Intercâmbio na Inglaterra: saiba como estudar na terra da rainha

Intercâmbio na Inglaterra: saiba como estudar na terra da rainha

Ana Carolina Brunelli

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Talvez você não saiba, mas um intercâmbio na Inglaterra pode ser feito por crianças, jovens e adultos. Isso mesmo!

Na terra da Rainha, existem diferentes opções de programas de intercâmbio para literalmente todas as idades, bolsos e objetivos.

Você precisa apenas decidir quais mais se encaixam com o seu perfil e propósito.

Quer saber mais? Continue lendo!

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Tipos de intercâmbio na Inglaterra

Londres é uma das cidades mais procuradas pelos brasileiros para fazer intercâmbio na Inglaterra. Foto: Tomas Marek | Dreamstime.com

Confira abaixo algumas opções de programas de intercâmbio na Inglaterra:

Curso de idiomas

Um dos programas mais procurados pelos brasileiros que desejam fazer intercâmbio na Inglaterra é o curso de idiomas, voltado para o aprendizado ou aperfeiçoamento da língua inglesa. Por esse motivo, o que não falta no país são escolas que oferecem cursos do nível básico ao avançado, ministradas por professores nativos e com diferentes métodos de ensino.

Cursos especiais

Os cursos especiais ou personalizados são indicados para quem já tem uma certa fluência em inglês. Isso porque o foco é aprender sobre diferentes assuntos ou até mesmo sobre uma área de atuação profissional específica.

Ou seja, o conhecimento intermediário ou avançado do idioma é essencial, visto que todo o conteúdo do curso é em inglês. Esse tipo de intercâmbio na Inglaterra pode ser excelente para quem busca dar aquele upgrade no currículo, sabe?

Graduação e pós-graduação

Embora seja mais difícil e um pouco burocrático, um intercâmbio na Inglaterra para cursar graduação ou pós-graduação em uma universidade é uma ótima opção para quem deseja estudar e trabalhar no país.

Nesses casos, existe a possibilidade de fazer a viagem através de uma parceria entre a universidade brasileira e as instituições britânica ou se inscrever por conta em um processo de bolsas de estudo, por exemplo.

Voluntário

Essa não é a opção mais procurada por quem sonha em fazer um intercâmbio na Inglaterra, porém, vale lembrar que existe sim a chance de se dedicar a um projeto voluntário enquanto tem a oportunidade de praticar o inglês e conhecer uma nova cultura. Sites como Camphill ou NCVO conectam pessoas interessadas em ações sociais e outros projetos na Inglaterra.

Viu só como são várias as oportunidades de realizar um programa de intercâmbio na Inglaterra? No entanto, para aproveitar ao máximo essa experiência, é importante que você planeje bem os detalhes dessa mudança.

Abaixo listamos três passos simples e fundamentais para realizar um intercâmbio na Inglaterra:

  1. Escolha o programa de intercâmbio
    A escolha de qual tipo de intercâmbio na Inglaterra você quer realizar é o primeiro passo para começar a tirar esse sonho do papel. E essa decisão deve ser baseada nos seus objetivos pessoais, profissionais e na experiência que deseja viver no exterior.
  2. Documentação
    Organizar toda a documentação necessária para realizar um intercâmbio na Inglaterra é uma etapa burocrática, chata, porém muito necessária, principalmente se houver a necessidade de solicitar um visto específico para permanecer no país.
  3. Planejamento financeiro
    Um intercâmbio na Inglaterra não é barato, principalmente se escolher morar em Londres, a capital do país. Por isso, ter um planejamento financeiro é a melhor forma de conseguir se organizar para realizar a viagem. Dica: coloque na ponta do lápis todos os possíveis gastos, como moradia, alimentação, transporte, passagem área, etc. Sem contar o valor que precisará desembolsar para realizar o curso.

Essas três etapas são fundamentais para começar a se preparar para um intercâmbio na Inglaterra. Porém, é válido ressaltar que fazer tudo isso com o auxílio de uma agência é uma forma de evitar certos erros e até mesmo de se livrar da parte burocrática.

Sem contar que a agência consegue apresentar opções de cidades, escolas, universidades, trabalho e moradia, de acordo com o seu perfil de intercambista.

Mas falando em parte burocrática, quem sonha em realizar um intercâmbio na Inglaterra, também se preocupa com a questão do visto, né?

Abaixo você pode conferir como funciona a questão da permissão para entrar e permanecer no país.

Visto para Inglaterra

Portadores de passaporte brasileiro precisam de visto de estudante para estudar por um período mais longo na Inglaterra. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Atenção, brasileiros! Se o plano inicial é ficar apenas seis meses estudando na Inglaterra, saiba que não é necessária a solicitação de visto.

No entanto, se a duração do curso for superior a esse período, é essencial solicitar o visto de estudante antes de iniciar as aulas.

O governo britânico oferece três tipos de visto para esses casos:

Student Visa

O Student Visa é um tipo de visto para estudantes maiores de 16 anos que pretendem fazer um intercâmbio na Inglaterra. Esse visto tem duração de dois a cinco anos, dependendo da idade e do tipo de curso.
Short-term Study Visa

Para quem decidir estudar mais de seis meses na Inglaterra, o jeito é solicitar o Short-term Study Visa. O visto é válido exclusivamente para cursos de seis a 11 meses e o estudante pode permanecer no país durante o período do curso e mais 30 dias extras, desde que a estadia completa não ultrapasse os 11 meses.

Child Student Visa

Esse visto é indicado para quem pretende cursar High School na Inglaterra. Nesse caso, menores de 16 anos podem permanecer por até 6 anos e os maiores por até três anos.

É possível conciliar estudo e trabalho em um intercâmbio na Inglaterra?

É possível trabalhar durante o intercâmbio na Inglaterra. Foto: Pxhere

Sim! O governo britânico permite que o estudante trabalhe na Inglaterra enquanto faz o intercâmbio. No entanto, a duração e tipo de trabalho varia de acordo com cada tipo de visto.

Clicando aqui você tem acesso a informações mais detalhadas sobre como funciona a questão de trabalho no país.

Cidades para fazer um intercâmbio na Inglaterra

Além da escolha do tipo de intercâmbio na Inglaterra, outra decisão importante é decidir em qual cidade viver essa experiência. E são tantas cidades incríveis que fica realmente difícil tomar uma decisão.

Mas para te ajudar, listamos algumas das cidades mais recomendadas para viver na Inglaterra. Descubra qual delas tem mais a ver com você!

Londres

Londres é a capital e maior cidade do país, possui aproximadamente 9 milhões de habitantes e é considerada uma das mais desenvolvidas da Europa.

Ou seja, é uma cidade realmente grande e cheia de boas oportunidades, ideal para quem adora viver em um ritmo acelerado e quer aproveitar o intercâmbio na Inglaterra para conhecer os mais diferentes lugares históricos, culturais e gastronômicos.

E de fato, é difícil caminhar por uma ruazinha de Londres sem se encantar. No entanto, não há como negar que a cidade também é uma das mais caras para se viver na Inglaterra. Porém, muitos dizem que apesar do preço elevado, a qualidade de vida que se tem faz o investimento valer a pena.

Cambridge

Cambridge é uma famosa cidade britânica, onde está localizada a segunda melhor Universidade do mundo. Além disso, também é a área mais tecnológica do país.

Para se ter noção, a região é conhecida por “Sillicon Fen”, onde estão centralizados a maior parte dos negócios envolvidos com softwares, biotecnologia e eletrônicos em geral estão localizados. O nome é uma analogia ao “Sillicon Valey” (Vale do Silício) nos EUA.

A cidade é lindíssima, cheia de ruelas com construções antigas e o mais legal é que o meio de transporte mais utilizado são as bicicletas.

Brighton

Brighton é um excelente lugar para quem deseja ter uma grande experiência cultural, se relacionar com pessoas de diferentes nacionalidades e ainda viver pertinho do mar. A cidade fica a cerca de uma hora de trem de Londres e está localizada na costa, o que atrai muitos turistas de dentro e de fora da Inglaterra no verão.

Aliás, no verão o local é bem procurado, principalmente por causa dos festivais de música e pela programação bem extensa e animada.

Brighton tem clima de cidade do interior, mas também é sede de importantes conferências políticas do país e tem diversas opções culturais, como museus e teatros.

York

York é uma cidade medieval na Inglaterra cheia de charme e que atrai muitos estudantes universitários. Isso reflete na quantidade de startups que surgem por lá e na procura de novos talentos por grandes empresas.

Além disso, York apresenta uma taxa de criminalidade baixa e é um lugar muito tranquilo e seguro para se viver na Inglaterra.

Próximo passo para o seu intercâmbio na Inglaterra

Fique por dentro dos preços de intercâmbio com o Orçamento Fácil edublin. Foto: Shahid Khan | Dreamstime.com

Deu para ver que realizar um intercâmbio na Inglaterra certamente é uma experiência única e enriquecedora, independentemente do tipo de programa ou cidade que você escolhe né?

E se esse realmente é o seu sonho, comece a planejar o quanto antes.

Aqui no edublin você pode solicitar um Orçamento Fácil com diferentes agências que irão te auxiliar em todas as etapas da viagem.

Veja também

Tipos de vistos para Portugal: Turismo, trabalho, estudos

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar