Wild Atlantic Way: conheça a rota turística mais incrível da Irlanda

Wild Atlantic Way: conheça a rota turística mais incrível da Irlanda

Ana Carolina Brunelli

3 semanas atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Wild Atlantic Way é uma rota na costa oeste e em partes das costas norte e sul da Irlanda que simplesmente impressiona qualquer viajante. O circuito tem 2.600 km de extensão à beira do Oceano Atlântico, sendo considerada uma das mais longas rotas costeiras do mundo.

O percurso começa na cidade de Kinsale, no condado de Cork, e chega até o extremo norte, terminando em Derry, na fronteira com a Irlanda do Norte.

A ideia de tornar o Wild Atlantic Way um ponto turístico famoso partiu do governo da Irlanda, com o objetivo de aumentar o turismo nas regiões por onde o trajeto passa e para valorizar lugares de grande importância histórica para o país.

Mesmo sendo um passeio longo, não é nada cansativo. Afinal, do início ao fim surpreende com paisagens incríveis. Sem contar que dirigir ao lado do oceano, com vistas de tirar o fôlego, torna a Wild Atlantic Way uma experiência única e apaixonante.

Cidadezinhas encantadoras estão ao longo da costa, assim como monumentos antigos e cheios de histórias. E sim, cada curva reserva uma surpresa!

O percurso é um verdadeiro encontro de água e terra, cheio de falésias, baías, praias fascinantes e ilhas místicas, ou seja, a paisagem muda o tempo todo e nunca decepciona.

Leia também: O que fazer na Irlanda: melhores cidades, roteiros e locais para visitar

Como é o percurso do Wild Atlantic Way?

É possível fazer a rota do Wild Atlantic Way de carro ou com excursões. Imagem: www.thewildatlanticway.com

É claro que existem agências de turismo que oferecem excursões para fazer a Wild Atlantic Way. Porém, isso não proporciona a mesma liberdade de fazer a viagem com tempo, selecionando os pontos que mais interessam. Também não dá a chance de fazer aquela pausa no meio do caminho só para apreciar a natureza.

Ou seja, para quem tem tempo, o ideal é embarcar nessa aventura de carro ou moto, curtindo cada momento e todas as belezas naturais que só são possíveis de se encontrar na Ilha Esmeralda.

Wild Atlantic Way: o que tem pelo caminho?

Existem vários pontos de descoberta durante a Wild Atlantic Way, e alguns deles você vai conhecer agora.

Confira a lista abaixo com algumas das maravilhas que você encontrará pelo caminho quando decidir se jogar na estrada para seguir a rota mais famosa da Irlanda:

  • Malin Head, Co. Donegal
  • Fanad Head, Co. Donegal
  • Slieve League, Co. Dongeal
  • Mullaghamore Head, Co. Sligo
  • Downpatrick Head, Co. Mayo
  • Keem Strand, Co. Mayo
  • Killary Harbour, Co. Galway
  • Derrigimlagh, Co. Galway
  • Cliffs of Moher, Co. Clare
  • Loop Head, Co. Clare
  • Blasket Sound, Co. Kerry
  • Bray Head, Skelligs View, Co. Kerry
  • Dursey Island, Co. Cork
  • Mizen Head, Co. Cork
  • Old Head of Kinsale, Co. Cork

São mais de quinze pontos surpreendentes que você pode incluir no seu roteiro pela Wild Atlantic Way!

Por isso, selecionamos cinco desses lugares, que são paradas obrigatórias na sua primeira viagem pela rota.

Cliffs of Moher, Co. Clare

Cartão-postal irlandês, Cliffs of Moher está na rota Wild Atlantic Way. Foto: Rubinho Vitti

The Cliffs of Moher é a atração turística mais procurada pelos viajantes que chegam à Irlanda, principalmente por aqueles que desejam ficar frente a frente com as famosas falésias do país.

Cliffs of Moher é um lugar capaz de hipnotizar qualquer pessoa com a beleza de suas gigantescas falésias, que sobem até 214 metros acima do Atlântico.

Ah, e é bom ir com bastante tempo para caminhar pelos penhascos e apreciar a paisagem, que é realmente impressionante. Acredite: você pode passar horas lá e não vai enjoar.

Leia também: Principais pontos turísticos da Irlanda para visitar em 2021

Killary Harbour, Co. Galway

Killary Harbour, em Galway, faz parte da rota Wild Atlantic Way. Foto: Olivier Guillard/Unsplash

Killary Harbour é o único fiorde da Irlanda e se estende por 16 quilômetros entre o oceano Atlântico e a vila de Leenane e que atua como uma fronteira natural entre os dois condados da Irlanda: Mayo e Galway.

A vista de Killary é certamente espetacular, e quem decide fazer uma pausa por lá não pode deixar de subir a bordo do catamarã Killary Cruises para um passeio super especial, com direito a música ao vivo, almoço e, até mesmo, um cafezinho irlandês.

O ponto alto desse tour é conseguir avistar os golfinhos que sempre ficam pertinho do fiorde.

Slieve League, Co. Dongeal

Slieve League, em Donegal, um dos condados por onde passa a rota Wild Atlantic Way. Foto: Brian Kelly/Unsplash

O cenário fascinante do penhasco de Slieve League é mais uma das maravilhas naturais do Wild Atlantic Way, onde é possível apreciar uma das falésias marítimas mais altas da Europa, com cerca de 600 metros.

Para os mais aventureiros, existe um caminho estreito no cume, conhecido como “Caminho de um homem”, no qual os penhascos podem ser atravessados. Adrenalina pura!

Sliabh Liague é quase duas vezes mais alto que a Torre Eiffel, em Paris, e quase três vezes a altura dos famosos penhascos de Moher, no condado de Clare. É até difícil imaginar o tamanho, né?

Uma coisa é garantida: visitar Sliabh Liague vale a pena e é uma experiência inesquecível para viver durante o caminho da Wild Atlantic Way.

Downpatrick Head, Co. Mayo

Downpatrick Head é uma famosa formação rochosa encontrada no condado de Mayo. Foto: Irina Shishkina/Unsplash

Downpatrick Head, localizado no condado de Mayo, é um lugar com belezas naturais surreais e com uma relevante importância histórica para a Irlanda. É um ponto turístico da Wild Atlantic Way, que merece uma longa pausa para simplesmente apreciar o grupo de ilhas rochosas que se projetam no Oceano Atlântico.

O nome Downpatrick foi criado na época em que o próprio São Patrício (padroeiro da Irlanda) fundou uma igreja no local. Hoje em dia, ainda é possível ver as ruínas do prédio da igreja, uma cruz de pedra e um poço sagrado.

E tem mais: existe uma lenda em que São Patrício (St. Patrick, padroeiro da Irlanda) atingiu o solo da região com seu cajado, fazendo com que a barreira marítima se separasse do continente.
Downpatrick é aquele destino para quem deseja respirar ar fresco do mar e fazer uma incrível caminhada pela costa, tudo isso com direito a muita história.

Dursey Island, Co. Cork

Para chegar à ilha de Dursey, é preciso utilizar o único teleférico existente na Irlanda. Foto: K. Jähne

A ilha de Dursey é um verdadeiro paraíso e pode ser acessada pelo único teleférico da Irlanda. A travessia no teleférico leva, aproximadamente, dez minutos e, sem dúvida, vale a pena. Afinal, o lugar abriga inúmeras aves marinhas de espécies raras e está cheio de golfinhos e baleias circulando pelas águas.

Ah, e Dursey não tem lojas, pubs ou restaurantes, ou seja, é um destino para quem realmente ama o contato com a natureza e quer passar um tempo longe do caos das cidades.

Depois de ler sobre todas essas maravilhas que fazem parte do trajeto da Wild Atlantic Way, você ainda tem dúvida sobre inserir a rota mais famosa da Irlanda na sua lista de viagens?

E além de todas as paradas a fazer pelo caminho, ainda dá para finalizar os dias na Ilha Esmeralda de um jeito bem especial, viu? Contemplando o pôr do sol com vista para o Oceano Atlântico.

Wild Atlantic Way: visite durante seu intercâmbio na Irlanda

Agora você já conhece a rota Wild Atlantic Way e pode colocá-la na lista para quando viajar pela Irlanda.

Então é hora de se planejar e entender mais detalhes desse processo. Vamos ajudar você no próximo passo.

Entre em contato direto com agências de intercâmbio que podem facilitar sua vida na hora de fechar o seu intercâmbio. Faça seu cadastro no Orçamento Fácil do E-Dublin e encontre os melhores preços e oportunidades.

O que é o Wild Atlantic Way?

Wild Atlantic Way é uma rota na costa oeste e em partes das costas norte e sul da Irlanda que simplesmente impressiona qualquer viajante. O circuito tem 2.600 km de extensão à beira do Oceano Atlântico, sendo considerada uma das mais longas rotas costeiras do mundo.

Qual o percurso do Wild Atlantic Way?

O percurso começa na cidade de Kinsale, no condado de Cork, e chega até o extremo Norte, terminando em Derry, na fronteira com a Irlanda do Norte.

Onde fica o Wild Atlantic Way?

Fica na Irlanda e passa por vários condados e cidades:

Malin Head, Co. Donegal
Fanad Head, Co. Donegal
Slieve League, Co. Dongeal
Mullaghamore Head, Co. Sligo
Downpatrick Head, Co. Mayo
Keem Strand, Co. Mayo
Killary Harbour, Co. Galway
Derrigimlagh, Co. Galway
Cliffs of Moher, Co. Clare
Loop Head, Co. Clare
Blasket Sound, Co. Kerry
Bray Head, Skelligs View, Co. Kerry
Dursey Island, Co. Cork
Mizen Head, Co. Cork
Old Head of Kinsale, Co. Cork

 

Veja também

Onde morar na Irlanda? Capital ou no Interior

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar