Intercâmbio no Canadá de um mês vale a pena?

Intercâmbio no Canadá de um mês vale a pena?

Karina Moura

3 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Intercâmbio no Canadá de um mês vale a pena? Sim, desde que isso esteja alinhado com os seus objetivos. Mesmo sendo um período curto, dá para aproveitar bastante o intercâmbio de apenas 30 dias!

Essa opção é perfeita para quem quer aproveitar as férias de trabalho para estudar, melhorar o idioma e o currículo profissional, além de vivenciar uma experiência no exterior e conhecer gente do mundo todo.

Hoje, o Canadá recebe muitos brasileiros, com várias faixas etárias, que querem tirar o máximo de proveito em pouco tempo. O país tem um excelente sistema de educação, um povo extremamente simpático e paisagens de tirar o fôlego!

Inclusive, além de estudar, você pode aproveitar os finais de semana para fazer turismo no país e conhecer outras cidades.

A seguir, o Edublin conta mais detalhes sobre um intercâmbio no Canadá de um mês.

Confira!

Leia também: Intercâmbio no Canadá: guia completo de planejamento (2022)

Como fazer intercâmbio no Canadá de um mês?

É possível se programar para fazer intercâmbio no Canadá de um mês. Foto: Lucas George Wendt / Unsplash

O primeiro passo é você começar suas pesquisas e saber quanto tem de orçamento! Em seguida, definir a cidade, tipo de curso, acomodação e passagem aérea. Muitas agências no Brasil oferecem pacotes de intercâmbio no Canadá de um mês, mas você pode fazer por conta própria, direto com as instituições de ensino.

Outro detalhe importante é a emissão do visto canadense. Nesse caso, como o tempo é curto, o visto indicado é o de turismo, com duração de até 6 meses (24 semanas).

O processo de visto para o Canadá requer comparecimento do solicitante no horário marcado para a coleta biométrica — necessária para todas as pessoas entre 14 e 89 anos para fins de turismo, estudo, trabalho ou residência permanente.

Os documentos necessários para emissão do visto de turismo são:

  • passaporte com validade superior a 6 meses da data de viagem;
  • formulário oficial do governo canadense;
  • foto 3×4 recente com fundo branco;
  • certidão de nascimento ou casamento;
  • imposto de renda completo;
  • extrato bancário dos últimos 3 meses;
  • preencher e assinar os formulários oficiais.

O visto de turismo custa CAD$ 100, cerca de R$ 400. Não esqueça de dar entrada no processo, pelo menos, dois meses antes do seu embarque! Para mais informações, clique aqui.

Desde maio de 2017, os brasileiros com visto americano válido e/ou que tenham tido um visto canadense nos últimos dez anos podem solicitar apenas o Electronic Travel Authorization (eTA).

O eTA funciona como um visto on-line: basta entrar no site do governo do Canadá, informar os dados do passaporte, do visto obtido e pagar uma taxa de CAD$ 7.

Na maior parte das vezes, em poucos minutos, o solicitante tem a autorização eletrônica de viagem aprovada e confirmada por e-mail.

Leia também: Intercâmbio no Canadá de seis meses: vale a pena?

Quais tipos de curso fazer em um intercâmbio no Canadá de um mês?

Quem deseja fazer intercâmbio no Canadá de um mês pode escolher vários tipos de cursos. Foto: Foto: Jaime Dantas / Unsplash

Agora que você já sabe as principais informações sobre um intercâmbio no Canadá de um mês, vamos falar dos tipos de cursos disponíveis para esse período.

Os programas de inglês são o general, o business e o academic, além dos de proficiência e o general french (curso de francês geral).

Sim, você não leu errado! O Canadá tem dois idiomas oficiais: o inglês e o francês. O país é uma nação bilíngue, mas a maioria das pessoas falam inglês.

Na verdade, depende muito da região. O Canadá é também uma ótima opção para quem deseja fazer um intercâmbio de idioma em francês, por um preço bem mais em conta do que na Europa. Abaixo, listamos cada um deles.

  • General English: é o curso de inglês geral. As escolas canadenses são muito cuidadosas na hora de nivelar os estudantes por turma, mesclando também nacionalidades, o que pode ajudar na experiência. Para aproveitar mais o curso, participe das atividades extras propostas pela escola, como clubes de conversação e excursões para treinar o idioma.
  • Business English: é o curso de inglês para negócios. Cada vez mais executivos buscam essa opção de curso. É indicado para os intercambistas que anseiam crescer no ambiente corporativo e procuram estar por dentro de todas as expressões utilizadas nesse meio. Durante as aulas, os estudantes são desafiados a vivenciar situações do mercado de trabalho e ainda têm a oportunidade de expandir seu networking.
  • Academic English: é o curso de inglês acadêmico. Indicado para os estudantes que desejam participar de processos seletivos de graduação, mestrado ou doutorado. Os estudantes desenvolvem habilidades como escrita, leitura e compreensão oral voltadas para as universidades.
  • Proficiência: são os cursos preparatórios para proficiência do idioma (inglês ou francês).
    As aulas são orientadas conforme a metodologia desses testes e preparam o aluno para que execute a prova no Canadá. Alguns exemplos de cursos de proficiência são TOEFL, IELTS, Cambridge, TESOL, TOEIC, entre outros.
  • General French: é o curso de francês geral. Um dos grandes diferenciais do Canadá é que, além do inglês, o intercambista pode estudar francês. Os cursos são ministrados por professores nativos que buscam levar o aprendizado para além da sala de aula, por meio de excursões, passeios pela cidade e atividades extraclasse.
    Para os jovens entre 14 e 17 anos, existe, ainda, o programa Summer e Winter Camps, que tem duração de 2 ou 4 semanas. Ele é o principal tipo de intercâmbio para adolescentes que visam treinar o idioma ou fazer um outro curso enquanto aproveitam as férias no Canadá.

Importante! Diferentemente de outros países, o intercambista que estuda inglês ou francês no Canadá não pode trabalhar. Entretanto, existem outros programas oferecidos no país de estudo e trabalho.

Leia também: Trabalhar no Canadá: tudo o que você precisa saber

Melhores cidades para intercâmbio no Canadá de um mês

Quebec é uma das cidades possíveis para intercâmbio no Canadá de um mês. Foto: Joy Real / Unsplash

Provavelmente, você vai lembrar de Toronto e Vancouver, que são as cidades mais procuradas pelos estudantes internacionais, metrópoles e, consequentemente, têm um custo de vida mais alto. Porém, existem outras cidades para se fazer um intercâmbio no Canadá de um mês.

Montreal ou Quebec, regiões colonizadas por franceses, são ótimas opções para aqueles intercambistas que desejam aprender francês e inglês. Temos, ainda, Calgary, Victoria, Whistler e Ottawa (capital do país) para cursos de inglês.

Mas o que levar em consideração quando for escolher a cidade? Você precisa escolher um local alinhado com o seu objetivo, orçamento, clima, estilo de vida, entretenimento e pontos turísticos. Só assim, em pouco tempo, vai conseguir aproveitar ao máximo o seu intercâmbio!

Leia também: Onde fazer intercâmbio no Canadá: principais cidades e regiões

Quanto custa um intercâmbio no Canadá de um mês?

Preço de um intercâmbio no Canadá de um mês pode chegar a 15 mil reais. Foto: Isabel Piñeiro / Unsplash

Se você comparar com uma viagem de férias convencional para o exterior, o valor é praticamente o mesmo e você ainda ganha de bônus um curso de idioma.

Somando todos os gastos, abaixo, veja uma média de quanto custa um intercâmbio no Canadá de um mês (quatro semanas) para estudar inglês.

  • Curso de 4 semanas (1 mês)
    R$ 2.805
  • Acomodação mais barata (4 semanas)
    R$ 3.000
  • Seguro Viagem
    R$ 700
  • Visto de turismo
    R$ 400
  • Passagem aérea
    R$ 2.642
  • Gastos extras (CAD$ 1.500)
    R$ 6.015
  • Total do intercâmbio de 1 mês no Canadá
    R$ 15.562

Cotação C$ 1 – Dólar Canadense (junho 2021): R$ 4,01.

Vantagens e desvantagens do intercâmbio no Canadá de um mês

Entre as desvantagens do intercâmbio no Canadá de um mês é preço em relação ao tempo de intercâmbio. Foto: Jaime Dantas / Unsplash

As vantagens são a própria vida no Canadá, a chance de praticar o idioma, crescimento pessoal e a possibilidade de conhecer pessoas de todo o mundo.

Além disso, os preços dos cursos em relação a países como Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália são bem mais em conta.

As principais desvantagens são o tempo de duração do intercâmbio e o alto investimento. Porém, não desanime se essa for a sua única opção!

É possível ter uma experiência incrível em apenas um mês no Canadá. Se optar por esse programa, tente praticar o máximo que conseguir e aproveitar cada segundo da viagem.

Vamos ajudar você no próximo passo.

Entre em contato direto com agências de intercâmbio que podem facilitar sua vida na hora de fechar o seu intercâmbio no Canadá. Faça seu cadastro no Intercâmbio Fácil do edublin e encontre os melhores preços e oportunidades.

Veja também

Como preparar as malas para o Intercâmbio?

Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar