Qual é o fuso horário entre Brasil e Irlanda?

Qual é o fuso horário entre Brasil e Irlanda?

Rubinho Vitti

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Oficialmente, o fuso horário entre Brasil e Irlanda é de três horas, entre outubro e março, com os ponteiros no país europeu sempre adiantados.

Foi-se o tempo em que havia mudanças na diferença de fuso entre os dois países pelo menos três vezes ao ano. Com o cancelamento do horário de verão brasileiro, que não existe desde 2020, agora a mudança ocorre duas vezes, isso porque a Irlanda, assim como a União Europeia, segue alterando os relógios entre a primavera e o outono (março e outubro).

O chamado Daylight Saving Time, o “horário de verão europeu”, porém, deveria ter acabado em 2021, o que foi adiado por conta do Brexit e da pandemia da Covid-19.

A Irlanda entrou no Daylight Saving Time, o “horário de verão europeu”, na madrugada do domingo, 27 de março de 2022. Os relógios foram adiantados em uma hora. Quando era 1h da madrugada, os ponteiros foram alterados para às 2h.

Qual é o fuso horário entre Brasil e Irlanda?

Brasil não terá horário de verão em 2020

Sem o horário de verão brasileiro, fuso horário entre Brasil e Irlanda é de três horas, entre outubro e março, e de 4 horas, entre março e outubro. Foto: Pxhere

Oficialmente, o fuso horário entre Brasil e Irlanda é de três horas, entre outubro e março. No caso, a Irlanda está à frente. Ou seja, quando é 0h no Brasil, já são 3h da madrugada na Ilha Esmeralda.

Já durante o horário de verão irlandês, o Daylight Saving Time, entre março e outubro, o fuso horário entre Brasil e Irlanda fica sendo de 4 horas.

Exemplos: 0h no Brasil = 4h na Irlanda; 10h (10am) no Brasil =  14h na Irlanda (2pm).

E assim vai.

Leia também: O que é e como evitar o ‘jet lag’?

União Europeia decidiu pelo fim do horário de verão

Horário de verão na Irlanda começou à 1h da madrugada de domingo, 27 de março de 2022. Foto: Phxere

As mudanças de horário durante a primavera e o outono europeus têm se tornado impopulares ao longo dos anos. Quem critica as alterações diz que isso perturba o biorritmo de humanos e animais e causa problemas de saúde.

Em 2018, uma pesquisa da União Europeia indicou um apoio esmagador para o fim do horário de verão. Um ano depois, o Parlamento Europeu votou pela sua abolição até 2021.

A Irlanda, junto ao resto da UE, deveria acabar com a mudança de relógios neste ano, mas, devido a complicações com o Brexit e a pandemia, ele foi adiado.

Os países membros da UE ainda não ratificaram a mudança, mas, se o fizerem, um fuso horário permanente poderá ser incorporado já em 2022.

A partir de então, cada Estado-Membro da UE vai decidir qual horário, de inverno ou verão, vai aderir ao longo do ano.

Ainda não se sabe se a Irlanda deverá permanecer no horário de verão, não alterando mais o horário após outubro de 2021 (ou seja, diferença de quatro horas com o Brasil) ou no horário normal, alterando pela última vez o horário, com o atraso de uma hora em outubro (diferença de 3 horas com o Brasil).

Veja também

O guia completo do clima na Irlanda

Rubinho Vitti, Jornalista de Piracicaba, SP, vive em Dublin desde outubro de 2017. Foi editor e repórter nas áreas de cultura e entretenimento. Também é músico, canceriano e apaixonado por arte e cultura pop.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar