Como levar dinheiro para a Irlanda (2024)

Como levar dinheiro para a Irlanda (2024)

edublin Press

2 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Durante o seu planejamento de intercâmbio na Irlanda, você provavelmente se deparou com uma informação essencial: a necessidade de comprovação financeira para custear as suas despesas no país.

Segundo a regra estabelecida pelo Irish Immigration Service, estudantes estrangeiros que vão permanecer no país por um período igual ou superior a seis meses devem comprovar na imigração uma renda mínima.

Intercambistas precisam de comprovação financeira para estudar na Irlanda. Foto: Omid Armin / Unsplash

Para estudantes de inglês o valor é de 4.500 euros. Já para intercambistas que farão um curso universitário, a comprovação financeira é de 10 mil euros.

Quem planeja estudar na Irlanda por um período entre 3 e 5 meses, é exigida a comprovação de 700 euros por mês de estadia em solo irlandês.

Como realizar o sonho do intercâmbio exige um grande investimento financeiro, durante o planejamento uma das principais dúvidas dos estudantes é sobre qual o melhor jeito de se levar dinheiro para a Irlanda.

É justamente por isso que hoje vamos abordar as principais maneiras de levar dinheiro para o exterior, as vantagens de cada uma delas, além de um comparativo de taxas entre as opções.

Assim, você vai encontrar a que melhor se adequa ao seu perfil e necessidades.

Cartão de débito internacional

Cartão de débito ajuda a evitar altas taxas de IOF. Divulgação.

Utilizar um serviço de cartão de débito em moeda estrangeira é, certamente, uma das escolhas mais inteligentes para quem busca aliar segurança e economia no intercâmbio ou em viagens internacionais.

Uma das vantagens significativas é a flexibilidade oferecida aos viajantes, que podem escolher entre possuir um cartão físico, um virtual, ou ambos, adaptando-se assim às necessidades específicas de cada um.

Além da ampla aceitação global, garantindo que você possa realizar compras ou sacar dinheiro em moeda local em praticamente qualquer parte do mundo, estes cartões também oferecem proteção contra flutuações cambiais, permitindo que você faça uso do seu dinheiro com as taxas de câmbio reais do momento da transação.

Isso, sem mencionar a vantagem de evitar altas taxas de IOF, tornando cada gasto mais econômico em comparação a outras formas de movimentação financeira internacional.

Como obter um cartão de débito para levar dinheiro na minha viagem?

Ao planejar sua viagem internacional, a escolha de um cartão de débito adequado se torna um passo crucial para garantir uma experiência sem preocupações.

No mercado, diversas opções atendem a variadas necessidades, mas é importante buscar soluções que combinem segurança, economia e praticidade.

Entre as escolhas disponíveis, a Nomad se destaca por ser voltada especialmente para o público brasileiro, oferecendo algumas vantagens significativas, como:

  • Conta global com isenção de taxas para abertura e manutenção
  • Sem necessidade de saldo mínimo
  • Você pode transferir dinheiro para a conta em dólar via Pix, algo muito prático hoje em dia
  • Gratuidade nas transferências entre contas Nomad
  • Isenção da taxa anual do cartão e nas operações realizadas com o cartão Nomad
  • Potencial para economizar até 10% em compras
  • Possibilidade de efetuar compras tanto em estabelecimentos físicos quanto online internacionais, além de pagar por serviços digitais e assinaturas
  • Alta segurança, com cobertura de até US$ 250 mil por instituições financeiras norte-americanas
  • Cartão de débito internacional em versões física e/ou virtual
  • Cartão aceito em mais de 180 países

Além disso, você pode utilizar o cartão da Nomad para compras e saques (gratuitos pela rede MoneyPass) em diversas moedas, promovendo economia significativa com apenas 1,1% de IOF, contra 4,38% dos cartões tradicionais.

Cartão da Nomad pode ser usado em viagens não só para a Irlanda, mas para qualquer país. Foto: Nomad

No caso dos intercambistas viajando para a Irlanda, a conversão automática para outras moedas, como o Euro, adiciona praticidade e vantagem financeira.

A abertura da conta é rápida e requer apenas documentos brasileiros, um número de celular brasileiro ou americano, e você ainda ganha benefícios como acesso à sala VIP no aeroporto de Guarulhos quando for fazer suas viagens internacionais.

O cartão também pode ser adicionado em carteiras digitais como Apple Pay e Samsung Pay.

Esse conjunto de facilidades coloca a Nomad em posição de destaque para quem busca eficiência e economia ao levar dinheiro do Brasil para a Irlanda ou para qualquer outro país.

Participe da Promoção: “Você no Mundo com a Nomad”.

Quer ganhar 2 viagens com acompanhante para qualquer lugar do mundo que a Nomad é aceita e ainda mais 10 iPhones 15 PRO?

São 12 prêmios para beneficiar quem já é cliente Nomad e para quem irá se tornar agora

Como participar e gerar números da sorte?

1 – Se você ainda não for cliente, baixe o aplicativo da Nomad por aqui, insira o código EDUBLIN no campo de convidado e ative sua conta pelo aplicativo da Nomad para ganhar 1 (um) número da sorte de participação.

Você ainda vai ganhar até 20 dólares de cashback para usar como quiser!

2 – Faça uma operação de câmbio na conta corrente

A cada nova operação de câmbio na conta corrente com o valor mínimo de US$100,00 (cem dólares americanos), você ganha 5 (cinco) números da sorte.

3 – Faça uma operação de câmbio para conta investimento

A cada US$ 100,00 (cem dólares americanos) em operações de câmbio realizadas dentro do aplicativo da Nomad para a conta investimento, você ganha 10 (dez) números da sorte.

Certificado de Autorização SPA/ME N.° 04.033005/2024
Período: Promoção válida a partir da 00h00 do dia 08/4/2024 até as 23h59 do dia 31/5/2024 (horário oficial de Brasília)
Confira o regulamento através do site oficial: https://www.vocenomundocomanomad.com/

Cartão de crédito

Fique de olho nas taxas se optar pelo cartão de crédito. Foto: Freepik

Utilizar o cartão de crédito para levar recursos financeiros para a Europa representa uma alternativa conveniente, embora possa ser mais custosa em comparação a outras opções.

Contudo, as transações internacionais com cartão de crédito implicam custos adicionais, incluindo o IOF de 4,38% sobre cada compra realizada no exterior.

Além disso, a taxa de câmbio aplicável é a vigente no dia do fechamento da fatura, o que pode resultar em despesas mais elevadas caso o valor da moeda estrangeira aumente significativamente após a viagem.

Outro ponto a considerar é que o cartão de crédito possui um limite preestabelecido de gastos, e a taxa de câmbio cobrada no fechamento da fatura geralmente é superior à taxa aplicável nas transações em dinheiro ou em cartões pré-pagos.

Esta diferença pode acarretar um custo final consideravelmente mais alto, o que, somado aos demais gastos da viagem, pode impactar significativamente o orçamento do viajante.

Importante: antes de viajar, não esqueça de notificar o banco emissor do cartão sobre a viagem, para assegurar a autorização de transações internacionais no seu destino.

Saque da conta corrente no Brasil

Imigração irlandesa aceita extrato em conta corrente brasileira como comprovação financeira. Foto: rawpixel.com / Freepik

Desde 2016, a imigração irlandesa passou a aceitar como comprovação financeira o extrato bancário de uma conta corrente em banco estrangeiro, desde que este documento tenha menos de um mês e esteja acompanhado do cartão da conta em questão.

Assim, você poderia continuar utilizando o saldo da sua conta corrente brasileira na Irlanda. Mas, apesar de parecer bem prática, essa opção pode ser uma enrascada, já que cada transação realizada está sujeita não só ao IOF, mas também às taxas praticadas pelo seu banco no Brasil, que geralmente costumam ser bem elevadas quando se trata de transações no exterior.

Se você optar por esse método, assim como nos cartões de crédito, também é importante se lembrar de autorizar o uso do seu cartão no exterior diretamente com o seu banco com pelo menos uma semana de antecedência da sua viagem.

Dinheiro em espécie

Tenha cuidado redobrado ao viajar com dinheiro em espécie! Foto: Racool_studio / Freepik

Uma das formas escolhidas pelos intercambistas para levar dinheiro para o exterior é o dinheiro em espécie, ou seja, em notas físicas, já que essa modalidade possui Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) mais baixo, limitado a 1,1%.

Por outro lado, essa opção pode não ser a mais segura, já que, apesar da Irlanda ser um país relativamente seguro, nunca se pode descartar a possibilidade de roubos ou furtos.

Além disso, carregar uma alta quantia de dinheiro em espécie nem sempre é muito prático, afinal você terá uma preocupação extra para não perder o dinheiro.

Também é importante destacar que caso você decida levar um valor maior que o obrigatório, será necessário declarar o dinheiro na Receita Federal brasileira.

Existe um limite de US$ 10 mil que podem ser levados para fora do país sem a necessidade de comprovação. Mas, se você precisar declarar, é só preencher a Declaração Eletrônica de Bens do Viajante (e-DBV) disponível na internet e apresentá-la no aeroporto no dia do embarque.

Cartões “Travel Money”

O cartão “Travel Money”, também conhecido como cartão de viagem pré-pago, é frequentemente promovido por casas de câmbio como uma alternativa conveniente ao transporte de dinheiro físico.

Este produto é valorizado por sua conveniência e segurança, além de proteger os usuários contra flutuações nas taxas de câmbio. Contudo, sua popularidade diminuiu após o aumento da alíquota do IOF para recargas, igualando-se à taxa aplicada aos gastos com cartão de crédito internacional.

Vale destacar que esses cartões não oferecem acúmulo de milhas, pontos ou cashback, e costumam apresentar taxas de câmbio menos atrativas. Isso pode tornar o Travel Money uma opção menos vantajosa para alguns viajantes frequentes.

Lembre-se…

A decisão sobre como levar dinheiro para a Irlanda ou para qualquer outro país, deve ser baseada em uma avaliação criteriosa de suas necessidades pessoais, do quanto você pode gastar e dos seus planos durante a estadia.

É essencial se organizar com antecedência para assegurar que sua experiência na Irlanda seja produtiva, tanto no aspecto cultural quanto acadêmico.

Escolhendo a opção financeira mais adequada ao seu perfil, você estará se preparando para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades do seu intercâmbio da melhor maneira possível.

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?


Avatar photo
edublin Press, Este artigo é de autoria da assessoria de imprensa do edublin. Ele foi elaborado com o objetivo de agregar conteúdos relevantes e curiosidades sobre a Irlanda e viagens ao nosso site. Para mais informações, escreva para [email protected]

Veja também

Guia completo sobre acomodação na Irlanda


Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email