pxhere

A estatística do CSO destacou que, em 2019, a desigualdade de gênero foi cruel com as mulheres, principalmente no campo dos negócios. Entre os chefes de empresas, apenas uma mulher a cada nove homens é CEO. Quando o assunto são os presidentes de companhias, o CSO aponta que 93% são homens.

Leia também: Existe racismo no mercado de trabalho da Irlanda?

As mulheres também disseram sofrer discriminação no ambiente de trabalho. Pelo menos, foi a resposta de 33% delas na pesquisa.

Os homens também ganham mais. São 717,67 euros por semana para eles contra 573 euros para elas.

Outras informações da pesquisa:

  • 87.3% da população é irlandesa, 4.298.800 pessoas
  • 12.7% da população é estrangeira, 622,7 mil
  • Jack é o nome mais popular entre os meninos
  • Emily é o nome mais popular entre as meninas
  • Havia 2.326.900 pessoas empregadas no terceiro trimestre de 2019
  • Havia 128.000 pessoas desempregadas no terceiro trimestre de 2019

Veja todas as informações no site da CSO.

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?


Avatar photo
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Veja também

Como é o Regime Trabalhista na Irlanda?


Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email