Após pressão por mais segurança, Garda efetua mais de 500 prisões em Dublin

Após pressão por mais segurança, Garda efetua mais de 500 prisões em Dublin

Rubinho Vitti

11 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

A Garda, polícia irlandesa, afirmou que realizou 509 prisões entre 28 de julho e 3 de agosto na região de Dublin, após uma força-tarefa que incluiu ainda patrulhas e mandados de buscas e apreensões.

A ação, divulgada no site da organização, acontece após grande pressão política, da imprensa e da população após novos casos de violência no centro da capital da Irlanda nas últimas semanas. Entre elas, o ataque a um turista americano no mês de julho.

Durante a última semana, foram realizadas pela Garda, na região metropolitana de Dublin:

  • 509 prisões (89 relacionadas ao tráfico de drogas)
  • 689 buscas (500 sob a Lei de Drogas)
  • 1.538 patrulhas
  • 196 verificações de segurança viária

Além dessa intensa atividade, os Gardaí também estiveram presentes em nove protestos durante esse período, assim como em eventos esportivos.

Garda fez ação multitarefa e realizou prisões após pressão social e da imprensa sobre segurança em Dublin.

Segundo Angela Willis, Comissária Assistente da região metropolitana de Dublin, na última semana, houve a retirada significativa de drogas das ruas, além de “vidas sendo protegidas em nossas estradas e a possibilidade de as pessoas e comunidades desfrutarem de eventos diversos com segurança”.

Durante a semana, segundo a Garda, houve cerca de 200 mil euros apreendidos em drogas.

|A quantidade e variedade de atividades operacionais realizadas em uma única semana em toda a região de Dublin demonstra o comprometimento dos Gardaí em trabalhar ativamente nas comunidades para manter a segurança das pessoas. Isso reflete o trabalho que os Gardaí de Dublin realizam a cada semana”, disse Willis.

Atualização sobre o caso do turista americano espancado em Dublin

Stephen Termini, 57, foi abordado por adolescentes na Talbot Street, no centro de Dublin. Imagem: Facebook

Em 19 de julho, o americano Stephen Termini, de 57 anos, foi agredido por jovens de 14 e 15 anos na região central de Dublin.

Termini estava na Talbot Street quando foi abordado pelos adolescentes, que o cercaram e fizeram seguidos ataques, deixando-o inconsciente.

Ele foi internado em coma no hospital Beaumont, onde permaneceu sob cuidados. Segundo atualizações recentes do estado de saúde do turista americano, ele saiu do coma e está em melhora lenta. Um dos olhos de Termini foi muito afetado e ainda não se sabe se ele perderá parte da visão.

Os filhos Mike e Jesse Rizzuto vieram para Dublin dos EUA após vaquinha realizada para ajudar nas despesas familiares.

A Embaixada dos EUA na Irlanda chegou a emitir comunicado aos cidadãos do país para que tenham cuidado caso queiram visitar Dublin.

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?


Avatar photo
Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Veja também

Onde morar em Dublin?


Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email