“Por que eu devo te contratar?”: como responder a essa pergunta

“Por que eu devo te contratar?”: como responder a essa pergunta

Edu Giansante

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Uma das perguntas mais difíceis de responder durante uma entrevista de emprego é: “Por que eu devo te contratar?”. Essa é uma questão que pega todo mundo de surpresa e muita gente está despreparada para respondê-la.

Afinal, será que você precisa ir direto ao ponto e dizer que você é bom ou está interessado na vaga? Ou precisa deixar algo subentendido?

Sim, é mesmo uma pergunta chata de responder — um desafio, eu diria —, pois ela testa algumas coisas mais internas do candidato, inclusive a motivação para querer preencher aquela vaga.

Vou começar dizendo que não há uma fórmula para você responder a essa pergunta, mas existem algumas formas de você montar sua resposta para agradar o recrutador ou o “manager” (gerente), que está efetivamente contratando você.

Neste texto, vou dar algumas dicas e apontar o que você pode usar a seu favor para responder à pergunta “Por que eu devo te contratar?”.

Vamos lá?

“Por que eu devo te contratar?”: como responder a essa pergunta em uma entrevista de emprego?

Seja um diferencial de outros candidatos ao responder à pergunta “Por que eu devo te contratar?”. Imagem: Pxere

Vamos começar com a parte mais simples, o “feijão com arroz”, vamos dizer, para você entender o processo para responder a pergunta “Por que eu devo te contratar?”.

Quando você aplica para uma vaga, você vai encontrar o “job description” — a descrição da vaga, com as necessidades que eles precisam e os pré-requisitos para o candidato.

Por outro lado, você tem suas habilidades, coisas que você saiba fazer, que você aprendeu e suas experiências.

A ideia inicial é você dar “match” com esses dois pontos, ou seja, que você cruze esses dados e apresente ao entrevistador uma resposta, mostrando que existe essa ligação entre o que você pode fornecer e o que eles necessitam.

Como deixar a resposta ainda mais interessante?

Elenque suas informações profissionais para montar uma boa resposta. Foto: Pxere

Aprender o “feijão com arroz” ainda não é o suficiente. É preciso pensar que você não é o único entrevistado no processo seletivo. Isso significa que outros candidatos também estão cruzando as informações do “job description” com as habilidades deles.

Como, então, deixar a resposta para a pergunta “Por que eu devo te contratar?” ainda mais interessante?

A técnica é se perguntar o que eu tenho (e os outros não) que vai não só dar “match”, mas como eu vou poder agregar a mais com esse cargo?

Para isso, vamos a alguns tópicos que você precisa saber

  • Entenda a empresa para a qual você está se candidatando, estude-a bem e entenda o que ela faz, o que ela entrega e suas missões.
  • Saiba sobre o time com que você vai operar se for contratado, o que a equipe faz de fato (isso você pode questionar e esclarecer durante o início do processo de entrevistas com outros entrevistadores).
  • Identifique qual será sua função específica dentro do time, em que você vai contribuir para a equipe e em que a equipe vai contribuir para a empresa como um todo.

Após entender, monte seu argumento para apresentar.

“Pitch”: o seu argumento de venda

O ‘pitch’ é seu argumento de venda para responder à pergunta “Por que eu devo te contratar?”. Foto: Pxere

Quando você tiver na ponta da língua todos os itens citados acima, você vai conseguir montar o seu “pitch”, que nada mais é que um argumento de venda de si mesmo. Nele, você precisa inserir tudo o que já dissemos, incluindo suas motivações e seus “porquês”.

Esse argumento não deve ser falado “de cabeça”, ou seja, lembrar na hora o que falar para responder “Por que eu devo te contratar?”. Pelo contrário, você vai ter que estudar e treinar, utilizando os termos certos. Só entendendo a fundo a empresa, a vaga e suas habilidades, seu “pitch” será um sucesso.

Adaptação dos termos

Cada empresa utiliza termos diferentes para identificar uma vaga ou uma função dentro dela. Esses termos precisam ser identificados para que você os utilize dentro do seu argumento de venda de si mesmo (“pitch”).

Entenda como eles usam palavras-chave e terminologias, adaptando-as para o seu “pitch”. Assim, quando vier a famigerada pergunta “Por que eu devo te contratar?”, você não vai utilizar termos genéricos.

A resposta precisa ser você dentro da vaga, você dentro da empresa. Essa adaptação é necessária para soar mais natural e estar mais próximo do que eles procuram.

Resolva o problema da empresa

Um dos pontos-chave de tudo isso que falamos é você resolver um problema para a empresa. Não adianta se vender pelo que você faz, mas pelo que você fará para essa empresa.

  • Você precisa mostrar que vai conseguir corrigir as coisas, ajudar a solucionar, contribuir para o crescimento da empresa. Suas habilidades precisam ser usadas para a equipe.
  • Se uma empresa quer contratar, é porque ela tem um “gap” (espaço) vago e você precisa buscar soluções para preencher esse buraco.
  • Com as dicas descritas, você vai ter “insights” significativos para mostrar ao recrutador ou ao “manager” quais soluções você tem para eles.
  • Apresente resultados, contextos de ambientes de trabalho, tudo isso vai ajudar você na sua resposta.

Como se posicionar em uma entrevista na hora de responder a pergunta “Por que eu devo te contratar?”

Seu posicionamento durante uma entrevista de emprego é essencial para que sua resposta tenha efeito. Foto: Pxere

Depois de toda a parte teórica, vamos à prática. Como se portar durante uma entrevista na hora de responder à pergunta “Por que eu devo te contratar?”.

Vamos a algumas dicas

  • Mostre entusiasmo e energia.
  • Fale olhando nos olhos do entrevistador.
  • Deixe a coluna ereta, encha o peito e mostre confiança.
  • Responda imediatamente, tentando não gaguejar ou ficar olhando para cima, pensando em uma resposta.
  • Elogie a pergunta: “essa é uma boa questão”, isso dá um tempo para você respirar.
  • Mostre ênfase na hora da resposta.

Exemplos para responder à pergunta: “Por que eu devo te contratar?”

Dei três exemplos, de diferentes situações, nas quais você pode se dar bem ao responder à pergunta “Por que eu devo te contratar?”.

Eu mostro cenários em que a pessoa tem experiência, para quem saiu da faculdade e ainda não tem muita experiência e também para quem quer mudar de carreira.

Assista ao vídeo abaixo:

Veja também

Como montar um currículo para a Irlanda

Edu Giansante, Fundador e CEO do edublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar