St. Patrick’s Cathedral: o verdadeiro cartão-postal de Dublin

St. Patrick’s Cathedral: o verdadeiro cartão-postal de Dublin

Rubinho Vitti

3 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Que São Patrício é o padroeiro da Irlanda, todos nós já sabemos, não é mesmo? Por isso mesmo, não é difícil identificar a St. Patrick’s Cathedral — Catedral de São Patrício — como sendo o cartão-postal da cidade de Dublin.

A imponente catedral foi construída entre 1220 e 1260 como forma de homenagear St. Patrick (ou São Patrício). Ou seja, está há mais de 800 anos fazendo parte da história de Dublin e da Irlanda. Por isso, tornou-se um dos pontos turísticos principais e mais visitados da capital irlandesa e da Ilha.

Ela é um dos poucos locais que mantêm o espírito da era medieval em Dublin. Segundo conta a história, o local escolhido para a construção da catedral — hoje conhecido como a região de Dublin 8 — era onde São Patrício batizava os novos cristãos.

Era lá que, no século 5, ele convertia para o cristianismo os líderes celtas que viviam na Ilha.

Vamos entender melhor a história da St. Patrick’s Cathedral, a catedral de São Patrício, em Dublin, na Irlanda.

Acompanhe!

Leia também: O que fazer na Irlanda: melhores cidades, roteiros e locais para visitar

St. Patrick’s Cathedral: a maior catedral da Irlanda

A St. Patrick’s Cathedral é a maior catedral da Irlanda e está na lista dos grandes cartões-postais do país, além de homenagear São Patrício, o padroeiro da Ilha. Foto: Rubinho Vitti

A St. Patrick’s Cathedral é considerada a maior catedral da Irlanda. Apesar de seu tamanho, o arcebispo de Dublin não tem residência nessa catedral, mas, sim, na Christ Church Cathedral.

Um curiosidade é que um dos mais famosos reitores da Catedral de São Patrício, em Dublin, foi Jonathan Swift, autor da mundialmente conhecida coleção de livros Gulliver’s Travels — As Aventuras de Gulliver.

Ele atuou no cargo nos anos 1713 a 1745 e, de lá, tirou muitas inspirações para sua obra.

Outra curiosidade é a idade do coral da catedral, fundado em 1432 e até hoje existente. Ele se apresenta na igreja todos os dias em período escolar. A capela da catedral é datada de 1270 e foi restaurada no formato original.

Ouça: St. Patrick’s Day, o carnaval da Irlanda – E-Dublincast (Ep. 57)

St. Patrick’s Cathedral sobreviveu a catástrofes

Diz a lenda que o próprio São Patrício batizava líderes celtas convertidos ao catolicismo onde hoje fica a St. Patrick’s Cathedral. Foto: Fabio Gibelli

Como quase todas as igrejas medievais da Europa, a St. Patrick’s Cathedral também sofreu alterações durante sua existência de séculos. Principalmente por conta de guerras e catástrofes.

O edifício original passou por tempestades e incêndios que alteraram sua originalidade. Em 1864, houve uma das mais questionáveis obras na catedral, que sofreu a moda neogótica que estava presente na arquitetura do país naquela época.

A catedral chegou a se tornar um estábulo para cavalos do exército inglês quando Oliver Cromwell — uma das figuras mais odiadas da história da Irlanda — tornou-se lorde protetor do país em 1649, após massacrar muitos irlandeses.

St. Patrick’s Cathedral: uma catedral anglicana

Apesar de não ser originalmente católica, a St. Patrick’s Cathedral é considerada, hoje, uma igreja nacional da Irlanda, ou seja, católica e protestante. Foto: Jaime Casap/Unsplash

Engana-se quem pensa que a St. Patrick’s Cathedral é uma igreja católica. Tanto ela quanto a Christ Church Cathedral são catedrais anglicanas e existem até hoje, apesar da predominância católica da Irlanda.

Atualmente, a catedral faz parte das igrejas nacionais da Irlanda e não é considerada protestante nem católica.

Como visitar?

A St. Patrick’s Cathedral recebe visitas diárias. O valor dos ingressos é de 8 euros para adultos e 7 euros para estudantes.

A catedral também realiza eventos como apresentações de corais e exposições.

Verifique disponibilidade de acordo com as regras da Covid-19 na Irlanda.

Quer conhecer a St. Patrick’s Cathedral? Não espere para dar o segundo passo: solicite um orçamento completo de um intercâmbio de estudo e trabalho aqui no E-Dublin e comece a planejar a sua viagem à Irlanda!

Perguntas e respostas sobre a St. Patrick’s Cathedral

Onde fica a St. Patrick’s Cathedral?

A St. Patrick’s Cathedral (Catedral de São Patrício) fica localizada em Dublin, na região de D08. Ela foi construída entre 1220 e 1260.

Qual a maior catedral da Irlanda?

A St. Patrick’s Cathedral é considerada a maior catedral da Irlanda. Apesar de seu tamanho, o arcebispo de Dublin não tem residência nessa catedral, mas, sim, na Christ Church Cathedral.

A St. Patrick’s Cathedral é católica?

Não! Engana-se quem pensa que a St. Patrick’s Cathedral é uma igreja católica. Tanto ela quanto a Christ Church Cathedral são catedrais anglicanas e existem até hoje apesar da predominância católica da Irlanda.
Atualmente, a catedral faz parte das igrejas nacionais da Irlanda e não é considerada protestante nem católica.

Quem foi São Patrício?

Um dos personagens mais icônicos na história da Irlanda, São Patrício (St. Patrick) pode ser visto como símbolo de fé e do folclore irlandês. São Patrício era simplesmente um jovem ex-escravo e sacerdote que foi incumbido de levar a doutrina cristã para a Irlanda, de onde se tornou patrono. Leia mais aqui!

Veja também

Onde morar na Irlanda? Capital ou no Interior

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar