Ciclistas na Irlanda: regras para pedalar com segurança no país

Ciclistas na Irlanda: regras para pedalar com segurança no país

Rubinho Vitti

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Pedalar pelas ruas de Dublin ou de outras cidades irlandesas parece ser a melhor forma de se locomover em território irlandês. De fato, existem muitas ciclovias na capital da República, além de essa e outras cidades serem bem planas. Ou seja, uma planície perfeita para percorrer com uma bicicleta. Mas, como em todos os lugares do mundo, os ciclistas na Irlanda também têm seus direitos e deveres.

Se, por um lado, quem pedala tem cada vez mais benefícios na Irlanda, muito por conta do forte movimento de ciclistas no país, por outro, é preciso seguir algumas regulamentações — com o perigo de ter que pagar multa pesada ao desrespeitá-las.

Os bicicleteiros de plantão já sabem: capacete, identificação luminosa, sobriedade, entre outros pontos, somam à segurança na hora de pedalar. Mas existem outros pontos que não são todos que sabem ou entendem.

Neste artigo, procuramos identificar todos os deveres dos ciclistas na Irlanda com fontes oficiais e associações ligadas ao ciclismo no país, focando, principalmente, a segurança.

Acompanhe!

Quais são os deveres dos ciclistas na Irlanda?

Luzes e buzina estão entre os equipamentos obrigatórios para ciclistas na Irlanda. Foto: Dario Morandotti / Unsplash

Antes de falar de multas ou regras restritivas, precisamos lembrar que a bicicleta é um dos meios de transportes mais frágeis em um trânsito agitado de uma grande cidade. Por isso mesmo, ciclistas na Irlanda devem entender que a vida deles corre risco se não houver uma preocupação com a segurança.

Equipamentos necessários

De acordo com o Road Traffic (Lighting of Vehicles) Regulations 1963 e suas alterações constitucionais feitas ao longo dos anos, ciclistas devem ter alguns equipamentos obrigatórios para poder pedalar no trânsito de cidades irlandesas.

São eles:

  • refletores
  • luzes (luz branca na frente e vermelha atrás)
  • buzina
  • freios dianteiros e posteriores

O documento regulamenta o tipo de equipamento e a posição que eles devem estar disponibilizados na bicicleta.

Uma observação que deve ser feita aqui: as regulamentações na Irlanda não obrigam o ciclista a usar um capacete ou uma roupa que seja sensível à luz (como coletes de visibilidade), mas ambos os itens são uma forte recomendação da Road Safety Authority of Ireland aos ciclistas na Irlanda.

Regras gerais para ciclistas na Irlanda

Furar um sinal vermelho pode gerar multa a ciclistas na Irlanda. Foto: Noah Dominic Silvio / Unsplash

O Road Traffic Acts and Road Traffic (Traffic and Parking) Regulations 1997-2019 é um regulamento que define algumas regras de trânsito para quem pedala pelas ruas de cidades irlandesas.

São elas:

  • Parar em um sinal vermelho quando este estiver aceso (isso vale para semáforos de automóveis em geral ou específicos para ciclistas)
  • Não parar em cima de faixas de pedestre
  • Parar em sinais de “stop”
  • Não pedalar em rodovias
  • Não pedalar segurando em outro veículo motorizado

Leia também: Como é o trabalho de entregador na Irlanda?

Regras para uso de ciclovias na Irlanda

Ciclovias estão espalhadas por toda a Irlanda e são consideradas seguras para pedalar. Foto: Andrew Gook / Unsplash

Dublin e muitas cidades irlandesas têm ótimas ciclovias em praticamente toda a cidade. Por isso mesmo, provavelmente será bem fácil trafegar pelas ruas como um dos ciclistas na Irlanda.

Existem alguns tipos de ciclovias como as regulares, que geralmente ficam ao lado esquerdo do trânsito, seguindo o mesmo fluxo dos carros. Outras, por exemplo, ficam no contrafluxo e permitem que os ciclistas sigam na direção oposta ao tráfego. Há também aquelas que misturam ciclistas e pedestres. É preciso ter atenção às placas indicativas para respeitá-las.

Vale lembrar que algumas regras proíbem que ciclistas percorram calçadas comuns ou faixas onde esteja sinalizada a proibição de bicicletas. Isso pode gerar multas.

Em ruas comuns, onde não existe uma ciclovia ou ciclofaixa, a regra é que ciclistas devem percorrê-la sempre seguindo o lado esquerdo. Muitas vezes, existem marcações mostrando a área em que o ciclista deve estar, na maioria delas junto à faixa de ônibus.

Mas não se assuste, geralmente os motoristas de ônibus respeitam os ciclistas pois, afinal, existe uma multa pesada para aqueles que não ficam a uma distância segura (falaremos sobre isso mais abaixo).

Leia também: Bike to Work: o incentivo para a compra de bicicleta na Irlanda

Polícia pode multar ciclistas na Irlanda?

Multas para ciclistas que cometerem infrações custam, pelo menos, 40 euros. Foto: David Marcu / Unsplash

Sim! Desde 2015, as leis que regem os ciclistas na Irlanda foram regulamentadas e a polícia irlandesa (Garda) tem o poder de parar e multar quem cometer uma infração ao pedalar no país.

A multa tem valor fixo de 40 euros a serem pagos em até 28 dias. Após esse período, o valor sobe em 50%. Após 56 dias, o caso vai para a corte. Nesse último caso, o julgamento pode constar em seus antecedentes criminais na Irlanda, o que pode interferir até mesmo em uma contratação de emprego.

Principais infrações aplicadas a ciclistas:

  • Pedalar sem luz dianteira ou traseira
  • Pedalar sem cuidado e atenção (“without reasonable consideration”)
  • Não parar em semáforos
  • Desobedecer sinais de trânsito
  • Pedalar em uma rua ou área destinada apenas para pedestres

No caso do segundo item, “without reasonable consideration”, o policial pode interpretar a forma como você guia sua bike de diversas maneiras. Por isso, é preciso ficar atento e ter o máximo de cuidado, como em ultrapassagens de carros parados, por exemplo, e o sinal feito com as mãos para mudanças de faixas ou ao virar uma esquina.

A polícia irlandesa também pode prender um ciclista se ele estiver sob a influência de álcool ou drogas ao pedalar. Isso acontece quando o condutor da bicicleta está em um ponto de não ter o controle adequado. Outro motivo para prisão é se, por acaso, a Garda entender que você está usando uma bicicleta roubada, por exemplo.

Leia também: Dublinbikes celebra dez anos de existência

Como pedalar com segurança na Irlanda?

Pedalar no escuro requer que o ciclista use luzes dianteiras e traseiras. Foto: Sina Sadeqi / Unsplash

A RSA (Road Safety Authority) é o órgão responsável pela segurança do tráfego na Irlanda. E você sabia que existem cursos gratuitos para pedalar com segurança no país?

O Cycle Right é um programa nacional para ciclistas na Irlanda. Ele promove habilidades e ensina as regras sobre direitos e deveres para quem pedala. São três estágios em um total de 14 horas de treinamento. Clique aqui para saber mais informações.

A RSA também desenvolveu uma lista de dicas para pedalar com segurança na Irlanda.

São elas:

  • Nunca pedale no escuro sem iluminação adequada (luz branca na frente e vermelha atrás)
  • Use roupas luminosas, como coletes de alta visibilidade, braçadeiras fluorescentes e cintos reflexivos para que outros usuários da estrada possam vê-lo
  • Use um capacete
  • Mantenha-se à esquerda sempre
  • Sempre olhe para trás e dê o sinal adequado antes de se mover, mudar de faixa ou fazer uma curva
  • Siga as regras da estrada, nunca passe semáforos nem entre ou saia do trânsito de forma imprevisível
  • Faça a manutenção de sua bicicleta adequadamente — em particular, seus freios devem funcionar corretamente e seus pneus devem estar cheios com a pressão certa e em boas condições
  • Respeite os outros usuários da estrada
  • Pare nas faixas de pedestres
  • Não pedale na calçada
  • Cuidado com a velocidade, especialmente ao andar de bicicleta em ruas movimentadas e descendo ladeiras
  • Fique bem longe de caminhões

Quer mais? O Cycling Ireland fez um guia completíssimo sobre pedalar na Irlanda. O documento (em pdf) pode ser encontrado aqui. São dicas, informações e regras para uma melhor performance em ruas e ciclovias irlandesas.

Outro site ótimo para ficar por dentro de eventos entre os ciclistas na Irlanda é o Cyclist.ie. Ele informa novidades sobre o assunto no país e aceita novos membros.

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar