Intercâmbio na Argentina: saiba como estudar e viver no país

Intercâmbio na Argentina: saiba como estudar e viver no país

Ana Carolina Brunelli

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Já pensou em fazer um intercâmbio na Argentina para aprender espanhol ou cursar uma universidade? Saiba que esse é, sem dúvida, um dos destinos mais procurados por brasileiros que desejam viver novas experiências, mas não abrem mão de continuar pertinho de casa.

No entanto, a proximidade com o Brasil não é o único motivo que atrai tantos estudantes para o país.

Na verdade, a semelhança com alguns costumes, a gastronomia, a qualidade de vida e o valor da viagem são pontos importantes e decisivos na hora de escolher fazer um intercâmbio na Argentina.

Sem contar as diferentes opções de cidades onde é possível realizar cursos que variam de duas semanas até um ano.

Mas antes de descobrir as vantagens de estudar no país e os lugares mais recomendados, veja como é possível permanecer legalmente por lá!

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Vistos para intercâmbio na Argentina

Há vários motivos para você escolher fazer intercâmbio na Argentina. Foto: Angelica Reyes / Unsplash

Notícia boa para os brasileiros! O processo de solicitação de um visto na Argentina é mais fácil e econômico do que em países da Europa, Canadá e Estados Unidos, por exemplo. Isso graças ao acordo firmado com o Mercosul.

Ou seja, brasileiros podem entrar na Argentina apenas com a apresentação do RG ou passaporte válido e podem permanecer por até 90 dias sem visto. Quem pretende realizar um curso de espanhol de apenas três meses não precisará se preocupar com essa questão.

Porém, quem deseja morar e estudar na Argentina por mais tempo, aí sim precisará solicitar o famoso visto de estudante, que tem duração de até 10 anos.

Intercâmbio na Argentina com trabalho

No entanto, na Argentina não é permitido que o estudante trabalhe ou exerça qualquer outra atividade que gere renda. O trabalho é permitido apenas se for solicitada a residência temporária.

Ambas as solicitações podem ser feitas pela Dirección Nacional de Migraciones em até 30 dias após a chegada à Argentina ou de maneira antecipada na internet pelo site Migraciones.

Vantagens de fazer intercâmbio na Argentina

Proximidade com Brasil e parceria com Mercosul facilita o intercâmbio na Argentina por estudantes brasileiros. Foto: Isabela Kronemberger / Unsplash

Passada a parte burocrática, quer saber quais são as vantagens de realizar um intercâmbio na Argentina? Pois saiba que são muitas! Isso mesmo. Você pode conferir os principais pontos abaixo.

Proximidade com o Brasil

A primeira delas, certamente, é o fato de estar próximo de casa. Afinal, familiares e amigos podem entrar facilmente no país e fazer uma visita durante o tempo em que você estiver lá, já que, por ser um país vizinho, os voos são bem mais rápidos e baratos.

É completamente diferente dos EUA e Europa, por exemplo, em que é preciso cruzar oceanos, enfrentar horas dentro de um avião e, ainda, pagar um valor altíssimo.

Conhecer novas culturas e lugares

Paraísos como a Patagônia são impressionantes e valem a visita na Argentina. Foto: Andrea Leopardi / Unsplash

Fazer um intercâmbio na Argentina é ter a chance de conhecer destinos incríveis e cheios de paisagens de tirar o fôlego.

É uma possibilidade única de explorar a gastronomia local e se encantar com natureza, construções históricas e de ter a chance de ver a neve de perto.

Já para os mais aventureiros, é possível até se jogar na estrada rumo a desbravar a Patagônia, um lugar impressionante e diferente de tudo o que existe no Brasil.

Cursos de espanhol diferenciados

Os cursos de espanhol em Buenos Aires, na capital da Argentina, destacam-se bastante por serem dinâmicos, visto que se preocupam em ensinar não apenas o idioma, mas em transmitir aos estudantes a cultura do país.

É uma verdadeira imersão cultural, dentro e fora das salas de aula, e é literalmente a chance de aprender espanhol se divertindo.

Além disso, muitas das escolas ofertam convênios com universidades argentinas, que são famosas pela qualidade dos professores.

Cursar uma universidade

Cursar uma universidade é opção para o intercâmbio na Argentina. Foto: CARLOS GALARZA / Unsplash

A procura por intercâmbio na Argentina vem crescendo muito — e não é por causa de cursos de espanhol não, viu?

A faculdade de medicina na Argentina é uma das principais opções de curso do país e famosa no mundo todo, principalmente por não exigir vestibular para entrar.

O processo de ingresso na universidade é completamente diferente do Brasil e bem mais acessível. Aproveite para conferir como é possível estudar medicina na Argentina.

Clima agradável

Assim como na Europa, na Argentina, as estações do ano também são bem definidas. No inverno, é possível que a temperatura chegue a zero grau e, no verão, o clima é ótimo para aproveitar a natureza e o sol.

Aliás, Bariloche é uma das cidades na Argentina que mais atraem intercambistas no período de inverno, já que é uma cidade perto das montanhas e cheia de chalés de madeira, onde é possível se hospedar e esquiar.

Gastronomia

Não é novidade que a gastronomia argentina conquista o coração dos brasileiros. No país, os pratos mais famosos são: churrasco (parrillada argentina), alfajores, chorizos e, claro, os vinhos.

Na verdade, regiões como Mendoza produzem alguns dos melhores vinhos do mundo, sabia?

Noite agitada

A agitação não faltará para quem ama a vida noturna e deseja fazer um intercâmbio na Argentina.

As noites, na maioria das cidades do país, são puro lazer e diversão, principalmente nos grandes centros urbanos, que oferecem diferentes opções de restaurantes, casas de show, baladas, pubs e bares.

Mercado de trabalho

O intercâmbio na Argentina não necessariamente permite o trabalho. Foto: Fernando Távora / Unsplash

Para quem quer fazer intercâmbio na Argentina, mas tem como uma das prioridades encontrar um bom trabalho, é importante saber que na capital do país é onde estão localizadas grandes empresas multinacionais e onde é possível encontrar ótimas oportunidades.

E sim, saber falar português às vezes acaba por ser um importante diferencial.

Preço acessível

O tipo de vantagem que os estudantes adoram e valorizam! O preço de um intercâmbio na Argentina é mais barato quando comparado com outros países, até mesmo da América do Sul.

Além disso, o custo de vida para quem mora e estuda na Argentina é mais em conta. Afinal, a moeda argentina está desvalorizada em relação ao real.

E quando o assunto é preço, os valores de passagens áreas também chamam atenção! Enquanto um voo para países da Europa raramente sai por menos de R$ 2500,00, é possível encontrar boas ofertas de passagens para a Argentina por R$ 800,00, por exemplo.

Onde fazer intercâmbio na Argentina?

Buenos Aires é destino popular para quem escolhe fazer intercâmbio na Argentina. Foto: Francisco Ghisletti / Unsplash

Agora que já viu algumas das vantagens de fazer um intercâmbio na Argentina, que tal conhecer três cidades do país bem recomendadas para morar e estudar. Veja abaixo!

Buenos Aires

Não se assuste! Buenos Aires tem mais de 16 milhões de habitantes e é a maior cidade da Argentina. Em contrapartida, com certeza, é uma das melhores cidades para fazer um intercâmbio na Argentina e o lugar certo para quem está em busca de boas oportunidades.

Apesar do custo de vida na cidade ser mais alto do que em outros lugares do país, a capital sempre tem ótimas oportunidades de trabalho.

Sem contar que morar em Buenos Aires significa ter a chance de praticar o espanhol com pessoas de todos os cantos do mundo e ainda poder viver rodeado de opções de lazer para todos os gostos.

Tem mais! A cidade conta com um ótimo sistema de transporte público e oferece sistemas alternativos, como bicicletas públicas.

Além disso, conta com ótimos restaurantes, livrarias, teatros e cinemas, além de vários pontos turísticos famosos mundialmente, como a Casa Rosada, sede da presidência da Argentina.

Isso significa que morar e estudar em Buenos Aires é uma oportunidade de andar por monumentos históricos importantíssimos e visitar bairros cheios de charme com frequência. ​

Mendoza

Mendoza tem 115 mil habitantes e é conhecida como cidade produtora de vinhos. Foto: Carolina Marinelli / Unsplash

Mendoza é uma boa opção para quem pensa em fazer um intercâmbio na Argentina para estudar espanhol. É uma cidade com cerca de 115 mil habitantes e o seu tamanho menor impacta diretamente o seu custo de vida, que é bem menor do que na capital.

Além disso, é em Mendoza que estão localizadas as vinícolas mais famosas da América do Sul, o que justifica as mais de 1.200 adegas que existem em toda a província.

Morar e estudar em Mendoza é poder aprender espanhol e estar próximo de belíssimas paisagens, como as montanhas cobertas de neve da Cordilheira dos Andes.

Córdoba

Conhecida como a cidade universitária, Córdoba tem quase 1,3 milhões de habitantes e está localizada no centro do país.

Entre suas renomadas universidades, destaca-se a principal delas, Universidad Nacional de Córdoba (UNC), que conta com aproximadamente 110 mil alunos.

Por ser uma cidade cheia de jovens estudantes, consequentemente, proporciona uma vida noturna bem animada e é o lugar ideal para quem deseja fazer um intercâmbio na Argentina e não abre mão de muita diversão.

Próximo passo para o seu intercâmbio na Argentina

Com todas essas informações, você já pode começar a planejar um intercâmbio na Argentina e, até, fazer uma lista dos principais lugares que deseja explorar quando se mudar para lá!

Para isso, podemos dar uma ajudinha!

Que tal entrar em contato direto com as agências que podem facilitar sua vida na hora de fechar o seu intercâmbio na Argentina?

Faça seu cadastro no Intercâmbio Fácil do E-Dublin e encontre os melhores preços e oportunidades.

Veja também

É possível fazer intercâmbio com criança na Irlanda?

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar