Intercâmbio de férias: entenda como funciona e os melhores destinos

Intercâmbio de férias: entenda como funciona e os melhores destinos

Ana Carolina Brunelli

5 meses atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Morar fora do Brasil é um dos seus maiores sonhos, mas você tem apenas um mês livre para viver essa experiência? Não se preocupe! É possível fazer um intercâmbio de férias, com duração de quatro semanas e, ainda assim, passar dias inesquecíveis em um novo país.

Para quem não sabe, um intercâmbio de férias funciona como um curso intensivo de idiomas, onde o estudante recebe uma enorme quantidade de conteúdo em apenas trinta dias. É claro que não dá para ganhar a tão desejada fluência em apenas um mês. Porém, é possível, sim, fazer uma imersão na língua nativa do país, mergulhar na cultura local e, ainda, voltar para casa com uma bagagem cheia de aprendizados.

Outra coisa importante para quem deseja fazer um intercâmbio de férias é saber que os cursos de idioma geralmente são vendidos por semana. Ou seja, é possível fazer uma, duas, três semanas ou, até, meses. Porém, quanto menos semanas você compra, melhor fica o preço.

Então, se você realmente tem apenas poucos dias para realizar um intercâmbio, não pense duas vezes e faça um intercâmbio de férias. Mesmo sendo um período curto, com toda certeza, valerá a pena, além de ser uma ótima alternativa de aperfeiçoar um idioma e de conseguir visitar lugares incríveis.

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Como funciona o intercâmbio de férias?

Período de férias pode ser usado para fazer intercâmbio em um período curto em outro país. Foto: Tron Le on Unsplash

Normalmente, o intercâmbio de férias é realizado em um mês, nas férias do trabalho ou da escola. No entanto, em geral, esse tipo de programa tem um horário bem puxado e a quantidade de aulas é maior que as de um intercâmbio de três ou seis meses. Ou seja, certamente, vai exigir bastante foco e determinação dos intercambistas.

Vantagens de um intercâmbio de férias

  1. Realizar um intercâmbio de férias, com duração de um mês, pode ser mais barato do que você imagina. Afinal, além de gastar menos com moradia, alimentação, lazer, etc., do que provavelmente gastaria em um intercâmbio de meses, ainda há países, como Malta, que não exigem visto para o período de apenas um mês. Ou seja, menos gastos e menos burocracia.
  2. A experiência de um intercâmbio de férias quase sempre ultrapassa as paredes da sala de aula. Isso significa que as escola oferecem atividades extras, como passeios por pontos turísticos, com o intuito de ensinar o idioma de uma forma completamente diferente e dinâmica. O legal desse tipo de atividade é poder conhecer lugares incríveis e, ao mesmo tempo, aprender muita coisa nova.
  3. Fazer um intercâmbio de férias é uma boa oportunidade de conhecer pessoas novas de diferentes nacionalidades e de fazer ótimas amizades. Sem contar que é possível também conversar com os nativos do país, conhecendo a fundo a cultura local e seus hábitos.
  4. Pode acreditar: em um intercâmbio de férias, apesar de o tempo parecer ser curto demais, ainda assim, você conseguirá voltar para o Brasil com uma boa capacidade de se comunicar no idioma. Isso porque você precisará conversar com diferentes pessoas o tempo todo, tanto na sala de aula quanto no supermercado, restaurante, transporte público, etc. Ou seja, é impossível voltar com o idioma no mesmo nível que foi.

Destinos para fazer um intercâmbio de férias

Alguns dos destinos mais procurados por brasileiros que desejam fazer um intercâmbio de férias são: Canadá, Irlanda e Malta. Isso porque os preços para esses lugares são mais acessíveis, podendo encontrar cursos de quatro semanas pagando, em média, R$ 2.500 a R$ 4.000 (dependendo do valor do câmbio). Porém, é sempre bom lembrar que é preciso colocar na conta gastos com passagem aérea, hospedagem e alimentação.

Com tantos lugares incríveis para viver essa experiência, parece até difícil escolher um só, né? Para facilitar sua escolha, confira mais sobre um dos três países mais procurados! Veja abaixo.

Canadá

Canadá pode ser um lugar para intercâmbio de férias. Foto: Scott Webb on Unsplash

Fazer um intercâmbio de férias no Canadá é a chance de visitar as melhores atrações de famosas cidades, por exemplo: Toronto, Montreal, Ottawa, entre muitos outros lugares, além de ser a oportunidade perfeita de aperfeiçoar o inglês e se divertir muito.

O programa de intercâmbio de férias no Canadá, geralmente, inclui aulas no período da manhã e atividades culturais e passeios turísticos na parte da tarde e aos finais de semana, sendo um jeito incrível de conciliar os estudos com momentos de lazer.

Como o período de um intercâmbio de férias é de aproximadamente um mês, o Canadá não exige o visto de estudante. Com apenas o visto de visitante (TRV), também conhecido como visto de turista, é possível estudar no país por esse período.

Irlanda

Irlanda oferece possibilidade de intercâmbio de férias em suas cidades, sem necessidade de visto. Foto: Madrugadaverde | Dreamstime.com

Na Irlanda, o estudante também não precisa de visto de estudante para realizar um intercâmbio de férias. Apenas o passaporte com o visto de turista é suficiente. Afinal, o Brasil tem um acordo com a União Europeia, no qual brasileiros podem permanecer em países do bloco por até 90 dias com visto de turista. No entanto, vale ressaltar que, nesses casos, não é permitido trabalhar no país.

Fazer esse tipo de intercâmbio na Ilha Esmeralda é uma oportunidade de alavancar o idioma, conhecer pessoas de diversos lugares do mundo e de explorar vários pedacinhos da Irlanda. Afinal, é possível aproveitar as horas livres e os finais de semana para desbravar a Ilha, conhecendo as mais diferentes e charmosas cidadezinhas irlandesas e se impressionando com as belíssimas paisagens naturais.

Malta

É possível fazer intercâmbio de férias em Malta para praticar inglês. Foto: Orimi Protograph on Unsplash

Malta, o pequeno arquipélago ao sul da Itália, é, cada vez mais, um destino procurado por quem deseja fazer um intercâmbio de férias. Um dos motivos é o preço acessível e a possibilidade de estudar na Europa sem precisar de visto de estudante.

Além disso, é uma chance única de desbravar as belezas de Malta, que guarda uma arquitetura antiga lindíssima e praias paradisíacas. Ou seja, passar férias em Malta é uma ótima alternativa para quem deseja praticar o inglês e, ao mesmo tempo, divertir-se muito. A dica é ir no período de verão, quando o país fica com uma atmosfera ainda mais contagiante e festiva.

Comece a se preparar para o intercâmbio de férias

Gostou de todas essas dicas de um intercâmbio de férias? Então agora é hora de definir um destino para poder começar a organizar o embarque, hein? Para mais detalhes sobre esse tipo de intercâmbio, solicite um orçamento aqui no edublin!

Veja também

Como contratar um intercâmbio na Europa

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar