Como fazer High School nos EUA?

Como fazer High School nos EUA?

Wéverton Rodrigues

1 semana atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Apesar de ser realidade de uma pequena parcela da população brasileira, fazer High School nos EUA é, com toda certeza, um investimento muito válido na vida de um adolescente.

A qualidade de ensino é apenas um dos motivos que justificam isso. Conhecer uma nova cultura, praticar diariamente o inglês com nativos, iniciar um novo idioma, estabelecer vínculos com diferentes etnias e conquistar oportunidades acadêmicas são algumas outras razões que atestam a escolha.

Que tal entendermos como fazer um High School nos EUA com segurança e planejamento?

Neste artigo, você vai saber como se programar para se matricular em uma escola e estudar o Ensino Médio nos Estados Unidos!

Vamos lá?

Por que fazer High School nos EUA?

High School nos EUA: experiência para toda a vida. Foto: Lagos Techie / Unsplash

Viver no exterior sendo tão jovem permitirá que o futuro profissional adquira uma visão de mundo que fará toda a diferença dali para frente. A frustração profissional é, inclusive, a causa da infelicidade de muitas pessoas por aí.

Conviver com cobranças é algo normal e entender como lidar com cada uma delas é mais importante ainda. Por isso, adquirir responsabilidade nesse momento da vida será algo de vital importância para o jovem…

Nesse sentido, nada como escolher um país que, muito além dos medos e das ansiedades, proporcionará descobertas e aprendizados que vão acompanhar o estudante pelo resto da vida.

Leia também: Como fazer High School no Canadá?

Quais os pré-requisitos para fazer High School nos EUA?

Photo by Sam Balye on Unsplash

Existem vários pré-requisitos que devem ser cumpridos antes de embarcar para fazer High School nos EUA. Selecionamos alguns básicos.

Confira

  • Ter de 14 a 19 anos.
  • Nível de inglês (intermediário).
  • Boa média de notas.
  • Não ter curso – ou estar cursando – o ensino médio.
  • Entrevista.
  • Visto de estudo.

Há, ainda, alguns outros aspectos que são bastante relevantes ao longo dessa experiência social no exterior. Cumprir adequadamente os horários da família onde se está hospedado, por exemplo, é uma delas.

Outra é participar das tarefas domésticas e do dia a dia da família. Ter em mente que as diferenças culturais e étnicas fazem parte da vida e devem ser respeitadas é outra responsabilidade do estudante.

Portanto, tudo isso precisa ser levado bem a sério.

Leia também: Com quantos anos pode fazer um intercâmbio?

Tipos de acomodação mais comuns no High School nos EUA

Cuidado, podemos sim ser enganados.© Monkey Business Images| Dreamstime.com

Principais tipos de acomodação durante High School nos EUA são as casas de família. Foto: Monkey Business Images| Dreamstime.com

Assim como em qualquer tipo de intercâmbio, a acomodação pode ser um diferencial durante sua estadia no país escolhido. No caso do High School nos EUA, geralmente, o estudante fica hospedado em programas de casas de família. As residências estudantis são outra opção.

Confira

Casa de Família (homestay)

As casas de família são um dos tipos de acomodação mais comuns quando se vai cursar o ensino médio nos Estados Unidos. Conviver com a família local é, certamente, uma experiência muito enriquecedora do high school.

Como são menores de idade, os estudantes precisam se associar a uma dessas famílias que apresentam acordo com a organização responsável pelo intercâmbio. Sendo assim, eles terão garantia de segurança durante o tempo necessário.

O estudante precisa estar ciente das regras da casa da família onde vai se hospedar. Todos os dados sobre a hospedagem são encaminhados ao aluno semanas antes da viagem.

Para isso, é necessário que ele preencha alguns documentos para fornecer dados pessoais, além de várias outras informações importantes para a família que vai recebê-lo.

Residência Estudantil (boarding schools)

Outra opção bastante comum é a residência estudantil. Aqui, você tem contato com outros estudantes. Um dos aspectos mais interessantes é que você tem mais liberdade para planejar a sua rotina.

Os quartos podem ser individuais, mas geralmente são coletivos.

Também chamada de boarding schools, essa opção promoverá ao aluno uma espécie de imersão cultural mais propriamente dita, uma vez que ele terá contato com os outros estudantes o tempo todo.

Leia também: Como fazer intercâmbio: guia básico para realizar esse sonho

Quanto custa um High School nos EUA?

Photo by Annie Spratt on Unsplash

Falar do custo de um High School nos EUA depende de alguns fatores, em especial, da empresa que vai oferecer o serviço. Outros fatores que naturalmente influenciam o preço é o tipo de intercâmbio escolhido, ou seja, o programa.

Por outro lado, é possível falar de estimativas. Dessa forma, você conseguirá ter uma ideia do planejamento que precisará fazer.

De acordo com a Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Culturais (Belta), para realizar um high school nos EUA, uma pessoa deve gastar entre US$ 10 mil e US$ 14 mil, o que corresponde a um semestre.

No valor, está incluída a hospedagem (que pode ser em casa de família ou em residência estudantil), além de seguro-saúde, suporte ao estudante, etc.

Coisas como passagens aéreas, almoços, higiene e vestimenta, material escolar em geral são de responsabilidade dos pais do aluno.

Além disso, o recomendado é que haja um depósito mensal que pode servir para outras necessidades do adolescente. Estima-se que o valor deva ficar entre US$ 100 e US$ 300.

Por mais que você possa imaginar que seja um valor alto, é importante pensar que algo assim é gasto no Brasil, mas não com a mesma qualidade, tendo em vista o que as escolas particulares cobram pelo ensino.

Nesse sentido, o investimento, que conta com toda a qualidade do ensino norte-americano, além de todo o intercâmbio cultural, valerá cada centavo do investimento feito.

Leia também: Custo de vida em Miami, a cidade mais latina dos EUA

Estrutura do ensino médio estadunidense

High School nos EUA dura quatro anos. Foto: Helena Lopes / Unsplash

Diferentemente do Brasil, onde a duração total é de 3 anos, o ensino médio nos Estados Unidos dura 4 anos.

Sendo assim, o ensino médio lá conta com uma flexibilidade maior, incluindo disciplinas obrigatórias e optativas, algumas das quais podem ser vistas a seguir:

  • Biologia
  • Física
  • Química
  • História
  • Computação
  • Artes
  • Mandarim
  • Dança
  • Literatura
  • Futebol americano
  • Rugby
  • Lacrosse
  • Basquete
  • Natação, etc.

O 9º ano, que aqui no Brasil é parte do ensino fundamental, nos Estados Unidos já é ensino médio:

  • 9th grade: no 1° ano do EM, os alunos são chamados de freshman;
  • 10th grade: no 2º ano do EM, os alunos são chamados de sophomore;
  • 11th grade: no 3º ano do EM, os alunos são chamados de junior;
  • 12th grade: no 4º ano do EM, os alunos são chamados de senior.

Como estamos acostumados, o ensino médio brasileiro inicia-se no começo do ano, geralmente em janeiro. Nos EUA, porém, o High School costuma ter início na metade do mês de agosto ou, até mesmo, na primeira semana de setembro.

Validação do diploma

É possível conquistar diploma duplo ao fazer High School nos EUA. Foto: Lewis Keegan – Skillscouter.com/ Unsplash

E em relação à validação do diploma no exterior, você sabe como funciona? É possível aproveitar algumas das disciplinas já cursadas no Brasil para conquistar um diploma de High School nos EUA.

Para isso, há alguns requisitos feitos pelo MEC (Ministério da Educação) que precisam ser seguidos pelo estudante. Portanto, é preciso ficar bem atento.

O mais comum é que, para conquistar o duplo diploma, seja obrigatória a inclusão mínima das seguintes matérias:

  • Ciências Exatas;
  • Ciências Físicas e Biológicas;
  • Ciências Sociais;
  • Idioma;
  • Educação Física.

Agências para fazer o High School nos EUA

Agências de intercâmbio podem auxiliar na hora de fechar pacote para fazer High School nos EUA. Foto: Scott Webb / Unsplash

Eu separei abaixo algumas das principais agências de intercâmbio com as quais é possível realizar o high school nos EUA. Confira!

  • Experimento Intercâmbio
  • S7 Intercâmbio
  • CI Intercâmbios
  • IE Intercâmbios
  • BEX (Brazilian Exchange)

Experimento Intercâmbio

Uma das ótimas empresas que realizam o High School nos EUA é a agência Experimento Intercâmbio.

A experiente agência venceu, por 5 anos seguidos, o prêmio de melhor agência da América Latina da Study Travel Network. Seus 3 tipos de programas são: J1, private day school (F1) e private boarding schools.

A primeira opção é referente à experiência em escola pública, mesmo que não se possa optar em qual escola estudar, podendo ser em qualquer um dos estados americanos.

A diferença entre o modelo F1 e a private boarding schools é que, enquanto, na primeira, você reside em casa de família, na segunda, sua moradia é na própria escola.

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com a Experimento Intercâmbio Cultural diretamente no site experimento.com.br.

S7 Intercâmbio

Outra ótima opção de agência para realizar o ensino médio nos Estados Unidos é a S7 Intercâmbio. A empresa tem dois programas de High School: o F-1 e o J-1.

Apesar de ambos serem em escolas públicas americanas, o F-1 é um pouco mais flexível, permitindo escolher o local onde se quer estudar. Também oferece aulas de reforço de inglês e permite a participação de alunos a partir de 14 anos.

No J-1, você terá um programa mais restrito, em que não escolhe o lugar onde realizará o ensino médio e não há garantia de haver esportes, por exemplo.

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com a S7 Intercâmbio diretamente no site s7intercambio.com.br.

CI Intercâmbios

Outra agência que oferece serviços voltados para o High School nos EUA é a CI, que apresenta disponibilidade para três tipos de programas.

O primeiro conta com a possibilidade de escolha do país, o segundo conta com escolha de cidade e/ou região e o terceiro conta com a possibilidade de escolha da instituição de ensino.

A empresa, que tem mais de 30 anos de mercado e mais de 100 lojas espalhadas pelo Brasil, é uma das mais confiáveis quando o assunto é intercâmbio.

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com a CI Intercâmbio diretamente no site ci.com.br.

IE Intercâmbios

A IE Intercâmbios é mais uma que conta com o serviço de High School nos EUA. A empresa conta com 50 lojas no Brasil e mais de 20 anos de experiência. A certificação Selo BELTA comprova a qualidade de seus serviços.

Ao todo, são três tipos de programas para ensino médio nos Estados Unidos: com a possibilidade de escolha do país, escolha de cidade e/ou região e com a escolha da instituição de ensino.

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com IE Intercâmbios diretamente no site ie.com.br.

EF Brasil (Education First)

A empresa que tem origem sueca e que foi fundada em 1965 é mais uma das ótimas opções para quem deseja realizar o ensino médio nos Estados Unidos. Ao todo, são 612 lojas, em 114 países, das quais 22 estão no Brasil.

Os Estados Unidos são o principal destino de intercâmbios e, claro, de High School. Portanto, não deixe de conferir os detalhes dos valores oferecidos pela agência para organizar a sua viagem.

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com a EF Brasil diretamente no site ef.com.br.

BEX (Brazilian Exchange)

Criada em 1992, a BEX é a próxima opção de agência que oferece programas de High School nos EUA.

Já são, pelo menos, 30 anos de experiência no mercado. A certificação com o Selo BELTA comprova a qualidade dos serviços prestados pela empresa de intercâmbio.

Diferenciais da BEX (constam no site oficial)

  • Atendimento personalizado: a BEX conta com uma equipe de consultores que viveram a experiência do intercâmbio e, por isso, podem dar um atendimento personalizado, entendendo o lado do intercambista e orientando da melhor forma.
  • Treinamento intercultural: como parte das reuniões de orientação pré-embarque, a BEX oferece o “Treinamento Intercultural” (técnica da psicologia intercultural para os intercambistas e pais), visando a uma melhor adaptação ao país de destino.

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com a BEX (Brazilian Exchange) diretamente no site bex.com.br.

Travelmate

Por fim, eu indico a Travelmate, fundada em 2002 e que também oferece o programa de high school nos EUA.

As modalidades, basicamente, são o HPA (High School Público Americano), no qual você pode escolher o HPA sem escolha de cidade, com escolha de cidade e estado e, por fim, com escolha de escola.

Diferenciais da Travel Mate (constam no site oficial)

  • Seguro-saúde por todo o período.
  • Workshops pré-embarque.
  • Assistência Travelmate e do parceiro no exterior.
  • Suporte de Coordenador Local.
  • Suporte de Psicóloga antes e durante o programa.
  • Suporte para legalização de documentos escolares.
  • Para estudantes do HPA (pacote com uma viagem para o Encontro Internacional dos Estudantes).

Confira a disponibilidade de high school nos EUA com a Travelmate diretamente no site TravelMate.com.br.

Vale a pena fazer High School nos EUA?

Neste artigo, eu busquei mostrar resumidamente por que fazer um High School nos EUA é uma experiência que realmente vale muito a pena.

Além da qualidade e credibilidade de ensino, ter uma experiência como essa ajudará o aluno na formação humana e social, além de levá-lo ao incentivo de prática de esportes, estudar outras línguas, buscar outros intercâmbios culturais.

Viver em um autêntico ambiente de High School nos EUA é uma das coisas que muitos jovens brasileiros gostariam de vivenciar. Portanto, não deixe de considerar isso para os seus filhos. Com certeza, eles voltarão outra pessoa de lá.

Solicite seu orçamento de intercâmbio com os parceiros do E-Dublin!

Veja também

Tipos de vistos para Portugal: Turismo, trabalho, estudos

Wéverton Rodrigues,

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar