Governo dá mais um passo para ter pubs, baladas e eventos abertos até às 6h na Irlanda

Governo dá mais um passo para ter pubs, baladas e eventos abertos até às 6h na Irlanda

Rubinho Vitti

3 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Não é de hoje que o governo irlandês está tentando buscar uma solução para reavivar a vida noturna no país. Hoje, pubs e casas noturnas, além de eventos como festas e festivais, precisam encerrar até às 3h.

O plano de estender esse horário até pelo menos às 6h existe desde 2020, mas essa ideia está mais perto de sair do papel como nunca.

O Ministério da Cultura, capitaneado pela ministra Catherine Martin, anunciou um processo seletivo que vai escolher seis vilas ou cidades na Irlanda para participar do novo programa piloto de Economia Noturna.

Haverá um financiamento do governo para auxiliar esse locais a desenvolverem projetos para a economia noturna. A chamada para as Autoridades Locais será encerrada em 24 de junho de 2022 e as cidades/vilas escolhidas serão anunciadas neste verão.

Entre os projetos pilotos confirmados estão atrações noturnas no National Concert Hall e o Museu Irlandês de Arte Moderna, ambos em Dublin, agendados para o verão.

O que é o projeto Night-Time Economy Taskforce?

Casas noturnas poderão abrir até às 6h caso proposta seja aprovada. Foto: Aditya Chinchure on Unsplash

O relatório do Night-Time Economy Taskforce foi publicado em setembro de 2021 e contém 36 recomendações práticas na área da regulação, licenciamento, planeamento, transporte, segurança e aumento da diversidade de atividades no período noturno, ou seja, entre 18h e 6h.

Além da possibilidade de abertura de pubs e casas noturnas até as primeiras horas da manhã, o projeto também visa fomentar a abertura de casas de cultura durante o período noturno, como museus e galerias.

Projeto prevê modernização da lei sobre o consumo de álcool

Leis sobre o consumo e venda de álcool na Irlanda poderão ser alteradas conforme proposta para reativação da vida noturna no país. Foto: Lukas Bee/Unsplash

De que adiantaria reabrir os pubs e casas noturnas se a lei sobre o consumo de álcool permanecesse a mesma? Além de permitir a venda de bebidas alcoólicas em pubs e casas noturnas até mais tarde, a ideia também é flexibilizar as licenças, para que bebidas possam ser vendidas em outros locais e setores culturais e de hospitalidade.

Para isso, o projeto visa modernizar a chamada Liquor Licensing (licença para venda de bebidas alcoólicas), que é datada do século 19, e também os Licensing Acts (1833 a 2018) e Registration of Clubs Acts (1904 a 2008)

Além disso, o projeto pede a extinção do Public Dance Halls Act, lei que existe desde 1935, colocando regras consideradas “arcaicas” para o funcionamento de casas noturnas.

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar