Sobrenomes italianos: os mais comuns e populares no Brasil

Sobrenomes italianos: os mais comuns e populares no Brasil

Ana Carolina Brunelli

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Se você tem um sobrenome italiano, provavelmente passou a vida ouvindo as pessoas perguntarem se algum parente seu mora na Itália, não é mesmo?

E essa curiosidade é normal, afinal, sabia que o Brasil é o país com maior número de descendentes italianos fora da Itália? Isso graças a imigração italiana que ocorreu em terras brasileiras na segunda metade do século XIX.

Por conta disso, a grande parte dos imigrantes italianos estão hoje em São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Distrito Federal, Paraná e Santa Catarina, totalizando em média 50 milhões de descendentes no Brasil.

Mas em algum momento você já se interessou em saber quais são os sobrenomes italianos mais comuns no Brasil ou em querer saber um pouco mais sobre a história dos seus antepassados?

Se a resposta for sim, no artigo de hoje você vai conferir quais são esses sobrenomes e entender as vantagens de se ter um sobrenome italiano atualmente.

Sobrenomes italianos mais comuns no Brasil

Entre os sobrenomes italianos mais comuns no Brasil estão Ricci, Marino e Rossi. Foto: Pixabay

Você ainda tem dúvidas se o seu sobrenome italiano está entre os mais comuns? Caso sim, chegou a hora de acabar com essa incerteza.

Abaixo você confere os sobrenomes italianos mais comuns no Brasil:

  • Rossi;
  • Marino;
  • Greco;
  • Bruno;
  • Giordano;
  • Rizzo;
  • Lombardi;
  • Gallo;
  • Conti;
  • De Luca;
  • Russo;
  • Ferrari;
  • Esposito;
  • Bianchi;
  • Romano;
  • Colombo;
  • Ricci;
  • Mancini;
  • Costa;
  • Moretti.

Esses são apenas alguns sobrenomes italianos comuns no Brasil, viu? A lista é extensa.

Quantos sobrenomes italianos existem?

De acordo com o órgão estatístico do governo italiano, o Istituto nazionale di statistica, são aproximadamente 350 mil nomes de famílias diferentes, o que faz da Itália o país com a maior quantidade de sobrenomes do mundo.

Sobrenomes italianos modificados

Antigamente, os sobrenomes italianos foram modificados quando os imigrantes desembarcaram no Brasil. Lembrando que essa mudança provoca uma confusão na maioria das pessoas até os dias de hoje, hein?

Mas, calma! A história explica tudo: muitos imigrantes italianos que desembarcaram no Brasil tiveram seus nomes e sobrenomes abrasileirados. Isso geralmente acontecia quando eram registrados por brasileiros, por conta da diferença entre os idiomas.

Qual a vantagem de descobrir a origem de sobrenomes italianos?

É vantagem de descobrir se seu sobrenome italiano vem de qual região da Itália. Foto: Pixabay

E depois de ver todos eles, você está se perguntando se existe alguma vantagem em descobrir a origem dos sobrenomes italianos?

Bom, são várias as vantagens.

Em primeiro lugar, ao descobrir a origem do seu sobrenome italiano, por exemplo, você pode conhecer mais sobre a história dos seus antepassados e até mesmo ter a chance de conhecer parentes que estão espalhados pelo mundo (isso, claro, com o apoio da internet, que permite encontrar pessoas do mundo todo em poucos minutos).

Sobrenome italiano e região da Itália

Ao descobrir a origem do seu sobrenome italiano também é possível saber em qual região da Itália a sua família nasceu e, além disso, é possível até obter a dupla cidadania italiana, visto que é um direito que passa de geração para geração.

Viu só como não faltam vantagens em ir a fundo para saber mais sobre os sobrenomes italianos? E como dito acima, a internet pode contribuir e muito na busca por mais informações.

Veja abaixo as plataformas que facilitam a pesquisa pelos sobrenomes italianos:

Cognomix

O Cognomix é uma ferramenta online que facilita a pesquisa sobre a origem do seu sobrenome italiano nas mais diferentes regiões da Itália. E é muito fácil de fazer a pesquisa: basta digitar o nome que você deseja buscar e ele vai te direcionar para a região de origem.

No Cognomix você ainda encontra a origem e o significado de alguns sobrenomes italianos e até mesmo uma seção dedicada aos sobrenomes maternos.

Então não perca tempo para descobrir tudo sobre a origem dos seus antepassados e nem deixe passar a oportunidade de ter a cidadania italiana!

  • Acesse Mapa dos Sobrenomes – Mappe dei Cognomi, em italiano, coloque o seu sobrenome e veja em qual região o mapa vai se abrir.

Family Search

O mais conhecido é o Family Search, que possui um enorme catálogo de registros civis online e ajuda milhares de pessoas a descobrirem sobre a história de seus avós, bisavós, etc.

Museu da Imigração

Outra possibilidade é o site do Museu da Imigração do Estado de São Paulo, que oferece registros dos imigrantes que desembarcaram no Porto de Santos. Dessa forma é possível descobrir se a sua família estava em um dos tantos navios que chegaram ali.

Legal, né?!

Como funciona a cidadania italiana para descendentes?

Tem sobrenome italiano? Então você pode ter direito a uma cidadania italiana para descendentes. Foto: Pixabay

Agora vamos falar de um dos assuntos que mais interessam quem busca informações sobre sobrenomes italianos: a cidadania italiana para descendentes.

Você tem um antepassado italiano? Então você tem direito à cidade italiana.

É claro que não é tão simples assim e envolve uma lista de documentos gigantesca e regras que precisam ser cumpridas, porém, a maioria das pessoas consegue fazer o processo de reconhecimento da cidadania, seja pela Itália ou pelo Brasil mesmo.

Ah, e uma informação interessante é que não importa o quanto você está distante do seu antepassado, desde que tenha os documentos necessários para provar o seu parentesco, você conseguirá a tão sonhada cidadania italiana.

Viu só como investigar sobre o seu sobrenome italiano é importante? Com isso você pode se tornar um cidadão italiano e morar nos mais diferentes países da Europa.

Documentos necessários para cidadania italiana

Não basta ter apenas um sobrenome italiano para solicitar a cidadania, é fundamental confirmar o parentesco com um antepassado italiano através de documentos oficiais.

Por isso, o processo do pedido da cidadania italiana é muito burocrático e a busca pelos documentos deve ser minuciosa, não podendo ocorrer falhas ou falta de informação.

Os documentos mais comuns para solicitar a cidadania italiana

Normalmente, é obrigatório ter em mãos:

  • Certidão de nascimento italiana do antepassado;
  • Certidão de nascimento brasileira de todos na linha de descendência;
  • Certidão de casamento de todos na linha de descendência;
  • Certidão de óbito (se aplicável);
  • Certidão negativa de naturalização (CNN) do antepassado italiano.

Atenção: para você ter direito à cidadania italiana, o seu antepassado não pode ter se naturalizado brasileiro, por isso é tão importante apresentar a CNN.

Para ter acesso a lista completa e atualizada dos documentos exigidos, entre em contato com o consulado mais próximo da sua cidade.

Quando você já tiver com todos os documentos em mãos, aí sim é hora de dar entrada no pedido de cidadania italiana.

Como dar entrada no processo de cidadania italiana?

Existem duas maneiras: você pode realizar o processo pelo Brasil, direto no consulado italiano próximo de sua região, ou indo para a Itália. Entenda a diferença entre as duas opções:

  • Pedido de cidadania italiana no Brasil
    É fundamental ter em mente que cada consulado italiano no Brasil atende regiões específicas. Por isso, confira qual atende a sua região para evitar perder tempo na hora de se locomover até o local com todos os documentos. Atualmente existe consulado italiano em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Brasília.
  • Pedido de cidadania italiana na Itália
    Fazer o pedido de cidadania italiana na Itália certamente é a forma mais rápida de se tornar um cidadão italiano. Porém, é também a maneira mais cara, já que para iniciar o processo diretamente no país você precisará morar na Itália por um período indeterminado. Além disso, será preciso juntar todos os documentos e dar entrada no pedido na sua Comune de residência.

Normalmente o processo demora cerca de 6 meses, mas se você quer evitar ter que lidar com inúmeras burocracias, a dica é procurar um bom consultor para te auxiliar em todas as etapas.

Saiba mais sobre cidadania europeia

Existe inúmeras vantagens de ter passaporte europeu se você quer viver na Europa. Foto: Pixabay

Depois de ler todas essas informações, se você tiver mesmo um sobrenome italiano, pense que essa pode ser a sua chance de tirar a cidadania italiana e viver na Europa como um cidadão europeu. Ou seja, é o tipo de oportunidade que não se pode desperdiçar, hein?!

Pensando nisso, o edublin preparou o super ebook Passaporte Europeu para brasileiros, que reúne todas as informações e dicas para você conseguir o seu passaporte vermelho. Ele é um guia prático e objetivo para te auxiliar em todos os aspectos mais importantes, com direito a um passo a passo que vai detalhar o que você precisa fazer para trilhar esse caminho.

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar