Onde encontrar lugares mal-assombrados na Irlanda?

Onde encontrar lugares mal-assombrados na Irlanda?

Carol Braziel

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Uma das formas de turismo que têm crescido ultimamente são roteiros bizarros que misturam férias e assombração. Por que não? E é claro que haveria uma lista de lugares mal-assombrados na Irlanda para visitar.

O país conta muitos séculos de história e, com o tempo, lendas e tradições se tornaram verdadeiros contos de terror, bruxaria, atividades paranormais e coisas inexplicáveis que, até hoje, muita gente jura que acontece.

Vamos falar sobre dez desses lugares mal-assombrados na Irlanda e fazer um roteiro para quem tem coragem.

Então, prepare-se para uma viagem cheia de lugares obscuros e cheios de mistério. Não nos responsabilizamos pelo medo causado.

É por sua conta e risco.

1. The Abbey of the Black Hag, Co. Limerick

The Abbey of the Black Hag segundo locais é possível escutar vozes por lá. Créditos: Irish Times.

The Abbey of the Black Hag: segundo locais, é possível escutar vozes por lá. Créditos: Irish Times.

The Abbey of the Black Hag, abadia escondida num vale isolado ao sudeste de Shanagolden, no condado de Limerick, é o que restou de um convento medieval. Segundo a lenda, a madre superior, uma senhora da família Fitzgeralds, que vivia próximo ao Shanid Castle, aterrorizava a população local com a utilização de magia negra e práticas sexuais consideradas malignas.

A sacristia onde ela está enterrada é chamada de Black Hag, após a escuridão ter tomado conta de seu rosto no momento em que ela faleceu.

Relatos de outros fantasmas no local também são comuns, como o da Condessa de Desmond, que foi enterrada viva no local. E como isso foi descoberto? Bom, segundo moradores locais, seu próprio fantasma surgiu e solicitou uma investigação sobre sua morte.

Foi quando abriram seu caixão e verificaram marcas de unhas na madeira, como se alguém tivesse arranhado para tentar escapar. Caso tenha coragem de ir até lá, se ouvir os gritos que vêm das ruínas, pode ser a condessa tentando conversar com você.

Por isso mesmo, esse é considerado um dos lugares mal-assombrados na Irlanda mais temidos pelos visitantes.

Leia também: Roteiro de pubs mal-assombrados em Dublin

2. Aughrim Battlefield, Co. Galway

The Bloody Hollow ficou marcado pela história sangrenta no local. Créditos: The Irish Times.

The Bloody Hollow ficou marcado pela história sangrenta no local e é um dos lugares mal-assombrados na Irlanda. Créditos: The Irish Times.

O campo de batalha Aughrim Battlefield, em Connaught, no condado de Galway, é um vasto cemitério, ainda assombrado pelos gritos do exército jacobino que foi massacrado, somando milhares de corpos mutilados.

Em 1691, os Williamites drenaram os mortos, fazendo com que o sangue descesse a encosta pelos córregos, até que apenas os seus ossos foram deixados. Claro que seria um dos lugares mal-assombrados na Irlanda.

Detalhe para o The Bloody Hollow, um ponto específico no local, onde se formaram grandes piscinas com esse sangue e que, reza a lenda, não há como passar pelo local e não sentir uma sensação ruim ou, para os mais sensíveis, os gritos agoniantes dos soldados.

3. Belvelly Castle, Co. Cork

Dizem por ai que é possível ver uma mulher fantasma perambulando pelo Belvelly Castle . Créditos: Shutterstock.

Dizem por aí que é possível ver uma mulher fantasma perambulando pelo Belvelly Castle . Créditos: Shutterstock.

No século 17, Lady Margaret Hodnett, uma mulher com muitos homens à sua disposição e com uma coleção incrível de espelhos para alimentar sua vaidade, foi vítima da ira de um de seus admiradores, o Clon de Courcy, que, no auge de sua frustração pela rejeição, aprisionou Lady Margaret e sua família, que ficou sem acesso a quase nenhuma comida.

Após um ano, ela se rendeu, mas Lady já tinha perdido sua beleza, tendo sido, então, rejeitada por aquele que a aprisionou.

Segundo a lenda, ela quebrou todos os seus espelhos e faleceu, sendo vista até hoje vagando pelo Belvelly Castle com uma esfera enevoada escura ao redor dos ombros e constantemente esfregando as manchas existentes na parede até que elas brilhem como espelhos.

Detalhe: muitos visitantes dizem ter visto realmente a mulher, mas dizem que ela não tem face. Alguém se prontifica a verificar se ela tem ou não rosto?

4. Captain Boyd’s Grave, St. Patrick’s Cathedral, Dublin

St. Patrick´s Cathedral. Créditos: shutterstock.

A famosa St. Patrick’s Cathedral também tem seus fantasmas. Créditos: Shutterstock.

Quem não conhece a igreja mais famosa de Dublin, a St. Patrick’s Cathedral? Mas você sabia que ela é considerada um dos lugares mal-assombrados na Irlanda? Bom, não estranhe se andar por ali e vir o fantasma de um cachorro da cor preta e da raça Newfoundland.

Isso mesmo! Segundo os relatos de muitos transeuntes, é comum avistá-lo sentado na base da estátua de mármore em tamanho natural do capitão John Boyd, que fica no local.

Isso porque, segundo dizem, seu fiel amigo morreu de fome sentado no túmulo de seu dono por não conseguir aceitar sua morte.

Para quem não sabe, em 1861 o Capitão Boyd, sempre acompanhado por seu fiel companheiro canino, tornou-se herói após ter organizado a tentativa de resgate de mais de 135 navios e suas tripulações, destruídos após uma forte tempestade entre Howth e Wicklow.

Ele morreu afogado com seus homens tentando salvar vidas.

5. Leap Castle

Atividade paranormais foram presenciadas no Leap Castle. Créditos: Wikimedia.

Atividades paranormais foram presenciadas no Leap Castle, um dos lugares mal-assombrados na Irlanda. Créditos: Wikimedia.

O Leap Castle — localizado em Coolderry, condado de Offaly — tem uma história particularmente sangrenta, assim como décadas de assassinatos e traições. Em 1922, uma masmorra (ou calabouço) contendo centenas de esqueletos foi descoberta abaixo da capela.

O castelo também é conhecido por ser mal-assombrado por uma entidade sobrenatural chamada Elemental, também conhecida como “It”, que vaga pelo local como uma espécie de “zumbi” bem assustador.

6. Charleville Forest Castle, Co. Offaly

O Charleville Forest Castle, no condado de Offaly, é um dos lugares mal-assombrados na Irlanda. Criado em 1798 pelo primeiro conde de Charleville, Charles William Bury, já foi motivo de investigações em diversos programas de TV, como “Scariest Places On Earth”, na FOX, “Most Haunted”, no Living TV, “Scariest Places on Earth”, na ABC e o famoso “Ghost Hunters International”, que no Brasil é transmitido pelo SciFi Channel. Mas por que essa fama toda?

Bom, o fantasma mais visto e temido é o da garotinha chamada Harriet, filha mais nova do terceiro conde de Charleville, que morreu depois de sofrer uma grave queda em uma das principais escadas do castelo, aos oito anos. Sua presença no local foi relatada diversas vezes, cantando no meio da noite, rindo, gritando ou coisas do tipo. Mas não ache que para por aí.

Existem inúmeras atividades paranormais que já foram vistas, sentidas e estudadas por curiosos, investigadores e médiuns. É de fazer com que qualquer incrédulo reflita melhor.

Leia também: Halloween na Irlanda: descubra a origem do Dia das Bruxas na Ilha

7. Malahide Castle

Há menos de 40min de Dublin o Malahide Castle é um dos castelos assombrados da Irlanda. Foto: Júlia Paniz

Há menos de 40min de Dublin, o Malahide Castle é um dos castelos assombrados da Irlanda. Foto: Júlia Paniz

O Castelo de Malahide fica a cerca de 16 Km do centro de Dublin. Pertenceu à família Talbot durante cerca de 790 anos e também é alvo de curiosos a respeito de seus fantasmas.

Segundo uma lenda local, ele seria habitado por, pelo menos, três diferentes fantasmas. Todos estão envoltos por histórias de amor proibido, não correspondido, poder e assassinatos. No século XV, o bobo da corte Puck, que por tantos anos alegrou o castelo, foi assassinado em uma noite de neve.

Puck teria sido punido por um amor que não poderia acontecer diante dos padrões da época, mas, antes de partir, ele teria prometido assombrar o lugar.

Além dele, o fantasma de Sir Walter Hussey teria sido visto assombrando o castelo. Lord Galtri, como era conhecido, morreu em uma batalha no dia em que iria se casar.

Sua noiva acabou por se tornar esposa de um de seus inimigos, logo após a sua morte — e pelo visto ele resolveu assombrar o casal.

O terceiro fantasma seria de Miles Corbett. Ele foi enforcado como pena de seus crimes. Segundo a lenda, ele aparece com as vestes de um soldado, desmanchando-se em quatro pedaços logo após aparecer para alguém.

Por essas e outras, o castelo é considerado um dos lugares mal-assombrados na Irlanda.

8. Kilmainham Gaol

Kilmainham Gaol, uma das prisões mais assustadoras da Irlanda. Crédito: Shutterstock

Kilmainham Gaol, uma das prisões mais assustadoras de Dublin e um dos lugares mal-assombrados na Irlanda. Crédito: Shutterstock

A antiga cadeia, que carrega o peso de diversas execuções, também é considerada um lugar carregado de mistérios. Diversos depoimentos já revelaram que eventos estranhos podem ser percebidos constantemente por lá: luzes que ligam sozinhas, passos e vozes fantasmagóricas e a sensação de estar sendo observado são informações reveladas por algumas pessoas.

Renvyle House Hotel, Galway

Um hotel histórico rural, com uma magnífica vista para o Atlântico, também é alvo de especulações sobre relatos de vida após a morte.

Muitos acreditam que espíritos costumam circular pelo lugar, assombrando quartos e corredores. As primeiras evidências teriam sido registradas pelo médico irlandês Oliver St. John Gogarty, que comprou o prédio em 1917.

9. Castelo Leslie, Co. Managhan

Já pensou em se hospedar em um hotel e ter companhia de seres do além? Fonte: Divulgação

Já pensou em se hospedar em um hotel e ter companhia de seres do além? Fonte: Divulgação

Luxuoso hotel com 20 quartos, o Castelo Leslie é um dos lugares mal-assombrados na Irlanda.

De acordo com alguns relatos, um monge teria sido visto algumas vezes no salão de banquetes.

Além dele, o fantasma de Norman Leslie, que morreu durante a guerra de 1914, também teria aparecido por lá.

10. Ballyseede Castle, Co. Kerry

Os castelos irlandeses são os destinos mais prováveis de atividades paranormais. Fonte: Divulgação

Os castelos irlandeses são os destinos mais prováveis de atividades paranormais. Fonte: Divulgação

O castelo Ballyseede, em Kerry, foi construído no século XVI e hoje abriga um sofisticado hotel.

Os mais corajosos podem ir até lá e tentar encontrar o fantasma de Hilda que, segundo os relatos, se mostra uma hóspede muito simpática.

Hilda costuma aparecer todo dia 24 de Março, data comum em todos os depoimentos.

Grupos investigam atividades paranormais em lugares mal-assombrados na Irlanda

Para os mais corajosos, em Dublin é possível fazer um tour por locais assombrados. Fonte: Divulgação

Para os mais corajosos, em Dublin, é possível fazer um tour por locais assombrados. Fonte: Divulgação

Composto por integrantes oriundos de diferentes áreas, quatro caçadores de fantasmas resolveram se unir diante do interesse sobre atividades paranormais e criaram o DPI (Dublin Paranormal Investigations). Atualmente, o grupo tem sede em Dublin, mas realiza estudos em outras cidades na Irlanda. Derek Johnson, um dos fundadores, é descrito como um amante do assunto desde a infância.

Ao lado de Helen Kiernan, eles deixam claro no site do grupo o compromisso em buscar explicações científicas para eventos envolvendo evidências de vida após a morte. “Eu sou cética, mas com a mente aberta e um saudável respeito por coisas que ainda não conheço”, disse Helen.

O objetivo do trabalho desenvolvido por eles é explorar e fazer uma análise, buscando uma explicação que considerem razoável para esses fenômenos.

Um dos diferenciais do grupo é o fato de realizarem uma pesquisa independente, sem a pressão por provas imediatas, focando no esforço para a manutenção de um arquivo onde esses eventos são documentados para futuros estudos.

Eles percorrem ruínas de castelos e residências nas quais são convidados para investigarem atividades ainda não explicadas, como a aparição de vultos, objetos que se movem sozinhos ou qualquer ocorrência incomum.

O Ghosthunt Ireland também é outro grupo formado por caçadores de fantasmas na Irlanda. Com quase dez anos de existência, eles têm um arquivo rico em evidências de atividades de supostos espíritos entre os mortais.

A fundadora do grupo, Breda Duggan, revela em seu site que tudo começou quando ela convidou a família para passar a noite em um local considerado assombrado. Após rever as imagens gravadas, Breda diz que tiveram a certeza de que eles realmente não estavam sozinhos no local.

O vídeo, intitulado “Shadow in the Room” está disponível no site. Nenhum dos grupos cobra pelo serviço e ambos prometem manter sigilo sobre informações de investigações privadas.

Dublin Ghost Tour

Quem estiver passeando por Dublin também pode conferir alguns pontos supostamente assombrados pegando carona no Dublin Ghost Tour.

A visita dura em torno de 2 horas e 15 minutos.

O preço médio é de 25 euros. Mais informações no site.

Veja também

Irlanda: mapa das cidades, condados e regiões

Carol Braziel, Formada em Relações Públicas e pós-graduada em MKT pela ESPM|Brasil. Com mais de seis anos de experiência em MKT, decidiu vivenciar o sonho de morar na Europa, mais precisamente na terra dos Leprechauns. Apaixonada incurável por viagens, tem como vício a leitura e pesquisa sobre destinos, curiosidades e roteiros de viagens pelo mundo.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar