Viajar no verão europeu pode ser uma roubada

Viajar no verão europeu pode ser uma roubada

edublin Press

1 mês atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

O verão é uma das estações mais bonitas e movimentadas da Europa. Sinônimo de dias longos, onde o sol só se põe bem depois das 21 horas, as cidades se tornam bem mais agitadas, e o bom humor impera nas pessoas.

Mesmo assim, viajar pelo continente europeu durante a estação mais quente do ano também pode ser uma roubada.

Há várias razões pelas quais viajar pela Europa durante essa estação pode não ser a melhor escolha.

Desde o preço exorbitante das passagens até o calor escaldante e a superlotação de turistas, enfrentar as rotas turísticas durante o verão pode se tornar uma experiência desafiadora e desagradável.

Nesta matéria, exploraremos os principais motivos pelos quais o verão não é a melhor época para viajar pela Europa e sugeriremos opções mais viáveis para os viajantes.

Continue lendo.

Passagens caras no verão europeu

As passagens aéreas no verão são sempre mais caras. Foto: Elal

As passagens aéreas no verão são sempre mais caras para viagens pela Europa. Foto: Elal

Verão é alta temporada na Europa, ou seja, período em que estudantes estão de férias e muitas famílias vão viajar. Com isso, pagar mais caro por passagens aéreas é algo inevitável, principalmente quando se trata de destinos badalados na estação, como Portugal, Espanha, França, Grécia, entre outros.

Uma dica para economizar é se programar com antecedência e garantir a reserva dos voos bem antes da data da viagem. Mas nem assim é garantido que os valores serão bem abaixo, ok?

Chegou a hora de comprar as passagens aéreas? Encontre as opções mais baratas!

Hotéis são mais lotados durante o verão europeu e qualidade é ruim

Hotéis lotados no verão também são uma realidade. Reprodução: SafeBe

Hotéis lotados no verão europeu também são uma realidade, o que torna a qualidade deles ruim. Reprodução: SafeBe

Assim como o preço das passagens aéreas, as estadias em hotéis e hostels durante essa estação também vão parar nas alturas. Como hospedagens mais econômicas e bem localizadas esgotam rapidamente, mais uma vez é essencial se programar com antecedência de, pelo menos, dois ou três meses.

Esse, inclusive, pode ser um grande problema para quem gosta de viajar sem ter um roteiro fixo, já que precisará desembolsar um valor mais alto por um quarto de última hora — ou, então, hospedar-se em um lugar de qualidade ruim.

Quer economizar em suas viagens no exterior? Abra agora sua conta digital internacional gratuita e sem taxas na Nomad e economize no IOF em suas compras e transações!

Leia também: 5 caminhadas perfeitas para um dia de verão em Dublin

Enfrentar filas em pontos turísticos é comum no verão da Europa

Destinos populares no verão significam muitas filas. Foto: Flickr

Destinos populares no verão significam muitas filas. Foto: Flickr

É claro que certas atrações na Europa, como a Torre Eiffel, o Museu do Louvre, a Sagrada Família em Barcelona, entre outras, estão sempre movimentadas, independentemente da estação do ano.

Mesmo assim, no verão, prepare-se para pegar filas em quase todos os pontos turísticos, o que pode comprometer a programação da sua viagem, principalmente se você vai passar pouco tempo no destino.

Além disso, a espera em restaurantes e bares mais badalados também pode ficar mais longa. Portanto, tenha paciência!

Precisa alugar carro no destino da sua viagem? É simples, fácil e você pode pesquisar os melhores preços aqui!

Leia também: Cinco lugares para visitar na Irlanda nesse verão

É Europa, mas é muito calor durante o verão

Viajar no verão europeu pode ser uma roubada. Foto: Al Jazeera

Viajar no verão europeu pode ser uma roubada. Foto: Al Jazeera

A maioria dos países europeus apresenta uma infraestrutura preparada para o inverno, já que as temperaturas mais baixas são predominantes durante grande parte do ano.

Com isso, no verão, as construções retêm o calor, e o ar-condicionado nem sempre é uma realidade por aqui. Dependendo do país, os termômetros registram facilmente 40 graus.

Então, é preciso muita energia para caminhar ou enfrentar a fila daquele ponto turístico que você sempre sonhou em visitar.

O calor extremo representa riscos à saúde e pode tornar as viagens desconfortáveis e até perigosas. Em anos anteriores, o calor intenso já causou danos significativos à saúde de milhares de pessoas, e a tendência é que a situação piore ainda mais. Só em 2022, 61 mil pessoas morrera em decorrência do calor durante o verão europeu.

Verão pode significar menos segurança na Europa

Pickpockets são comuns em algumas capitais ensolaradas como Barcelona. Foto: Traveling Chic

Pickpockets são comuns em algumas capitais ensolaradas como Barcelona. Foto: Traveling Chic

A Europa é relativamente segura. Porém, o elevado número de turistas nas cidades acaba por se tornar um verdadeiro paraíso para oportunistas, elevando de maneira considerável o número de roubos e furtos.

Portanto, fique sempre atento aos seus pertences, em especial, carteiras e telefones celulares. E para evitar transtornos ainda maiores, procure deixar documentos importantes, como passaportes, por exemplo, guardados em um local de segurança no hotel.

Leia também: 4 dicas para cuidar dos cabelos no verão europeu

Aeroportos insustentáveis

Filas, longas esperas e muito estresse: aeroportos são um caos durante o verão europeu.

Com dezenas de milhares de voos diários, os aeroportos europeus durante o verão ficam sobrecarregados, resultando em longas filas e atrasos.

O aumento significativo do tráfego aéreo torna a experiência de embarque ainda mais estressante, especialmente para famílias que viajam juntas.

A situação pode ser caótica e exaustiva para os viajantes.

Quais destinos evitar durante o verão europeu

Visitar Paris durante o verão europeu pode ser uma roubada. Foto: Envato

Durante o verão na Europa, existem alguns destinos que os viajantes podem querer evitar devido a diversos motivos, como superlotação, calor extremo ou problemas de infraestrutura. Abaixo estão alguns lugares que podem ser desafiadores para visitar durante essa estação.

Vamos falar sobre alguns deles:

  • Veneza, Itália: Veneza é um destino muito popular no verão, mas também enfrenta uma superlotação significativa de turistas durante essa época. As ruas estreitas da cidade ficam lotadas e o calor pode ser sufocante, o que pode diminuir o encanto das românticas vias aquáticas.
  • Barcelona, Espanha: Barcelona é outro destino que atrai multidões durante o verão, especialmente por suas praias e vida noturna vibrante. No entanto, a alta demanda turística pode levar a longas filas em atrações populares, além de preços elevados em restaurantes e hotéis.
  • Santorini, Grécia: Essa bela ilha grega é um paraíso para muitos viajantes, mas durante o verão, suas ruas estreitas e vilas pitorescas ficam extremamente movimentadas. O calor pode ser intenso e tornar as atividades ao ar livre desconfortáveis.
  • Roma, Itália: Roma é uma cidade com inúmeras atrações históricas e culturais, mas também é muito visitada durante o verão. Os pontos turísticos podem ficar superlotados, dificultando a experiência de explorar lugares como o Coliseu e o Vaticano.
  • Paris, França: Paris é um destino icônico durante todo o ano, mas no verão, a cidade recebe um grande número de turistas. As filas para entrar em museus e monumentos famosos podem ser bastante longas, e o calor pode afetar a experiência de caminhar pelas ruas charmosas da cidade.
  • Amsterdã, Holanda: Amsterdã é famosa por seus canais e charme histórico, mas durante o verão, o centro da cidade pode ficar extremamente lotado, principalmente nas áreas próximas à Praça Dam e ao Red Light District.
  • Dubrovnik, Croácia: Conhecida por suas impressionantes muralhas e cenários de Game of Thrones, Dubrovnik é um dos principais destinos turísticos na Croácia. Durante o verão, a cidade histórica pode ficar repleta de visitantes, tornando difícil desfrutar de sua beleza sem a multidão.

Esses são apenas alguns exemplos de destinos que podem ser desafiadores para visitar durante o verão na Europa. É sempre bom planejar com antecedência, considerar opções alternativas de viagem ou optar por períodos menos movimentados para aproveitar ao máximo sua experiência no continente.

Quais são os melhores meses para viajar pela Europa?

Viajar pela Europa durante a primavera ou outono pode ser muito mais vantajoso. Foto: Daiga Ellaby on Unsplash

Os melhores meses para viajar pela Europa sem o estresse causado pelo alto fluxo de turistas e pelo calor intenso do verão são geralmente a primavera e o outono.

Maio, junho e setembro são considerados meses ideais para uma viagem mais tranquila e agradável no continente europeu.

Durante a primavera (maio e junho) e o outono (setembro), o clima é geralmente mais ameno e agradável em grande parte da Europa. As temperaturas são mais suaves, tornando as atividades ao ar livre mais confortáveis, e evitando o calor extremo do verão.

A quantidade de turistas é significativamente menor durante esses meses, comparado ao verão. Isso significa menos filas em atrações turísticas, mais disponibilidade de hospedagem e uma experiência mais autêntica, já que você pode interagir mais facilmente com os moradores locais.

Devido à baixa temporada, muitos hotéis, companhias aéreas e empresas de turismo oferecem preços mais acessíveis durante a primavera e o outono. As passagens aéreas, acomodações e atividades costumam estar mais baratas em comparação aos meses de verão.

Por que viajar durante a primavera e outono pela Europa:

  • Paisagens deslumbrantes: A primavera e o outono são estações em que a natureza na Europa floresce. Os campos e jardins estão repletos de flores coloridas na primavera, e no outono, as folhas das árvores assumem tons dourados e vermelhos, criando paisagens encantadoras em muitos destinos.
  • Festivais e eventos culturais: Esses meses também são palco de diversos festivais e eventos culturais interessantes em toda a Europa. Você pode aproveitar festivais de música, celebrações locais e eventos temáticos exclusivos.
  • Atrações mais acessíveis: Sem as multidões típicas do verão, você poderá visitar locais famosos com mais facilidade e apreciar a beleza e a história dessas atrações sem a pressão do turismo em massa.

A primavera e o outono oferecem uma experiência mais tranquila e autêntica para os viajantes que desejam explorar a Europa sem o estresse das multidões e das altas temperaturas do verão. Esses meses proporcionam oportunidades ideais para apreciar a cultura, a natureza e a história da Europa de maneira mais relaxada e agradável.

Próximos passos para sua viagem

Você pode dar o próximo passo do seu planejamento de intercâmbio pelo mundo agora mesmo. Encontre diversas dicas no nosso guia especial para vários países do mundo.

E se você precisa de ajuda para encontrar uma agência de intercâmbios, temos o Orçamento Fácil, uma ferramenta que te ajuda a entrar em contato com diversas agências com um só clique.

O edublin também tem várias opções de ebooks sobre faculdade e intercâmbio na Irlanda, cidadania europeia, cursos sobre trabalho e carreira no exterior.

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?


Avatar photo
edublin Press, Este artigo é de autoria da assessoria de imprensa do edublin. Ele foi elaborado com o objetivo de agregar conteúdos relevantes e curiosidades sobre a Irlanda e viagens ao nosso site. Para mais informações, escreva para [email protected]

Veja também

Curiosidades sobre a Irlanda


Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email