Golpistas seguem vendendo horários de agendamento de visto na Irlanda

Golpistas seguem vendendo horários de agendamento de visto na Irlanda

Rubinho Vitti

3 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Parece que a novela nunca vai acabar. Imigrantes que precisam desesperadamente fazer um agendamento para emissão de vistos na Irlanda ainda têm encontrado dificuldade de agendar uma visita ao Irish Naturalisation and Immigration Service (INIS).

Apesar do agendamento ser gratuito, com a falta de vagas, eles acabam pagando para oportunistas, que vendem, ilegalmente, horários agendados por meio de robôs.

Com as permissões de imigração automáticas chegando ao fim em 20 de setembro, haverá um aumento na procura por atendimentos presenciais e, consequentemente, a ação dos golpistas vai se intensificar, afetando, principalmente, quem precisa tirar o visto pela primeira vez.

Vamos explicar essa situação!

Como funciona o esquema?

Imigrantes acabam pagando a golpistas para conseguir agendamento de visto mais rápido na Irlanda. Foto: Towfiqu barbhuiya / Unsplash

Os golpistas conseguem ocupar os horários vagos na agenda do INIS por meio de “bots” (ou web robots), softwares que simulam ações humanas na internet. Isso facilita o agendamento de forma muito mais rápida de quem tenta manualmente.

Assim, eles vendem pela internet um serviço que na Irlanda é gratuito, prometendo ao imigrante um agendamento rápido e sem espera.

Leia também: Irlanda lança novo site de imigração com informações centralizadas sobre visto

Esquema foi denunciado há três anos e o governo prometeu solucionar o problema

O edublin noticiou há três anos o esquema, que foi destaque na imprensa irlandesa naquela época, destacando como agem essas pessoas por meio de páginas em redes sociais, além de colher depoimentos de quem já caiu nesse golpe por puro desespero em conseguir uma vaga no atendimento na imigração.

Naquela época, o Departamento de Justiça prometeu um sistema mais eficaz, que entraria em funcionamento em 2019. Estamos em 2021 e, aparentemente, nada mudou.

Governo confirma que golpistas seguem atuando

O agendamento para um horário no INIS é gratuito. Governo irlandês prometeu melhorar o sistema. Foto: Divulgação

Segundo destacou nesta semana o jornal The Independent Ireland, o governo irlandês admitiu que agentes não regulamentados e terceiros continuam a fornecer serviços de agendamento de horários em troca de pagamento.

O Immigrant Council of Ireland (Conselho de Imigrantes da Irlanda) afirmou que tem levantado a questão com o Departamento de Justiça repetidamente nos últimos anos e continuará até que o assunto seja resolvido.

“Simpatizamos com a frustração e ansiedade que esta situação causa a tantos migrantes”, publicou o conselho em sua página no Facebook.

Segundo o Departamento de Justiça informou ao The Independent, um novo sistema de nomeação e agendamento irá “agilizar e melhorar ainda mais o processo de registo” e deverá entrar em vigor “no próximo mês ou depois”.

Vamos aguardar!

Veja também

Ter cidadania europeia resolverá todos os seus problemas?

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar