Intercâmbio no México: saiba como estudar e trabalhar no país

Intercâmbio no México: saiba como estudar e trabalhar no país

Karina Moura

4 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Você sabia que o intercâmbio no México é mais popular do que se imagina? Com uma população estimada de 126 milhões de habitantes, o país é uma ótima opção para os brasileiros que desejam aprender espanhol por um preço mais acessível do que na Espanha.

Mas não para por aí! Engana-se quem acha que o país só oferece o programa de idioma.

Fazer um intercâmbio no México pode ajudar você a expandir o seu conhecimento, além de aprender o espanhol.

Existem, também, diversos cursos universitários para aqueles intercambistas que desejam dar aquele up no currículo — são mais de 1.800 opções entre mestrado, doutorado e especializações registrados no Programa Nacional de Pós-Graduação em Qualidade (PNPC).

Além disso, o México tem excelentes universidades, que estão na lista entre as melhores do mundo, com ensino de qualidade e baixo custo. O país atrai muitos estudantes internacionais por causa da sua cultura, gastronomia, praias, desertos e sítios arqueológicos, que preservam a história de povos mesoamericanos.

Muitas pessoas ainda não conhecem muito sobre o México e como pode ser interessante fazer um intercâmbio por lá. Por esse motivo, neste artigo, vamos apresentar o país, mostrar as opções de programas disponíveis e como você pode planejar o seu intercâmbio.

‘¿Quieres saber más?’

Confira a seguir!

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Intercâmbio no México: o que você precisa saber sobre o país?

Quem faz intercâmbio no México vive internsamente a cultura e história, muito ricas no país. Foto: Pedro Lastra / Unsplash

Primeiro, vamos conhecer mais o país? O intercâmbio no México é uma imersão cultural completa! É viver em uma terra alegre, ter acesso a uma história rica e original, aproveitar as belas paisagens e a boa gastronomia.

Único país latino-americano da América do Norte, o estudante estrangeiro pode aproveitar em um mesmo lugar vários estilos de vida e de cidades. Tudo isso em um único lugar!

O México é o segundo país mais populoso e com o segundo maior PIB da América Latina, sendo, em ambos os casos, superado apenas pelo Brasil. Ele tem uma tradição indígena muito forte e, se você escolher o país para o seu intercâmbio, poderá conhecer os templos preservados até hoje.

País de Frida Kahlo e berço de civilizações pré-colombianas, como maias e astecas, ao todo, são 26 patrimônios mundiais da UNESCO, desertos, praias, poços naturais e manguezais.

O intercambista pode combinar estudo e lazer, aproveitando as inúmeras atrações do país, que podem ser encontradas nos seus 32 estados, como belas cidades coloniais, lindas praias do Mar do Caribe e do Oceano Pacífico e a famosa Cidade do México.

Incrível, não?

Quais os tipos de intercâmbio no México?

Intercâmbio no México para estudar espanhol é um dos mais comuns, principalmente entre brasileiros. Foto: Alexander Schimmeck / Unsplash

Agora que você já conheceu um pouco mais sobre o país, vamos falar sobre os programas de intercâmbio no México, são eles:

  • Curso de idioma (espanhol)
  • Ensino médio
  • Cursos universitários (graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado)
  • Voluntariado

A seguir, vamos detalhar cada um deles e passar todas as informações importantes para você planejar o seu intercâmbio para o México.

Curso de idiomas

Como mencionamos, aprender espanhol no México pode ser mais acessível do que na Espanha. Além de conhecer ou aprimorar o idioma, é possível juntar aulas com atividades extracurriculares como culinária, esportes, entre outros.

Algumas agências no Brasil oferecem pacotes entre 2 e 24 semanas de curso, com níveis que vão do básico ao intermediário e avançado. Não há exigência de proficiência no idioma, com exceção de programas específicos, como os preparatórios para o exame DELE — Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira.

Ensino médio

Sim, é possível cursar o ensino médio no México. Poucos brasileiros sabem disso, mas essa é uma ótima escolha para os estudantes que desejam aprimorar o idioma. Uma informação importante é que aproximadamente 87% dos estudantes no país estão matriculados em escolas públicas.

Caso o intercambista opte por fazer o “High School” no México, ele pode escolher estudar tanto nas escolas particulares quanto nas públicas.

Algumas agências no Brasil já oferecem opções de intercâmbio no país. Entretanto, existe, ainda, a possibilidade de fazer o ensino médio no México por meio do programa Rotary Club — no qual estudantes do mundo todo podem morar com famílias anfitriãs, frequentando a escola e vivendo a cultura local do país.

A hospedagem e a mensalidade são cobertas pela organização, e o restante das despesas ficam por conta dos responsáveis.

Outra opção é pela organização internacional, de base voluntária, o AFS. Eles oferecem oportunidades de aprendizagem intercultural por meio de programas de intercâmbio que promovam o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e o entendimento necessário para criar um mundo mais justo e pacífico.

Todas as aulas são realizadas em espanhol — por isso, é preciso ter um nível intermediário do idioma. Além do espanhol ser um pré-requisito, os estudantes precisam ter entre 15 e 19 anos e estar cursando o 2º grau no Brasil.

Cursos universitários

México tem excelentes universidades que podem ser sua segunda casa no intercâmbio. Foto: Bhargava Marripati / Unsplash

Você sabia que é possível fazer um intercâmbio universitário no México? O país tem excelentes universidades e muitas delas estão no ranking das melhores instituições do mundo como a Autónoma do México (UNAM), o Tecnológico de Monterrey e o Instituto Politécnico Nacional (IPN).

Para graduação, diversas universidades brasileiras têm convênios com instituições mexicanas, e os estudantes podem optar pelo intercâmbio acadêmico de seis meses ou um ano.

Para se candidatar, basta entrar em contato direto com a universidade de origem, no Brasil mesmo.

Para os cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado, é necessário inscrição online, prova de conhecimentos gerais e, em alguns casos, pré-projeto de pesquisa, carta de motivação, recomendação e currículo.

Em ambos os casos, o candidato precisa comprovar proficiência em espanhol. Importante destacar que o México também oferece bolsas de estudo para intercâmbio acadêmico.

Voluntariado

É possível também fazer um intercâmbio voluntário no México. No site Worldpackers, por exemplo, você encontra diversas opções de projetos sociais e ecológicos para o seu intercâmbio, com anfitriões que aguardam viajantes do mundo todo para ajudar, ensinar e cuidar de pessoas.

Além do impacto social, o intercambista pode trocar habilidades profissionais e outros serviços por hospedagem e diversos outros benefícios, como alimentação, transporte, entre outros.

Quanto custa o intercâmbio no México?

Os valores para o intercâmbio no México vão depender do tipo de intercâmbio, como citado acima. 

Conforme o edublin apurou com agências de intercâmbio, o valor para aprender espanhol fica por volta de 6 mil dólares, durante 24 semanas de curso (seis meses), incluindo apenas acomodação inicial. O valor em reais seria por volta de 34 mil, de acordo com cotação atual (dezembro/2021)

Quais os procedimentos necessários para fazer intercâmbio no México?

Visto para brasileiros não é obrigatório para cursos de intercâmbio no México de até 90 dias. Foto: Dennis Schrader / Unsplash

Basicamente, o que você precisa para fazer um intercâmbio no México é estar matriculado em um programa, visto, acomodação, passagens e dinheiro para alimentação e despesas diárias. Fique atento também aos documentos que podem ser exigidos para os cursos universitários.

Caso o seu intercâmbio no México tenha duração de até 90 dias (3 meses), o visto não é obrigatório. Para aqueles que pretendem ficar no país por mais tempo, o visto de estudante é obrigatório.

O visto de estudante precisa ser solicitado pessoalmente no Consulado do México. É necessário realizar uma entrevista, apresentar toda a documentação exigida, carta de aceite da instituição de ensino, um extrato bancário autenticado ou certificado mostrando que eles terão, pelo menos, US $350 por mês durante o período do curso e um certificado de boa saúde.

Há necessidade de cadastro de dados biométricos.

Importante!

O visto de estudante no México não permite trabalhar. Logo, o intercambista só tem direito a estudar no país. Dentro de 30 dias, ao chegar no país, o estrangeiro precisa se registrar no Cadastro Nacional de Cidadãos Estrangeiros.

Principais destinos para fazer intercâmbio no México

Cidade do México é uma das principais entre os intercambistas. Foto: Jezael Melgoza / Unsplash

Escolher a cidade para o seu intercâmbio no México está totalmente atrelado ao seu objetivo, até porque o local pode influenciar a sua experiência no exterior.

Porém, as principais cidades que recebem intercambistas no país são:

  • Acapulco
  • Cidade do México
  • Guadalajara
  • Playa del Carmen

Próximo passo para fazer seu intercâmbio no México

Conte com o edublin! Entre em contato com os nossos parceiros e pesquise os melhores destinos e preços de intercâmbio.

Por meio da ferramenta Orçamento Fácil, você preenche o formulário e a solicitação será enviada diretamente para as agências que se encaixam no seu perfil.

Em seguida, você começará a receber contato por e-mail, telefone e/ou mensagem no WhatsApp, e poderá conversar melhor sobre o que você busca e comparar as opções antes de fechar seu intercâmbio.

Dúvidas sobre intercâmbio no México

 

Tem intercâmbio no México?

Sim! Geralmente, brasileiros fazem intercâmbio no México para aprender espanhol ou fazer cursos superiores, além do ensino médio.

Quanto custa o intercâmbio no México?

Conforme o edublin apurou com agências de intercâmbio, o valor de um intercâmbio para aprender espanhol fica por volta de 6 mil dólares, durante 24 semanas de curso (seis meses), incluindo apenas acomodação inicial. O valor em reais seria por volta de 34 mil, de acordo com cotação de dezembro/2021.

Onde fazer intercâmbio no México?

As principais cidades que recebem intercambistas no México são:
Acapulco
Cidade do México
Guadalajara
Playa del Carmen

O que é preciso para fazer intercâmbio no México?

Caso o seu intercâmbio no México tenha duração de até 90 dias (3 meses), o visto não é obrigatório. Para aqueles que pretendem ficar no país por mais tempo, o visto de estudante é obrigatório.
O visto de estudante precisa ser solicitado pessoalmente no Consulado do México. É necessário realizar uma entrevista, apresentar toda a documentação exigida, carta de aceite da instituição de ensino, um extrato bancário autenticado ou certificado mostrando que eles terão, pelo menos, US $350 por mês durante o período do curso e um certificado de boa saúde.

Veja também

Guia completo sobre acomodação na Irlanda

Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar