Como escolher a empresa para enviar dinheiro do Brasil para o exterior

Como escolher a empresa para enviar dinheiro do Brasil para o exterior

Rubinho Vitti

9 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Um dos grandes desafios para quem precisa transferir valores em dinheiro do Brasil para o exterior é a maneira como isso pode ser feito. Muitos optam pela forma mais fácil, ou seja, utilizando um aplicativo de celular.

Mas, recentemente, um problema fez com que um dos apps mais populares de transferência, o Transferwise, parasse de fazer remessas do Brasil para o resto do mundo. A conhecida empresa de envio de moeda, que inovou o mercado, acabou por suspender as transações por causa de um desacordo comercial com o banco que realmente fazia essa operação por trás do nome da “startup”.

Isso deixou uma série de clientes órfãos do serviço e, agora, é hora de muitos deles escolherem uma outra opção para enviar suas remessas do Brasil para outros lugares do mundo, inclusive para a Irlanda. Mas como confiar em um serviço de transferência?

O E-Dublin listou nove itens sobre o que é importante na hora de escolher um fornecedor de remessas. Isso pode ajudar você a decidir contratar uma empresa para enviar dinheiro do Brasil para o exterior sem temer “ficar na mão”. Vamos lá?

Quais são as empresas que você contrata?

A escolha da empresa será crucial para uma boa experiência ao enviar uma remessa internacional. Foto: VectorMine | Dreamstime.com

Você sabe quem está realmente por trás da sua operação de envio de dinheiro para o exterior? É uma empresa autorizada pelo Banco Central do Brasil?

Antes de contratar um serviço tão importante como o de um fornecedor de remessas, é preciso saber com quem você deixa o seu dinheiro.

Por isso, pesquise no site da empresa ou pergunte você mesmo nas centrais de comunicação quem são, de fato, as instituições que fazem as transferências.

Quando tiver os nomes dessas companhias, faça uma pesquisa no site do Banco Central para ver se elas são realmente autorizadas para funcionar no Brasil.

Caso você não encontre essa informação, desconfie. Há muitos riscos envolvendo uma transação bancária por uma empresa que não tem aval do Banco Central para funcionar.

Você poderá ter problemas como cair em um golpe ou seu dinheiro nunca chegar ao destino final ou, mesmo, obstáculos com a Receita Federal por remessa ilegal de divisas. Esses problemas também são comuns quando quem quer enviar remessa do Brasil para o exterior opta por amigos, pessoas desconhecidas ou, até, modelos baseados em criptomoedas.

Qual a experiência de câmbio da empresa escolhida?

Outras perguntas que você deve ter em mente ao escolher uma empresa para envio de remessas são: mas será que ela tem experiência em câmbio, realiza outras modalidades de serviços nessa área ou faz apenas remessas?

A resposta negativa para todas elas mostra que é preciso desconfiar. Grandes empresas de câmbio têm mais estabilidade de serviço, menor risco e normalmente maior agilidade. Isso porque elas têm experiência.

Afinal de contas, uma empresa que já trabalha há anos na realização de diversos tipos de operação de câmbio, ou seja, que apresenta um grande volume em câmbio comercial, é, com certeza, uma empresa mais segura para confiar o seu dinheiro em uma transação.

A empresa escolhida precisa ser estruturada e com mais modalidades de serviços, muito além de remessas para o exterior. Assim, quando enfrenta um desacordo comercial — como foi o caso da Transferwise — ela tem mais alternativas para, com facilidade, fazer transações por outros meios devido à sua infraestrutura.

Fique de olho no atendimento ao cliente

Uma empresa que já trabalha há anos é mais segura para confiar o seu dinheiro em uma transação. Foto: VectorMine | Dreamstime.com

O que acontece quando alguém enfrenta um problema em uma empresa? É preciso entrar em contato com o temido suporte ao cliente. Imagina se algo não sai como o planejado e esse atendimento é ruim ou simplesmente não existe?

Em outras palavras, é preciso saber que existe um ser humano do outro lado da linha que vai ajudar a resolver o seu problema. E se o telefone não funcionar? Em que porta você vai bater para ser atendido? Essa empresa é virtual ou tem lojas físicas no Brasil? Pontue todas essas questões antes de fechar negócio!

Qual será o caminho do seu dinheiro no exterior?

Já falamos que é importante a empresa ter uma boa parceria no Brasil, mas e no exterior? A importância é a mesma. Muitas vezes, o fornecedor principal em terras internacionais não é conhecido do usuário. Afinal, não é todo mundo que faz transações de dinheiro para o exterior sem o intermédio de uma corretora de câmbio.

Por isso, é importante pesquisar como será o destino da transferência e como ele chegará até o seu respectivo objetivo. Mesmo uma marca forte no Brasil pode não ter uma boa parceria na outra ponta, ou seja, no destino.

Ao descobrir o nome da empresa parceira no exterior, pesquise onde fica sua sede, em quantos países ela atua e os contatos.

Como são os custos e taxas envolvidos com a operação para enviar dinheiro do Brasil para o exterior?

Pesquise como as empresas funcionam quando o assunto é dinheiro do Brasil para o exterior. Foto: VectorMine | Dreamstime.com

Esse é um dos pontos mais importantes da operação. Você já deve conhecer o imposto sobre transferências internacionais de moeda. Mas não custa lembrar:

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é um imposto federal. Se você comprar ou vender moeda estrangeira, a alíquota é 1,1% do valor total.

Vale dizer que moedas diferentes têm cotações e regulamentações diferentes. Por isso, o preço praticado será diferente na maioria dos casos.

Imposto de Renda: lembre-se sempre dele

Outra questão importante para se pesquisar sobre a empresa contratada para fazer remessas de moeda é a relação dela com a Receita Federal. Será que a empresa está em dia com os impostos? Se a resposta for não, caia fora.

Empresas que atuam no mercado cinza — ou seja, embora legais, podem não ser oficiais ou autorizados — costumam ter problemas com o fisco. E imagina se seu dinheiro vai parar na mão deles? Você também poderá ter problemas!

Por isso, é sempre importante pesquisar o CNPJ e saber a situação legal da empresa junto à Receita Federal. Se ao buscar aparecer “nada consta”, perfeito. Você está no caminho certo.

Outra questão é o auxílio sobre aspectos envolvendo a Receita Federal. Descubra se a empresa dará suporte para que você faça as suas declarações do Imposto de Renda se houver necessidade.

Procedimento de envio de documentos para mandar dinheiro do Brasil para o exterior

Conheça a situação fiscal da empresa com a qual você vai fazer o negócio. Foto: VectorMine | Dreamstime.com

Toda e qualquer transação internacional de moedas requer a apresentação de alguns documentos, seja para comprar moeda estrangeira em uma casa de câmbio, seja para fazer uma transferência online por meio de um aplicativo.

Muitas vezes, o processo é simples e isso não significa descumprimento das exigências regulatórias do Banco Central. Mas algumas empresas são mais burocráticas nesse processo e podem levar muitos dias para aprovação de um cadastro.

Em outros casos, ao querer agilizar demais, descumprem a legislação. Por isso, é preciso encontrar um meio-termo.

O importante é escolher uma empresa que faça a solicitação de forma simples — online, por exemplo — e aprove com segurança os seus dados, dentro da lei e sem burocracia.

Geralmente, as informações e os documentos necessários são:

  • nome completo;
  • data de nascimento;
  • telefone;
  • RG ou número do passaporte;
  • dados bancários — atenção: para a Europa, será necessário o IBAN da conta;
  • caso o destinatário do seu envio esteja no Brasil, você vai precisar informar o número do CPF da pessoa;
  • e-mail.

Qual o tempo da operação para enviar dinheiro do Brasil para o exterior?

Se você estiver no Brasil e quiser enviar uma remessa para a Irlanda, quanto tempo isso vai durar? Essa é a principal pergunta que um cliente faz a uma empresa de transferência de valores na hora de fechar negócio.

Claro que não será de uma hora para outra. Se for, desconfie! Também não é preciso demorar uma eternidade. As empresas de remessa costumam demorar poucos dias para enviar dinheiro entre países.

Assim como a aprovação de documentos, é preciso encontrar um meio-termo.

Saiba se a empresa que você pesquisa está associada à Abracam. Foto: VectorMine | Dreamstime.com

A empresa escolhida faz parte de uma associação?

Você sabe o que é a Abracam? A Associação Brasileira de Câmbio é a maior entidade representativa das corretoras de câmbio do Brasil. Se a empresa que você procura é uma associada, pronto, já passou por um importante filtro para saber se ela é idônea.

Saiba se a empresa que você pesquisa está associada à Abracam. Isso é uma segurança a mais, já que a instituição busca ter apenas empresas de qualidade em seu rol de associados.

Que tal escolher o EasyWay Remessas?

Agora você já sabe como escolher bem uma empresa de remessa de moeda para o exterior! Por isso, coloque o app EasyWay Remessas na sua lista. Com o aplicativo, é possível você fazer todas as suas transações 100% pelo telefone.

A Easyway opera com a B&T, a maior corretora de câmbio do Brasil, nas operações de câmbio comercial. No exterior, a parceria é com a MoneyGram International, uma empresa americana super segura de transferência de dinheiro, com sede nos Estados Unidos.

Para utilizar o EasyWay Remessas é simples, basta baixar o aplicativo e fazer um cadastro que é aprovado em até duas horas. Pronto, agora é só transferir.

As transações realizadas dentro do horário bancário são liquidadas no mesmo dia. Caso contrário, no próximo dia útil.

Além do app EasyWay Remessas, você pode escolher fechar negócio pessoalmente se preferir. São 25 lojas próprias com a marca Europa Câmbio e mais de cem lojas de correspondentes cambiais espalhados pelo Brasil.

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar