Como alugar casa e apartamento pelo site Daft

Como alugar casa e apartamento pelo site Daft

Edu Giansante

8 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Para começar a vida de intercambista, nada mais necessário do que conseguir um “cantinho” para morar. Uma das formas de encontrar sua casa na Irlanda é procurar no Daft, um site especializado em aluguel. Mas será que é fácil encontrar um quarto pelo Daft?

Primeiramente, você precisará entender como navegar por esse site. Ou seja, focar, principalmente na busca de casas ou vagas para alugar e deixar de fora as opções de compra. Afinal, nenhum intercambista vai para a Irlanda com grana suficiente para comprar casa própria, não é mesmo?

Então vamos às dicas de como navegar pelo Daft.

Leia também: Guia completo sobre acomodação na Irlanda

Como buscar vaga de aluguel na Irlanda pelo Daft?

Pelo Daft, é possível encontrar casas e apartamentos para alugar em toda a Irlanda. Foto: Reprodução

Para começar, vamos falar sobre as duas abas que são mais comuns para se buscar uma vaga de aluguel em uma casa ou apartamento na Irlanda.

São eles:

  • Letting: você aluga “do zero”. Pega a casa vazia e precisa enchê-la (de gente, não necessariamente de móveis, pois você pode pesquisar apenas casas que estejam mobiliadas escolhendo a opção “yes” para “furnished”).
  • Sharing: “dividir”. O nome já diz. Você vai procurar apenas um quarto em uma casa já habitada.

Buscando uma casa compartilhada

A opção mais comum para intercambistas na Irlanda é alugar uma casa compartilhada pelo Daft. Foto: Reprodução

Se você acabou de chegar para o seu intercâmbio na Irlanda e ainda não tem emprego nem muitos amigos, sugiro começar pelo “sharing” (compartilhar).

Você pode pensar, “bacana, agora apareceu um campo de busca com ‘trocentas’ opções! O que eu faço?”

Calma, Zé! É simples: você só precisa selecionar os bairros que deseja (veja o mapa de bairros aqui), média de preços e o tipo de quarto. O resto não importa agora.

  • Bairros: números pares têm fama de serem melhores, mas não é regra. Se você procura algo próximo ao centro (ou, no máximo, 20 minutos) vá de D1 até D8.
  • Preços: coloque o seu limite máximo (por exemplo, 900 euros por mês). Você pode deixar o mínimo em branco.

Ouça: Acomodação na Irlanda e Opções Alternativas – E-Dublincast (Ep. 59)

Quais são os tipos de quartos disponíveis para alugar no Daft?

Pelo Daft, você pode escolher opções de aluguel como ‘single room’, ‘double room’, etc. Foto: Reprodução

Geralmente, na Irlanda, é possível encontrar quartos individuais, duplos, compartilhados, entre outros. Eles costumam estar disponíveis nas opções na hora de buscar sua vaga pelo Daft.

  • Single Room: quarto individual. Só você vai habitar o quarto, mas geralmente custa bem mais caro.
  • Double Room: quarto com cama de casal. Ideal para casais ou amigos que não se importam de dividir uma cama.
  • Twin Room: quarto com duas camas de solteiro. Fica mais barato e, se você conhece o indivíduo que vai dividir o quarto com você, é uma opção excelente!
  • Shared Room: vai dividir com uma pessoa ou mais.

Sugestão, caso esteja apertado: double (mesmo que sejam 2 amigas) ou twin.

Agora vamos exemplificar como funciona o Daft. Selecionei single room até 900 euros por mês em Dublin 2. Vamos ver… Pluft!

Apareceram poucos resultados.

Cliquei em um e abriu:

Quartos single podem custar cerca de 500 a 900 euros, dependendo da região e do estilo do quarto e da casa. Foto: Reprodução

Tem um monte de informação na página, mas se parar para ver com calma, é tudo bem simples.

De início você tem as fotos do quarto e da casa. Logo abaixo, você vê a descrição da casa. Vê o que acompanha, o que não acompanha (por exemplo, essa casa tem, atualmente, 2 pessoas).

Depois você tem acesso ao formulário de contato com o anunciante. Se for um nome, é geralmente a pessoa que está morando ou deixando o quarto. Se for um nome de empresa, aí é uma agência ou imobiliária que está gerenciando o anúncio.

Leia também: Conheça os desafios de encontrar uma acomodação em Dublin

Qual é a diferença?

Todos os tipos de acomodação pedirão um depósito junto com o primeiro pagamento. © Roman Romaniuk | Dreamstime.com

Busca pelo quarto perfeito para morar em Dublin pode ser feita pelo Daft. Foto: Roman Romaniuk | Dreamstime.com

Se for uma pessoa é mais informal. Ela provavelmente não terá poder de negociação (de valor), mas também tem menos burocracia. Quando é uma agência, você provavelmente terá um contrato, mais formalidade, mas pra quem se sente mais inseguro, é a melhor opção.

Ao entrar em contato, pergunte quando você poderá visitar, etc. E se você já estiver seguro com o inglês, pode ligar e já tentar agendar. Em gera, as ligações surtem mais efeitos do que os e-mails.

Viu? É fácil e indolor. Sugiro fazer isso com vários anúncios e ter algumas perguntas-padrão, porque depois acaba sendo mais fácil de você comparar as opções que encontrou. Depois de ponderar as melhores, agende as visitas.

Dica: Agende visitas de locais próximos no mesmo dia, pra não ficar rodando a cidade e perdendo seu valioso tempo!

O Daft também tem apps para iPhone e Android, caso queira fazer buscas enquanto anda pela rua.

Leia também: ‘Host family’: conheça os prós e contras da acomodação familiar

Veja também

Guia completo sobre acomodação na Irlanda

Edu Giansante, Fundador e CEO do edublin, Edu chegou na Irlanda em 2008, no ano pré-crise, pegou a nevasca de 2010 e comeu cérebro de cabra em Marrakesh. O Edu também é baterista da banda Irlandesa Medz.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar