Natal na Europa: como os países celebram a festa

Natal na Europa: como os países celebram a festa

Ávany França

5 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

No Hemisfério Norte, a celebração do nascimento de Cristo é igualzinha ao que vemos nos filmes. Tem lareira, árvore natural, enfeites gigantes, o tal do Santa Claus (Papai Noel em inglês) e, de quebra, ainda pode rolar aquela neve (quem sabe!). Mas será que o Natal na Europa é igual em todos os países do continente?

Você faz alguma ideia de em qual lugar do mundo as pessoas vão à sauna para celebrar o Natal? E será que todo mundo comemora o nascimento de Cristo no mesmo dia, 25 de dezembro? E como é que se fala “Feliz Natal” em diferentes idiomas?

Para quem não sabe muito bem como funciona o Natal na Europa, que tal percorrer essa data tão especial por alguns costumes de países europeus? Tem cada coisa! Você confere tudo neste artigo.

Natal na Irlanda: “Nollaig Shona Dhuit”

Típico almoço de Natal na Irlanda.© Famveldman | Dreamstime.com

Típico almoço de Natal na Europa, com enfeites e muita comida. Foto: Famveldman | Dreamstime.com

Na Irlanda não se comemora o Natal na véspera, como fazemos no Brasil. No máximo, o bom e religioso irlandês vai à missa no dia 24 de dezembro, depois volta para casa, onde não acontece nada de especial.

Só mesmo no dia 25 que rola aquele almoço, com direito a turkey (nosso peru), vinho e umas comidinhas recheadas de passas. Ah, claro, as famílias também se reúnem, mas sem aquela farra do bom e barulhento brasileiro a que estamos acostumados. É o modo mais comum de se celebrar o Natal na Europa.

Leia também: Vai passar o Natal no intercâmbio? Como driblar a saudade de casa?

Natal na Rússia: “S rojdestvôm!

Natal na Rússia é puro açúcar.© Elena Veselova | Dreamstime.com

Natal na Rússia é puro açúcar, mas a data não tem nada a ver com o 25 de dezembro. Foto: Elena Veselova | Dreamstime.com

Natal dia 25? Lá na Rússia, não! A comemoração só rola no dia 7 da janeiro. E a ceia por lá costuma ser bem açucarada, com direito a muito mel, grãos e frutas.

Ah, e não tem peru de natal ou qualquer outro tipo de carne! É completamente diferente. Entre todos os tipos de celebrações do Natal na Europa, esse é o mais incomum.

Natal na Suécia: “God jul”

Se na Rússia o Natal chega com 13 dias de atraso, na Suécia o povo é meio apressadinho. Lá o Natal começa desde o dia 13 de dezembro. Pois é. As celebrações natalinas começam exatamente no dia de Santa Luzia e o povo sai em procissão carregando tochas pelas ruas.

Mas, tirando essas peculiaridades, no mais, comemora-se tudo igual.

Leia também: Luzes de Natal são acesas em Dublin: saiba onde ver

Natal na Finlândia: “Hyvaa Joulua”

Natal na Finlândia é com visita ao cemitério.© James K. York | Dreamstime.com

Natal na Finlândia parece mais com o Halloween, já que eles visitam o cemitério neste dia. Foto: James K. York | Dreamstime.com

Se considerarmos as temperaturas mínimas, até dá para entender a ida básica à sauna, mas comemorar o nascimento de Jesus indo ao cemitério já é um pouco tétrico.

Pois é, o povo finlandês comemora assim, com sauna e visita aos defuntos.

Natal na Inglaterra: “Merry Christmas”

Na Inglaterra o Natal é pura festa. © Barbara Pisiolek | Dreamstime.com

O Natal na Europa é pura festa, mas na Inglaterra pode-se esperar ainda mais glamour. Foto: Barbara Pisiolek | Dreamstime.com

Se você está buscando um Natal milenar, com toda pompa e circunstância e tudo como reza o figurino, vá à Inglaterra, um dos maiores centros de Natal na Europa.

A rainha leva essa coisa de Natal muito a sério. Nas ruas, nos coros, na decoração… o mês de dezembro é, se não o mais importante do calendário, o mais efusivamente celebrado.

Natal na Alemanha: “Fröhliche Weinachten”

E não é que foi da Alemanha que surgiu essa coisa de enfeitar árvore para o Natal? Além dessa curiosidade, os alemães comemoram a data bem cedo, no dia 6 de dezembro.

Por lá, o Santo da vez é o São Nicolau, e é o “próprio” quem distribui prendas natalinas para as crianças. Mas no dia 25 chega a vez do tradicional Papai Noel fazer a festa das crianças. Bom para elas, que ganham em dose dupla :)

Natal na França: “Joyeux Noel”

Carta para o Papai Noel é tradição na França. © Vadim Zakharishchev | Dreamstime.com

Carta para o Papai Noel é tradição na França, assim como outros locais da Europa no Natal. Foto: Vadim Zakharishchev | Dreamstime.com

Os franceses são mesmo engraçados. Sabia que na França existe até lei que obriga que toda carta enviada ao Papai Noel (Papa Noel) seja respondida? É uma das coisas mais fofas que acontece durante o Natal na Europa.

Pois é, lá as crianças põem mesmo a meia na lareira e esperam no dia de Natal receber os “dons” do tal Papa: geralmente docinhos, nozes e brinquedos, “bien sûr”.

Natal na Espanha: “¡Feliz Navidad!”

Natal na Espanha é parecido com o nosso. © Natalia Kirichenko | Dreamstime.com

Natal na Espanha é parecido com o brasileiro, mais festivo e religioso, mas ainda assim está dentro do comum em se tratando de Natal na Europa. Foto: Natalia Kirichenko | Dreamstime.com

Espanhol é festeiro e não seria diferente no Natal, que é comemorado com cortejo, distribuição de guloseimas, presépio vivo e troca de presentes. Na véspera, a família se reúne, troca prendas, faz a ceia e assiste, todos juntos, à missa de Natal.

Já as crianças, coitadas, têm que esperar até o dia 6 de janeiro para receber seus presentes, pois lá, os mimos são trazidos pelos 3 Reis Magos.

5 motivos para amar o Natal na Europa

Natal na Europa é sinônimo de frio, neve (dependendo de onde você estiver), tradições consagradas pelo tempo, igrejas góticas com corais fabulosos e encantadoras praças medievais trazidas à vida por coloridas barracas natalinas.

Algumas cidades celebram o Natal em grande estilo, enquanto outras têm costumes peculiares nessa época do ano. Portanto, confira cinco motivos que tornam o Natal europeu tão especial.

O friozinho gostoso

Foto: Shutterstock

Entre os motivos para amar o Natal na Europa está o frio, que combina bem com essa época do ano. Foto: Shutterstock

Frio e neve, sem dúvida, tornam a temporada natalina ainda mais especial. Portanto, se você vai passar o Natal na Europa, essa é a sua chance de vestir os fofos Christmas Jumpers, aqueles famosos suéteres natalinos que estamos acostumados a ver nos filmes desde crianças.

Conferir os mercados de Natal

Foto: Shutterstock

Não dá para passar o Natal na Europa sem conferir as feirinhas. Foto: Shutterstock

Este ano, Dublin deixa a desejar nesse quesito, já que não serão realizados mercados de Natal na cidade. Mas, Galway, por exemplo, conta com um bem bacana. Outra opção é visitar o mercado de Belfast, na Irlanda do Norte. E quem estiver viajando pelo continente, vale visitar, pelo menos, um dos cinco mercados de Natal incríveis pela Europa que já mencionamos aqui e sobre os quais vamos falar com detalhes mais abaixo.

As belas decorações natalinas

Foto: Shutterstock

A decoração de Natal na Europa é simplesmente incrível. Foto: Shutterstock

A iluminação das ruas dão cores e deixam as cidades ainda mais belas nessa época do ano. Inclusive, pode-se dizer que elas deixam o inverno mais alegre e encantador.

Afinal, com o inverno, as noites são mais longas e nada melhor que muita luz para fazer do Natal na Europa mais e mais iluminado.

Natal na Europa pede comidas deliciosas e bebidas quentes

Foto: Shutterstock

Guloseimas incríveis e bebidas quentes são perfeitas durante o Natal na Europa. Foto: Shutterstock

Sem dúvida, essa é a parte favorita de muita gente, já que nessa época do ano degustamos uma infinidade de delícias gastronômicas.

Aqui em Dublin, por exemplo, é mais difícil encontrar os deliciosos panetones que estamos tão acostumados no Brasil, em contrapartida, é possível saborear as deliciosas mince pies e outros pratos típicos.

Isso sem falar nas bebidas, já que essa é a temporada de vinho quente na Europa!

Temporada de filmes de Natal

Reprodução: Cinema e Debate

Sessão de cinema em casa com filmes clássicos é tradicional durante o Natal na Europa. Reprodução: Cinema e Debate

Lembra de títulos como Esqueceram de Mim, O Grinch, O Estranho Mundo de Jack, A Felicidade Não Se Compra, entre tantos outros? Pois então, existe uma infinidade de filmes de Natal e a gente simplesmente não se cansa de assisti-los, não é mesmo?

Isso é levado tão a sério na Irlanda que muitos desses títulos são exibidos até mesmo no cinema.

Imperdível!

5 mercados de Natal incríveis pela Europa

Em novembro, as luzes e o clima de Natal começam a tomar conta das cidades europeias. A temporada de festas é também sinônimo dos mercados natalinos, que trazem comida, bebida e músicas tradicionais da região onde são realizados.

E se você tem um tempinho para férias antes do Natal, que tal aproveitar para conhecer algum desses mercados? Pra ajudar, hoje separamos aqui cinco opções bem bacanas.

Munique

Foto: Shutterstock

Mercadinho de Munique é um dos mais famosos durante o Natal na Europa. Foto: Shutterstock

A tradição dos mercados de Natal na capital da Baviera vem desde o ano 1642. O evento, que acontece anualmente na principal praça da cidade, a Marienplatz, conta com apresentações musicais diárias, a partir das 17h30.

Quem visitar o mercado também poderá degustar pratos da culinária alemã, como o bratwurst, tradicional salsicha, geralmente servida com pão, além dos fofos biscoitos de gengibre, chamados de Lebkuchen.

Vale prestar atenção nos artesanatos, como as figuras natalinas feitas em madeira ou em cerâmica. E uma das recentes novidades da cidade é o mercado natalino gay, que conta com árvores de Natal pink e drag-queens fazendo performances de músicas tradicionais.

Leia também: Christmas FM: a rádio de Natal da Irlanda já está no ar

Viena

Foto: Karel Gallas / Shutterstock.com

Mercadinhos de Natal em Viena acontecem desde o século 13. Foto: Karel Gallas / Shutterstock.com

A capital da Áustria é renomada por seus mercados de Natal, que existem desde o século 13.

Atualmente, a cidade conta com dez mercados que, a partir de meados de novembro, encantam os visitantes com objetos como marionetes, corações feitos com biscoito de gengibre, casinhas de madeira, etc.

Budapeste

Foto: Karnizz / Shutterstock.com

Budapeste conta com apresentações natalinas e muito chocolate durante as feirinhas de Natal. Foto: Karnizz / Shutterstock.com

Na temporada de Natal, um dos quarteirões mais famosos de Budapeste fica tomado por luzes natalinas e tendas de comidas, com destaque para os chocolates caseiros e os bolos de mel.

A diversão dos visitantes fica completa com a apresentação de concertos natalinos, performances de ballet, além de um ringue de patinação no gelo.

Bruges

Foto: Shutterstock

Conhece a feirinha de Bruges? Ela é considerada a mais fofa do Natal europeu. Foto: Shutterstock

Essa pequena cidade belga, sem dúvida, merece ser visitada a qualquer época do ano, mas, no Natal, ela fica ainda mais linda.

Localizada a cerca de uma hora de Bruxelas, o mercado de Natal de Bruges é realizado no centro histórico da cidade e atrai a atenção do público pelos artesanatos, como os bonecos de madeira, chapéus e cachecóis, além dos deliciosos chocolates.

Leia também: Christmas Market: onde visitar as feiras de Natal na Irlanda

Praga

Foto: Shutterstock

Praga fica simplesmente linda durante o Natal. Foto: Shutterstock

Os mercados de Natal de Praga também estão no topo da lista entre os melhores da Europa. Entre os principais da cidade, está o que acontece na Old Town Square, trazendo diversas opções de produtos e artesanatos locais para os visitantes.

Quando se trata de comida, então, as famosas salsichas assadas, conhecidas como klobása, se destacam entre os pratos tradicionais, além de bolos e do famoso Trdelník, uma deliciosa massa doce assada na brasa e servida com açúcar e canela. Também não deixe de provar os deliciosos vinhos quentes e aproveite a ocasião para assistir aos concertos natalinos nas igrejas ao redor da cidade.

Que tal conhecer o Natal na Europa durante o seu intercâmbio?

O Natal na Europa é lindo, não é? Que tal conhecer cada cantinho desses que falamos neste artigo durante um intercâmbio?

Podemos ajudar nisso.

Basta se inscrever no Orçamento Fácil E-Dublin e receber os melhores preços de pacotes com nossas agências parceiras.

Ávany França, Jornalista por profissão, já passou por editorias de moda, gastronomia, história e turismo. Uma vida sem desafios não foi desenhada para essa baiana de Salvador. Amante das viagens, coleciona mais de 80 destinos no passaporte. Quer saber mais? Corre porque até você terminar de ler esse perfil já terei alguma novidade.

Stock Photos via Dreamstime
Encontrou algum erro ou quer nos comunicar uma informação?
Envie uma mensagem para [email protected]

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar