Brasileiros homenageiam Thiago Côrtes em seu 1º aniversário de morte

Brasileiros homenageiam Thiago Côrtes em seu 1º aniversário de morte

Rubinho Vitti

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Há pouco mais de um ano, a vida do intercambista brasileiro Thiago Côrtes foi interrompida brutalmente após ele ter sido atropelado enquanto pedalava no subúrbio de Dublin, trabalhando como entregador.

Na quinta-feira, 2 de setembro, entregadores e a comunidade brasileira fizeram uma homenagem a Côrtes, partindo do monumento Spire, via margens do rio Liffey, em sentido à casa de shows 3Arena, onde foi colocada uma bicicleta branca para lembrá-lo.

Houve a presença de Frei Severino, que faz parte da comunidade católica de brasileiros na capital irlandesa, além de amigos, familiares e colegas de trabalho.

Thiago Côrtes foi atingido por um carro em alta velocidade, dirigido e ocupado por adolescentes, no dia 31 de agosto de 2020, morrendo no dia seguinte em um hospital da capital irlandesa. Ele tinha 28 anos e era noivo.

Os integrantes do carro fugiram sem prestar socorro. O adolescente que dirigia o carro que atropelou e matou Côrtes teve a prisão de dois anos decretada.

Leia também: Entregadores brasileiros revelam casos de violência nas ruas de Dublin

‘Conforta o coração’, diz pai de Thiago

Celso Côrtes, pai de Thiago, diz que homenagem ao filho em Dublin conforta o coração

Celso Côrtes Steel Goose, pai de Thiago Côrtes, disse que soube do ato pelos organizadores e que fica agradecido pela lembrança.

“Conforta o coração saber que ele, no pouco tempo em Dublin, fez tantos amigos. Que sirva de alerta aos que tentam uma melhor qualidade de vida aí na Irlanda, que nem tudo são flores, existe o outro lado, obscuro, como em qualquer outro lugar no mundo”, ressaltou.

Leia também: Como é o trabalho de entregador na Irlanda?

Em um ano, segundo ele, mudou muito pouco o que a família vem sentindo. “A falta dói. A saudade só aumenta. Sigo meu dia a dia tentando viver, nenhum pai ou mãe tem preparo para uma perda deste nível, não somos criados para isso, não é a ordem natural”, desabafou.

Celso ainda disse que o adolescente que atropelou Thiago “o privou de viver, de seus sonhos e de suas realizações, privou a família de participar de tudo isso”.

“Saber que seu algoz foi preso, aliviou um pouco”, ressaltou, dizendo que a condenação de apenas dois anos do adolescente que atropelou Thiago foi frustrante.

“Em breve estará solto e será que este tempo o fez repensar e mudar ou apenas confirma que o ‘crime compensa’? Para ele compensou por enquanto”, questionou Celso.

“É reconfortante ver que ele não foi esquecido”, diz viúva de Thiago

Teresa Dantas, viúva de Thiago Côrtes, vai participar do ato no dia 2 de setembro. Foto: Reprodução/Instagram

A viúva de Thiago, Teresa Dantas, participou do ato e disse que foi uma forma de união.

“É reconfortante ver que ele e o que aconteceu não foi esquecido. Infelizmente foi uma tragedia que mexeu com todos e, para os irlandeses, é importante que vejam que somos unidos”, disse, reafirmando que vai participar.

Para ela, a sentença foi dada ao adolescente que atropelou Thiago e que agora só espera que ele esteja de fato arrependido e que aprenda com o que fez.

Foto de capa: Arthur Medeiros

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar