Imposto de renda na Irlanda: como é o processo de taxas do Revenue

Imposto de renda na Irlanda: como é o processo de taxas do Revenue

Rubinho Vitti

4 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Se você trabalha na Irlanda, já deve ter ouvido falar de uma palavra chatinha que acompanha os trabalhadores, principalmente no fim do ano. O “Revenue” é o imposto de renda na Irlanda e deve ser preenchido e solicitado no começo de cada ano.

Ou seja, já está na hora de fazer a solicitação!

Muita gente fica preocupada por não saber se cumpriu o processo corretamente, já que o imposto pode ser devido ou pago — e um detalhe pode fazer toda a diferença no fim das contas.

Por isso, conversamos com Felipe Távora (@lipetavora), que trabalha como Consultor de Taxas do Revenue, para explicar melhor o passo a passo do processo para o cálculo do imposto de renda na Irlanda.

Como solicitar o cálculo do imposto de renda na Irlanda?

O imposto de renda na Irlanda deve ser declarado no começo do ano por meio da plataforma online do Revenue. Foto de RODNAE Productions no Pexels

Segundo Távora, o processo pode ser simples, mas, ao mesmo tempo, não ser. Isso tudo depende muito do tipo de caso de cada pessoa e de como será feita a declaração do imposto de renda na Irlanda.

Antes de mais nada, o trabalhador precisa estar cadastrado no sistema “myAccount”, no site do Revenue:

  • entre no site do Revenue;
  • clique em “myAccount”;
  • você precisará do número do seu PPS, data de nascimento e senha;
  • se ainda não tiver cadastro, clique em “Register Now” e preencha os dados solicitados;
  • já cadastrado, faça o login em “myAccount”;
  • clique em “Review Your Tax”;
  • procure pelo “Statement of Liability” do último ano (no caso 2021);
  • clique em “Request”;
  • clique em “Complete Your Income Tax Return”.

Basicamente, o processo acontece em seis passos

  1. Preenchimento de dados pessoais necessários para a solicitação como nome completo, estado civil, data de nascimento, endereço e dados bancários.
  2. Preenchimento de possíveis rendas extras que a pessoa possa ter (como investimentos, ganhos com trabalhos extras, etc).
  3. Preenchimento de todos os gastos extras que a pessoa possa ter para inserir, como o fato de ser casado, ter filhos, ter gastos de educação, saúde, home office, etc.
  4. Assim que preenchido, eles (Revenue) vão enviar um e-mail de confirmação.
  5. Dentro de 5 dias úteis, o Revenue informará o resultado da solicitação (aprovado ou não).
  6. Por fim, depois de 3 dias úteis, caso aceitem a solicitação e todos os documentos forem aprovados, o valor ressarcido é depositado na sua conta ou é informado o valor devido.

O processo do imposto de renda na Irlanda é aparentemente simples. Porém, se a pessoa deixar de colocar todas as informações necessárias, existe o risco muito grande de perder dinheiro — e mesmo uma quantia pequena pode fazer muita diferença, principalmente para as pessoas que vieram para a Europa em busca de recomeçar ou de uma qualidade de vida melhor.

Então, embora seja possível fazer tudo sozinho, o ideal é buscar ajuda para evitar o risco de perder dinheiro de alguma forma.

Como evitar perder dinheiro com o imposto de renda na Irlanda

É possível inserir dados no sistema do Revenue para reduzir a cobrança do imposto de renda na Irlanda. Foto de RODNAE Productions no Pexels

Felipe Távora (@lipetavora) trabalha como Consultor de Taxas do Revenue na Irlanda e ele pode ajudar você de duas formas diferentes:

  1. Curso “Desvendando o Revenue”: você aprende a fazer todo o processo corretamente sozinho, sem depender de ninguém.
  2. Consultoria: ele faz a consultoria gratuita com cobrança de porcentagem caso o cliente receba algum valor ou diminua a dívida (caso esteja devendo).

Távora já ajudou quase 1.000 pessoas a recuperarem seu próprio dinheiro passando por esse processo, totalizando mais de 300 mil euros ou 2 milhões de reais recuperados!

Se você mora ou conhece alguém que vive na Irlanda e tem interesse em saber mais sobre o assunto, pode mandar uma mensagem diretamente para ele pelo Instagram.

Leia também: Governo alerta para golpes em pessoas que recebem auxílio emergencial

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar