St. Patrick’s Festival 2021: principais atrações do festival online

St. Patrick’s Festival 2021: principais atrações do festival online

Rubinho Vitti

7 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Pelo segundo ano consecutivo, o St. Patrick’s Festival não acontecerá como tradicionalmente, ou seja, nas ruas de Dublin e outras cidades da Irlanda. A edição 2021 — por conta da pandemia da Covid-19 — será totalmente online, entre 12 e 17 de março.

Mas se as aglomerações estão canceladas, a arte e a história da Irlanda seguem celebradas com mais de 100 atrações que poderão ser acompanhadas ao redor do planeta.

Com o tema “Dúisigh Éire!” — desperte, em gaélico — o evento reúne músicos, atores, performers, poetas, contadores de histórias, comediantes, dançarinos e muitos outros profissionais da comunidade irlandesa e fora dela em um canal de TV voltado apenas para transmitir o festival, o St. Patrick’s Festival TV.

Destacamos nove atrações do festival que são imperdíveis. Confira!

Foil, Arms & Hog e Michael Fry

Grupo de comédia Foil Arms and Hog está na programação do St. Patrick’s Festival. Foto: Divulgação

O grupo irlandês de comédia Foil Arms and Hog criou novos esquetes para o St. Patrick’s Festival 2021. Formado em 2008, o trio é composto por Sean Finegan (Foil), Conor McKenna (Arms) e Sean Flanagan (Hog).

O grupo Foil Arms and Hog não tem um gênero específico, mas faz esquetes que observam a sociedade irlandesa. O trio se conheceu na sociedade dramática da University College Dublin (onde eles fizeram Engenharia, Arquitetura e Genética), e o nome do grupo evoluiu de apelidos que cada um dos membros tinha um para o outro.

Em 2020, o grupo tinha pouco menos de um milhão de curtidas e seguidores no Facebook e 517 mil assinantes no YouTube com 114 milhões de visualizações.

Pat Ingoldsby

Pat Ingoldsby é homenageado durante o festival de St. Patrick. Foto: Divulgação

Pat Ingoldsby é conhecido por uma geração de crianças pelos programas de televisão dos anos 1980. Ele é um prolífico contador de histórias, poeta e dramaturgo que se retirou da televisão, do rádio e da dramaturgia, mas continua sendo importante para a literatura irlandesa. Publicou vários volumes de poesia por conta própria.

A SPF TV apresentará três peças, escritas por ele em 2020, que refletem os “tempos sem precedentes” que a sociedade vive.

Elas ganharam vida com os melhores ilustradores e animadores de Dublin. Os textos são lidos pelo próprio Pat Ingoldsby.

Tadgh Byrne

A história da gastronomia irlandesa está na pauta do St. Patrick’s Festival. Foto: Divulgação

A History of Irish Food, com Tadgh Byrne, é uma minissérie de cinco partes para SPF TV e gira em torno da dieta irlandesa, com foco na história da culinária e na produção de alimentos.

Tadgh visitará alguns locais históricos icônicos em toda a Irlanda, conversará com uma variedade de convidados, desde historiadores e cientistas de alimentos a coletores de alimentos, chefs e fazendeiros, enquanto prova a abundância de comida deliciosa ao longo do caminho.

Fanzini Brothers

Dança e comédia estão reunidos na atração Ballet Poulet do St. Patrick’s Festival. Foto: Divulgação

Ballet Poulet é um show de rua não verbal e familiar que apresenta palhaços, dança, circo, comédia e absurdos. Dois idiotas de nível olímpico de classe mundial trazem para você sua mais recente obra-prima, um balé poético, delicado e terno.

A Fanzini Productions é uma das principais empresas de artes de rua com sede na República da Irlanda, em turnê nacional e internacional.

Tumble Circus

The MacCarnysons é um espetáculo circense na programação do St. Patrick’s Festival. Foto: Divulgação

Tumble Circus apresenta The MacCarnysons, uma apresentação circense com muita palhaçada e números de equilíbrio. Na apresentação, o circo enfrenta tempos difíceis e Sean MacCarnyson tem uma escolha a fazer, vender-se ou manter o respeito de sua família.

São 45 minutos rodados em Belfast e arredores da Irlanda do Norte, com apresentações de trapezistas que desafiam a morte, acrobatas radicais, malabaristas alucinantes e muita diversão.

RTE Virtual Parade

Público pode gravar própria ‘parada’ em casa para divulgar o festival. Foto: Divulgação

O #RTEVirtualParade está de volta, este ano em parceria com o St Patrick’s Festival. Pessoas de toda a Irlanda e do mundo terão a chance — mais uma vez — de se juntar às comemorações do dia de São Patrício e compartilhar sua parada doméstica com o mundo, usando a hashtag #RTEVirtualParade em sua plataforma social preferida.

Solas x Soulé at The Complex Dublin

Cantora Soulé se apresenta no St. Patrick’s Festival. Foto: Divulgação

Soulé é uma das vozes mais jovens da Irlanda na vanguarda da nova onda de pop irlandês, ostentando um catálogo impressionante em um espaço de tempo relativamente curto.

Soulé conquistou 12 milhões de streams do Spotify e tocou nos principais festivais da Irlanda e em outros países do mundo.

Para o St Patrick’s Festival 2021, Soulé fará uma performance ao vivo repleta de cor, luz, dança e teatro.

Filmado no Complex, um dos principais espaços criativos, artísticos e de atuação de Dublin, o show de Soulé será a vitrine definitiva da aparência e do som do pop irlandês em 2021.

Irish Legends com Eddie Lenihan

Histórias e lendas irlandesas serão apresentadas em animações criadas a partir de contos de Eddie Lenihan. Foto: Valerie O’Sullivan

O autor, contador de histórias, conferencista e locutor irlandês Eddie Lenihan é um dos poucos praticantes do “seanchaithe” (guardiões da tradição irlandesa e fiadores de contos) que permanecem na Irlanda. Ele é particularmente conhecido por seus contos de heróis folclóricos irlandeses, fadas, anjos e outros seres sobrenaturais.

Colecionador e preservador de contos folclóricos, ele registrou histórias contadas por idosos transmitidas a eles na tradição oral, distribuindo-as a um público mais amplo por meio de gravações impressas, áudios e filmes.

Em seu papel de preservacionista cultural, ele atualmente mantém a maior coleção particular de folclore da Irlanda.

Ele apresenta as lendas irlandesas em três episódios no SPF TV.

Rhythms of Brazilian Dance

Brasil será representado durante a programação do St. Patrick’s Festival. Foto: Divulgação

A apresentação leva a cor, a dança, a energia e a excelência do Samba Brasileiro com um objetivo simples — fazer as pessoas dançarem e se divertirem!

Fundado em 2008, o grupo já se apresentou pela Irlanda, Irlanda do Norte, Espanha, Itália, Inglaterra e Brasil.

Primeiro festival online

O E-Dublin conversou com o pessoal da organização do evento online, que contou como foi a transformação do St. Patrick’s Festival em um festival online.

“Em vez de ver o lockdown como uma interrupção, este ano o festival teve seu planejamento focado n mundo virtual desde o início. Na verdade, havia planos para cada fase de lockdown, ou seja, se estivéssemos na fase 3, por exemplo, estaríamos falando de um tipo diferente de festival agora. Tudo foi planejado para isso. Não foi uma surpresa!”, contaram.

Quais são as expectativas para o evento?

“Preferíamos fazer tudo com interação física, todo mundo prefere. Mas também tem o lado bom do cenário virtual. O público em todo o mundo terá acesso a mais de 100 eventos, todos gratuitos. O festival acaba tingindo um público muito maior e fortalece a marca mundialmente. Espero que as pessoas sintam que algo único foi criado para o público em 2021 e possam vivenciar mais do que apenas assistir suas músicas favoritas, mas também aproveitar cada evento recriado para esta nova versão do Festival de St. Patrick.”

Além dos shows, o que o público pode esperar do festival?

“Várias opções para todas as idades, como ioga, meditação, poesia, literatura, filmes, diversidade, performances, workshops, concursos, culinária e cultura irlandesa. Seis dias de conteúdo onde todos terão a chance de participar e estar conosco na primeira fila. Vai realmente dar aos nossos telespectadores em todo o mundo uma autêntica experiência irlandesa, a verdadeira Irlanda, a Irlanda agora. É um verdadeiro reflexo de nossas vidas, o que fazemos, o que gostamos e como vivemos.”

Eles também comentaram sobre os desafios de fazer um festival online.

“Existe um formato diferente de comunicação quando fazemos um trabalho remoto. Tivemos que aprender a nos comunicar bem por meio de um ambiente virtual com uma enorme quantidade de informações, planilhas, upload / download de conteúdo, etc. Acredito que todos nós tivemos que aprender novas habilidades este ano e essa possa ser a melhor lição da COVID.

Temos também que redobrar nossa atenção para fazer tudo de forma criativa e segura seguindo todos os procedimentos e diretrizes do governo. Tratar de direitos autorais para a exibição também é algo bem diferente em um festival virtual.”

Veja detalhes e programação completa aqui: www.stpatricksfestival.ie.

Veja também

Calendário de eventos e festivais na Irlanda

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar