Patinho de borracha perdido há quase 20 anos em Dublin é encontrado na Escócia

Patinho de borracha perdido há quase 20 anos em Dublin é encontrado na Escócia

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Um episódio que parece ter saído diretamente de uma história infantil ganha destaque novamente quase duas décadas depois de sua ocorrência.

Em 2006, Dublin foi palco de uma iniciativa peculiar: a tentativa de quebrar o recorde mundial da maior corrida de patos de borracha do mundo.

O objetivo era soltar 150 mil desses brinquedos na esperança de que eles corressem pelo rio Liffey, da Millenium Bridge até a Sean O’Casey Bridge.

No entanto, a jornada desses patos foi mais longa e imprevisível do que se imaginava por causa de alguns patinhos fujões.

Isso porque entre os 150.000 liberados no rio Liffey, em Dublin, vários deles escaparam para o mar.

Patinhos fujões foram encontrados em outros países

Patinho de borracha que saiu de Dublin em 2006 foi encontrado na Escócia em 2024. Foto: ideogram

Patinhos já foram encontrados anteriormente na Inglaterra e na Suécia.

Mas na semana passada, um dos patinhos fujões foi descoberto na ilha escocesa de Stronsay, a 680 km de distância do ponto de partida em Dublin.

Filip Miller, um jovem de 13 anos, fez a descoberta enquanto passeava com seus cachorros pela praia. Surpreso com o achado, ele levou o pato para casa.

Ainda em boas condições, com seu bico laranja brilhante e olhos escuros, o pato ostentava o número de série 59.933 e o nome da competição. Foi quando a família percebeu que se tratava de um dos competidores da corrida de 2006.

Em 2009, a Inglaterra bateu o recorde mundial de uma corrida de patinhos, com 205.000 patos de borracha flutuando pelo rio Tâmisa.

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?


Avatar photo
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email