Entregador brasileiro acusado de assassinato é inocentado por júri na Irlanda

Entregador brasileiro acusado de assassinato é inocentado por júri na Irlanda

Rubinho Vitti

2 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O entregador brasileiro George Gonzaga Bento, de 36 anos, foi considerado inocente por unanimidade após julgamento que o acusava de homicídio do jovem irlandês Josh Dunne, de 16 anos, na East Wall Road, em Dublin, no ano passado.

Ele também foi inocentado por carregar uma faca e de outras agressões a terceiros (relembre o caso logo abaixo).

De acordo com reportagem da RTÉ, apesar da promotoria tentar acusar o brasileiro como culpado pelo resultado da briga ocorrida em janeiro de 2021, o júri considerou o ato como legítima defesa.

Bento não possui histórico com a Justiça, nem no Brasil e nem na Irlanda, e disse ao corpo de jurados que reagiu às ameaças que ele e seus amigos sofreram do grupo de adolescentes e de um motociclista que tentava roubar a bicicleta de um dos entregadores.

“A defesa disse que o uso da faca se justificava devido ao nível de agressão e ao sério risco de ferimentos ou mesmo de morte que a agressão representava para o senhor Gonzaga Bento e seu amigo”, diz a matéria.

O julgamento começou na última sexta-feira e os veredictos do júri foram entregues após pouco mais de oito horas de deliberação.

Bento deve ser liberado da custódia em breve.

Relembre o caso

O caso aconteceu quinta-feira, 28 de janeiro, por volta das 21h, no bairro East Wall, em Dublin. Segundo a família de Bento informou ao edublin na época, os entregadores brasileiros foram atacados por um grupo de jovens e o acusado agiu em legítima defesa.

“Precisamos de ajuda, pois o que tem sido apresentado na mídia irlandesa, até o momento, só cobre uma parte dos fatos”, disse a companheira do brasileiro, que preferiu não se identificar, afirmando que o casal se mudou para estudar inglês e trabalhar.

“O incidente começou quando meu esposo e um colega tentaram impedir o roubo de uma bicicleta que pertencia a um (outro) colega. De repente, em torno de dez adolescentes, que não tinham nada a ver com a história, apareceram e começaram a bater no meu esposo e em seu colega. As agressões foram tão sérias e covardes que mesmo quando o colega estava caído os chutes e pontapés não pararam. Eles estavam encurralados, sendo agredidos e tentando se defender”, disse ela.

George acabou acertando Josh Dunne,  na época estava com 16 anos, com uma faca. Ele acabou sendo levado ao Mater Hospital, em Dublin, mas acabou morrendo.

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar