Quais os maiores produtores de energia eólica da Europa?

Quais os maiores produtores de energia eólica da Europa?

Rubinho Vitti

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Produzir energia limpa e renovável é um dos objetivos primordiais dos países da União Europeia. Pudera, com a necessidade cada vez mais de impor limites na poluição do planeta, dado ao aumento de catástrofes provocadas pelas mudanças climáticas, os países europeus estão investindo cada vez mais em energia eólica.

E a UE tem promovido, patrocinado e monitorado os estados-membros para que continuem em um progresso contínuo em relação a este tema. Afinal de contas, segundo estudos, até 2030, a energia eólica compensará 2,5 bilhões de toneladas de CO2 por ano – o equivalente a 79,2 toneladas de CO2 a cada segundo.

O site SaveOnEnergy coletou e comparou dados oficiais da UE sobre a porcentagem de eletricidade produzida gerada pela energia eólica entre 2000 e 2018 (lançados em 2021), comparando os dados e calculando o aumento percentual no uso de turbinas eólicas para cada país.

Os países da UE com o maior aumento na produção de energia de turbinas eólicas

Irlnada é o país com mais produção proporcional de energia eólica da Europa. Foto: by Jason Blackeye on Unsplash

De todos os países europeus estudados, a Polônia revelou ter experimentado o maior aumento na produção de energia de turbinas eólicas entre 2000 e 2018, com um aumento percentual de 249.900%.

Irlanda é o país que mais produziu energia eólica na Europa

Segundo a pesquisa, 27,7% da eletricidade produzida na Irlanda foi por energia eólica em 2018, tornando-se o país europeu que mais produz energia de turbina eólica nos registros mais recentes.

Entre 2000 e 2018, o aumento percentual foi de 2.670%.

Dublin precisa de 177 turbinas eólicas para se abastecer

Uma outra pesquisa revelou a quantidade de turbinas eólicas necessárias para abastecer as principais cidades europeias.

Segundo os dados, Dublin precisaria de 177 turbinas para dar conta dos gastos com eletricidade. A boa notícia é que a Irlanda tem 191 turbinas, diferente de Budapeste, por exemplo, que precisaria de 300 turbinas e a Hungria possui apenas 113. Ou Paris, que precisaria de 363 turbinas, mas a França possui apenas 87.

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar