Intercâmbio: Canadá ou Irlanda? Entenda as diferenças entre os países

Intercâmbio: Canadá ou Irlanda? Entenda as diferenças entre os países

Karina Moura

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Onde fazer intercâmbio: Canadá ou Irlanda? Essa é a principal dúvida de muitos brasileiros! É o seu caso? Calma que nós vamos ajudar você!

Decidir o destino do intercâmbio é uma das tarefas mais difíceis quando se inicia o planejamento.

O intercâmbio no Canadá e na Irlanda é muito procurado pelos estudantes estrangeiros pela possibilidade de trabalhar e estudar, melhor custo-benefício e possibilidade de imigrar.

Se sua dúvida está entre fazer intercâmbio no Canadá ou na Irlanda, não se preocupe. Nós vamos trazer, neste artigo, as principais informações e orientar para que seu sonho de fazer intercâmbio seja possível.

Continue a leitura.

Motivos para fazer intercâmbio no Canadá ou Irlanda

A dúvida entre intercâmbio no Canadá e Irlanda é comum entre intercambistas brasileiros. Imagem: Reprodução

O Canadá é um dos países preferidos por intercambistas do mundo todo! O país oferece à população qualidade de ensino, segurança, infraestrutura, cultura, entretenimento e muitas belezas naturais.

A Irlanda, por sua vez, não fica para trás, oferecendo excelentes opções de cursos de idioma e universitários, permitindo ao intercambista trabalhar enquanto estuda, o que atrai estrangeiros de diversos países pela hospitalidade, baixo custo, qualidade de vida, belezas naturais, oportunidades de trabalho e localização privilegiada no continente europeu.

Interâmbio: Canadá ou Irlanda entre os mais procurados

A última pesquisa do Selo Belta, realizada anualmente pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (BELTA), em 2020, mostrou que estão entre os destinos mais procurados pelos intercambistas brasileiros o Canadá, seguido dos Estados Unidos e da Irlanda.

Intercâmbio: Canadá ou Irlanda? Principais diferenças

Moeda é uma das grandes diferenças ao fazer intercâmbio no Canadá ou Irlanda. No país europeu, o Euro tem a cotação bem acima do dólar canadense. Foto: Markus Spiske / Unsplash

Em uma perspectiva global, o intercâmbio no Canadá e na Irlanda têm muitas similaridades. Ambos os países apresentam facilidade em termos de visto, com programas para vários níveis de escolaridade e sistemas de ensino educacional excelentes! Além disso, os dois locais são seguros, multiculturais e com espírito acolhedor da população.

Porém, existem alguns pontos que vão ajudar você a nortear a sua decisão, como clima, orçamento, tipos de programas, turismo, processo de visto, custo de vida e, até mesmo, a quantidade de brasileiros!

O primeiro passo do planejamento é definir o objetivo, e muitos brasileiros não conseguem sair daí! É muito importante ter bem claros os motivos que vão fazer você escolher um país ou outro.

Leve em consideração todos esses pontos para definir o seu destino ideal. Quando finalizar essa etapa, fica mais fácil saber qual é a sua intenção para o intercâmbio e chega o momento de escolher para onde você vai.

A seguir, listamos abaixo alguns pontos para ajudar a escolher o intercâmbio no Canadá ou na Irlanda, ou seja, aquele mais indicado para o que você quer e precisa!

Leia também: Intercâmbio no Canadá: guia completo de planejamento (2022)

Intercâmbio no Canadá: principais pontos

Ao contrário da pequena ilha da Irlanda, com cerca de 6 milhões de habitantes, Canadá tem população que chega a quase 40 milhões. Foto: Ryan / Unsplash

O Canadá é um país multicultural, tolerante e recebe muito bem os imigrantes. Com 38 milhões de habitantes, tem o melhor índice de qualidade de vida do mundo e foi colonizado por franceses e britânicos. Por isso, o país é bilíngue. Essa já é uma grande diferença no intercâmbio entre Canadá e Irlanda.

A capital do Canadá é Ottawa. O país é o segundo maior do mundo (atrás apenas da Rússia) e tem dez províncias: Alberta, Columbia Britânica, Manitoba, New Brunswick, Terra Nova e Labrador, Nova Escócia, Ontário, Ilha do Príncipe Eduardo, Quebec e Saskatchewan. Além de três territórios: Yukon, Territórios do Noroeste e Nunavut.

Cada uma das províncias conta com um certo grau de autonomia em relação ao governo federal, podendo criar leis e impostos próprios.

Orçamento

Antes de começar qualquer coisa, você precisa ter em mente quanto pode gastar. O preço de um intercâmbio para o Canadá pode variar de cidade para cidade. Além disso, diversos outros fatores como duração do programa, instituições de ensino e custo de vida influenciam.

O custo de vida para se manter no país durante o intercâmbio deve ser levado em consideração no seu planejamento, além de despesas extras como as passagens aéreas, acomodação/moradia, material didático, seguro-saúde, visto canadense e exames de proficiência.

As principais cidades para se fazer intercâmbio no Canadá são Calgary, Montreal, Quebec City, Toronto e Vancouver.

Aqui, vamos focar no valor médio de um curso de inglês. Importante destacar que o objetivo desse programa é exclusivamente para aqueles estudantes que desejam dedicar-se 100% para idioma (inglês ou francês), porque, diferentemente de outros país, nesse programa, o intercambista não pode trabalhar.

O orçamento pode pesar bastante para a definição do intercâmbio no Canadá ou na Irlanda, já que o euro é geralmente mais caro que o dólar canadense.

Curso de 24 semanas (6 meses)

  • Calgary
    R$ 18.851,09
  • Montreal
    R$ 11.541,48
  • Quebec City
    R$ 11.541,48
  • Toronto
    R$ 20.650,91
  • Vancouver
    R$ 14.069,48

Cotação C$ 1 – Dólar Canadense (junho 2021): R$ 4,01.

Leia também: Intercâmbio no Canadá de um mês vale a pena?

Leia também: Intercâmbio no Canadá de seis meses: vale a pena?

Clima no Canadá

Locais como Whistler podem ser bem frios e com muita neve, o que diferencia o intercâmbio no Canadá ou Irlanda. O país europeu, apesar de frio, não chega a temperaturas bruscas como -30 graus. Foto: Lance Anderson / Unsplash

O clima do Canadá é bem diversificado e todas as estações do ano são bem-definidas. As temperaturas mudam de acordo com a região e a estação, podendo variar de 35ºC, no verão, a – 30ºC, no inverno.

Tipos de programa

diversos cursos de intercâmbio no Canadá para você escolher. No geral, são programas intensivos, gerais, preparação acadêmica, proficiência do idioma, especializações profissionais e, até mesmo, universitários.

Para os intercambistas que desejam trabalhar e estudar, as regras são diferentes. Segundo o site do governo canadense, terão permissão de trabalho estudantes internacionais matriculados em cursos de nível profissionalizante que estejam autorizados a realizar atividades dentro ou fora do campus universitário.

Se esse for o seu objetivo, clique aqui e confira o artigo “Intercâmbio no Canadá com trabalho: saiba como planejar o seu”.

Custo de vida

O custo de vida pode variar de acordo com a cidade escolhida para viver. Toronto e Vancouver costumam ser as cidades mais caras. Em localidades como Quebec e Montreal, esse custo pode diminuir cerca de 20%, dependendo do seu estilo de vida.

Nesse sentido, é muito parecido o intercâmbio no Canadá e na Irlanda, já que a capital Dublin, do país europeu, também é bem mais cara que outras cidades.

Vale destacar que é preciso comprovar CAD$ 833 por mês de estadia, pois é o valor que o governo canadense considera o básico para se manter no país. Essa comprovação, geralmente, é feita por meio da apresentação de extratos bancários.

Veja, abaixo, alguns gastos do dia a dia de um estudante no Canadá:

  • Alimentação: CAD$ 250 a 500/mês.
  • Moradia: CAD$ 500 a 1.200/mês.
  • Transporte: CAD$ 100 a 150/mês.
  • Telefone: CAD$ 50 a 70/mês.
  • Entretenimento e lazer: CAD$ 200 a 400/mês.

Turismo

Independentemente do seu intercâmbio ser no Canadá ou Irlanda, a certeza é de que belos pontos turísticos estarão em ambos. Foto: Rich Martello / Unsplash

O Canadá tem belezas naturais incríveis, além de ficar muito próximo aos Estados Unidos. Em Toronto, por exemplo, uma das atrações turísticas mais conhecidas é o CN Tower, que tem 553 metros de edifício, o equivalente a 170 andares, e dá para ver a cidade inteira lá de cima.

Para quem gosta de natureza, a cidade dá acesso às Cataratas do Niágara, uma das maiores do mundo, além dos vários lagos cristalinos e florestas que valem a pena serem exploradas. Existem, ainda, outros pontos turísticos do Canadá que realmente são incríveis para você conhecer.

Processo de visto

O processo do visto canadense é obrigatório antes mesmo de você chegar ao país. Existem diversos tipos de visto para intercâmbio no Canadá, e cada um deles tem a suas particularidades e regras de elegibilidade.

Para os intercambistas que vão cursar um curso de idiomas (inglês ou francês), com duração igual ou inferior a 24 semanas, o Consulado do Canadá emitirá o visto de turista. Agora, para aqueles que pretendem ficar mais de 6 meses, o documento emitido será o visto de estudante.

Intercâmbio na Irlanda: principais pontos

Entre as diferenças de intercâmbio no Canadá ou Irlanda, estão os tipos de programa, com mais facilidade de trabalho no país europeu. Foto: Yana Kowalewicz / Unsplash

A Irlanda é conhecida pela fábrica da cerveja Guinness, o St. Patrick’s Day, os pubs e por ser o país da banda U2. Com população jovem e um povo que esbanja simpatia, a terra cheia de história e diversão tornou-se um dos destinos mais procurados pelos intercambistas brasileiros.

As cidades mais escolhidas pelos intercambistas são Dublin, Galway, Cork e Limerick. Porém, outras cidades têm, cada vez mais, ganhado a atenção dos estudantes. Apesar das enormes diferenças culturais, muitos brasileiros dizem que a adaptação no país foi bem tranquila.

Talvez seja pela cordialidade dos irlandeses, que são sempre alegres, receptivos e acolhedores. Um grande ponto positivo para colocar na sua escolha de intercâmbio entre Canadá e Irlanda.

Leia também: Intercâmbio na Irlanda: o guia definitivo (2022)

Orçamento

O valor do intercâmbio vai depender muito do tempo de duração, tipo de programa, cidade escolhida e cotação cambial. Mas não é só isso, pois outros gastos também precisam constar no orçamento, como acomodação, passagem aérea, seguro-viagem, visto e por aí vai!

Ainda assim, a Irlanda é um dos destinos mais escolhidos pelos brasileiros, justamente pelo preço acessível e com o menor custo-benefício. Mas como dissemos acima, isso pode afetar a decisão de intercâmbio no Canadá ou Irlanda, já que o euro anda bem carinho no Brasil, não chegando a menos de 6 euros desde junho de 2021.

O programa pelo qual normalmente os intercambistas optam é o de estudo e trabalho, que são 6 meses de aulas e 2 meses de férias.

Curso de 24 semanas (6 meses) 

  • Dublin
    R$ 17.575
  • Cork
    R$ 17.865
  • Galway
    R$ 19.147
  • Limerick
    R$ 22.700

Cotação €$ 1 – Euro (agosto 2021): R$ 6,39.

Clima

Apesar de a chuva predominar no clima da Irlanda, as estações são bem-definidas. Foto: Boarding1now | Dreamstime

A característica mais famosa do clima da Irlanda é a chuva. Isso acontece porque, mesmo com as estações do ano bem-definidas, o clima pode sofrer mudanças repentinas no decorrer das 24h. As temperaturas mudam de acordo com a região e a estação, podendo variar de 20ºC, no verão, a – 2ºC, no inverno.

Tipos de programa

O programa de intercâmbio mais procurado é o de inglês. Geralmente, ele dura entre um e seis meses e proporciona imersão na língua. Mas existem outros tipos de cursos como exames de proficiência no Idioma, para negócios, programas de estágio e cursos universitários.

Custo de vida

O custo de vida na Irlanda depende muito de cada cidade, do tipo de acomodação e da região onde você decidir morar para estudar. Dependendo do seu orçamento, esse tópico pode influenciar a escolha do local do seu intercâmbio. Vamos usar como referência Dublin, que é a cidade mais cara para se viver na Irlanda.

Veja, abaixo, alguns gastos do dia a dia de um estudante na Irlanda:

  • Aluguel em quarto compartilhado: €330.
  • Aluguel em quarto single: €600.
  • Energia elétrica: €25/mês.
  • Gás: €20/mês.
  • Internet: €11.
  • Supermercado: €100/mês.
  • Transporte: €100/mês.

Turismo

Temple Bar é um daqueles pubs que você tem que visitar em Dublin.© Gergo Kazsimer | Dreamstime.com

Seja o intercâmbio no Canadá, seja na Irlanda, muitos estudantes procuram diversão enquanto moram fora. Na ilha da Europa, os pubs são destaque na vida noturna, principalmente em Dublin. Foto: Gergo Kazsimer | Dreamstime.com

Muitos brasileiros escolhem a Irlanda para fazer intercâmbio pela facilidade de viajar pela Europa. Por causa da localização, você consegue facilmente fazer viagens rápidas nos finais de semana e conhecer outros países. Além disso, viajar dentro da Irlanda também é muito fácil!

Para quem não sabe, a Irlanda é considerada um dos países mais bonitos da Europa, com diversas atrações para se conhecer e muitas belezas naturais.

Já anote aí na sua lista para não deixar de visitar: os Cliffs of Moher, o Castelo de Cashel, as Ilhas de Aran, a Península de Dingle, e muito mais!

Em relação ao turismo, dá para ver que você terá belos lugares para conhecer, seja no intercâmbio no Canadá, seja na Irlanda.

Processo de visto

O processo de visto na Irlanda, normalmente, é feito quando o intercambista chega ao país – com a pandemia algumas regras mudaram.

Para cursos de idiomas, o visto de estudante só pode ser renovado por 3 ciclos. Para estudar em um período máximo de até 90 dias (três meses), o visto é o de turismo. Para aqueles que desejam trabalhar e estudar, o visto é o Stamp 2.

E então? Conseguiu decidir entre fazer intercâmbio no Canadá ou Irlanda? Espero que você tenha aberto sua mente com esse artigo. Boa sorte!

Intercâmbio no Canadá ou Irlanda: saiba como se planejar

Agora você já sabe que tanto o Canadá quanto a Irlanda são dois destinos ótimos para fazer intercâmbio. Mas qual seria o próximo passo?

Bom, estamos aqui para ajudar você.

Entre em contato diretamente com agências de intercâmbio que podem facilitar sua vida na hora de fechar o seu intercâmbio no Canadá. Faça seu cadastro no Intercâmbio Fácil do E-Dublin e encontre os melhores preços e oportunidades.

Veja também

Como preparar as malas para o Intercâmbio?

Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar