Qual intercâmbio é mais barato? Destinos Acessíveis para Estudar no Exterior

Qual intercâmbio é mais barato? Destinos Acessíveis para Estudar no Exterior

edublin Press

2 semanas atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Em meio aos anseios de aspirantes a intercambistas, uma questão persiste: será que intercâmbio barato existe? A busca por essa resposta pode parecer uma jornada tão intrigante quanto a própria experiência de viver em terras estrangeiras.

Mas, o segredo para desvendar essa incógnita reside nas escolhas pessoais e nas oportunidades disponíveis.

Cada indivíduo traz consigo uma perspectiva única sobre o que é considerado “barato” e quais são as suas prioridades ao planejar uma viagem de estudos.

Há quem deseje imergir na cultura local, enquanto outros buscam uma experiência mais centrada no aprendizado acadêmico.

Porém, não se engane: a promessa de um intercâmbio acessível não é um mito. Longe de ser uma quimera, é uma realidade palpável para aqueles que sabem onde procurar e como otimizar recursos.

Vamos falar mais sobre isso?

Onde encontrar intercâmbio mais barato?

África do sul está entre os destinos de intercâmbio mais baratos. Foto: Tom Podmore on Unsplash

Explorar destinos menos convencionais pode revelar oportunidades de intercâmbio com preços mais em conta.

Para apresentar algumas opções onde é possível realizar intercâmbio sem gastar muito, vamos abordar cinco destinos populares entre os brasileiros, incluindo Malta e Filipinas.

Além disso, é importante considerar a escolha de cidades com custo de vida mais acessível, o que naturalmente reduzirá os gastos com curso, hospedagem e atividades extras.

Antes de começar o seu intercâmbio no exterior, que tal começar dar um “up” no seu inglês? Saiba mais aqui!

Aqui está a lista atualizada sobre qual intercâmbio é mais barato:

África do Sul

A Cidade do Cabo, na África do Sul, desponta como uma das metrópoles mais deslumbrantes do mundo, oferecendo um estilo de vida com custo moderado.

A moeda sul-africana, em relação ao real brasileiro, está favorável, o que torna a estadia ainda mais vantajosa.

Além disso, a cidade proporciona um contato direto com a natureza, com suas montanhas imponentes e um litoral encantador.

Um programa de intercâmbio de um mês em Cape Town pode sair por uma média de R$ 10.000, incluindo aproximadamente R$ 4.000 para despesas com moradia e custos básicos.

Irlanda

Na Irlanda, principalmente em cidades fora da capital irladesa, o intercâmbio pode ser mais barato. Foto: Pixabay

Para fazer intercâmbio na Irlanda mais barato, o ideal é buscar cidades fora do condado de Dublin. Limerick é uma alternativa mais acessível em comparação com a movimentada Dublin, oferecendo um custo de vida mais baixo.

Reconhecida mundialmente como um centro educacional de excelência, a cidade atrai estudantes de todo o mundo.

Um intercâmbio de um mês em Limerick pode custar, em média, R$ 8 mil, com despesas mensais em torno de €1.000.

Hospede-se em hotéis ou hostels com o custo-benefício que cabe no seu bolso. Faça sua pesquisa aqui!

Argentina

Buenos Aires é uma opção atraente para intercâmbio, proporcionando uma experiência cultural rica e uma proximidade geográfica da Argentina com o Brasil.

Além da belíssima arquitetura e do povo hospitaleiro, a cidade oferece uma vida cultural intensa.

Um intercâmbio de um mês na Argentina pode custar aproximadamente R$ 7.000, com despesas mensais na faixa de R$ 2.000.

Malta

Malta também é destino para quem não tem muitos recursos para fazer intercâmbio. Foto:  Zoltan Tasi on Unsplash

Malta é um destino em ascensão para intercâmbio, com um custo de vida relativamente baixo e um clima agradável durante grande parte do ano.

Além das belezas naturais e da rica história, Malta oferece uma atmosfera multicultural que enriquece a experiência de aprendizado.

Um programa de intercâmbio de um mês em Malta pode variar em torno de R$ 9.000, incluindo despesas básicas e acomodação.

Filipinas

As Filipinas são uma opção exótica para intercâmbio, oferecendo uma combinação única de praias paradisíacas, paisagens deslumbrantes e uma rica diversidade cultural.

Com um custo de vida relativamente baixo, as Filipinas são uma escolha atraente para estudantes que buscam uma experiência única no Sudeste Asiático.

Um programa de intercâmbio de um mês nas Filipinas pode custar em média R$ 8.500, incluindo despesas essenciais e alojamento.

Para estudar ou trabalhar no exterior, uma dica essencial é fazer a tradução do diploma e histórico escolar, além de outros documentos importantes! Precisa de uma tradução? Faça ela online por aqui!

Qual intercâmbio é mais barato? O mais curto

Intercâmbios de menor duração são, sem dúvida, os mais baratos. Foto: Envato

Qual intercâmbio é mais barato? O mais curto, sem dúvida.

A lógica é simples: intercâmbios com menor duração tendem a ter custos menores. Essa relação direta entre tempo e preço significa que, ao optar por um programa mais curto, você economiza consideravelmente.

Portanto, quanto menos semanas você comprar, mais vantajoso será o custo do curso no final. Essa é uma estratégia inteligente para quem busca uma experiência de intercâmbio enxuta e econômica.

Veja os valores para um intercâmbio de inglês em Dublin como exemplo:

Duração Valor em Reais (Aproximado) O que está incluso?
1 semana R$ 2.500 a R$ 3.250 Curso, acomodação, matrícula, material, suporte, etc.
1 mês R$ 6.250 a R$ 6.480 Curso, acomodação, matrícula, material, suporte, etc.
6 meses R$ 14.900 a R$ 18.650 Curso, acomodação, seguro saúde, suporte, etc.

Chegou a hora de comprar as passagens aéreas? Encontre as opções mais baratas!

Bolsas de intercâmbio

Bolsas de estudo podem deixar o intercâmbio mais barato ou até de graça. Foto: Leon Wu on Unsplash

Sim, as bolsas de estudo são uma excelente maneira de tornar o intercâmbio mais acessível e, em alguns casos, até mesmo gratuito. Existem diversas instituições, organizações e programas governamentais que oferecem bolsas de intercâmbio para estudantes qualificados.

Essas bolsas podem cobrir total ou parcialmente os custos com mensalidades escolares, acomodação, alimentação, passagens aéreas e outras despesas relacionadas ao intercâmbio. Além disso, algumas bolsas também oferecem apoio financeiro adicional para despesas pessoais durante o período de estudo no exterior.

As bolsas de estudo podem ser concedidas com base em mérito acadêmico, necessidade financeira, área de estudo, país de destino e outros critérios específicos de cada programa. Portanto, é importante que os estudantes interessados pesquisem e se candidatem às bolsas de intercâmbio que melhor se adequem ao seu perfil e objetivos educacionais.

Ao obter uma bolsa de estudo para o intercâmbio, os estudantes podem desfrutar de uma experiência educacional no exterior sem se preocupar com os altos custos normalmente associados a esse tipo de programa, tornando o intercâmbio uma opção mais acessível e viável para um número maior de pessoas.

Diversos programas oferecem bolsas para intercambistas, como:

  • Estados Unidos: Programa Fulbright
  • Irlanda: Government of Ireland — International Education Scholarship
  • Holanda: Orange Tulip Scholarship do Nuffic Neso
  • Inglaterra: Programa Chevening
  • Austrália: Australia AwardsDestination Australia Program (DAP)

Compare os valores de diversas operadoras de seguro-viagem para viajar com tranquilidade.

Trabalhar deixa o intercâmbio ‘mais barato’

Trabalhar durante o intercâmbio não apenas enriquece a experiência, mas também torna a estadia mais acessível financeiramente. Países como Austrália, Canadá, Nova Zelândia e Irlanda oferecem essa oportunidade aos estudantes, permitindo que eles complementem seus estudos com uma fonte de renda adicional.

Ao trabalhar durante o intercâmbio, os estudantes podem cobrir despesas extras, como alimentação, transporte e até mesmo parte das mensalidades escolares. Essa possibilidade não só reduz os custos totais do intercâmbio, mas também proporciona uma imersão mais profunda na cultura local e uma valiosa experiência profissional.

Assim, além de ser uma forma de tornar o intercâmbio mais acessível financeiramente, trabalhar durante essa experiência também contribui para o crescimento pessoal e profissional dos estudantes.

Facilite suas compras e não pague taxas de transferência na Europa, cadastre-se no banco virtual Revolut

Próximos passos para o seu intercâmbio na Irlanda

Agora que você já sabe mais sobre a Irlanda, vem com a gente entender como fazer um intercâmbio no país. Temos um guia especial sobre intercâmbio na Irlanda aqui no nosso site.

E se você precisa de ajuda para encontrar uma agência de intercâmbios, temos o Orçamento Fácil, uma ferramenta que te ajuda a entrar em contato com diversas agências com um só clique.

O edublin também tem várias opções de ebooks sobre faculdade e intercâmbio na Irlanda, cidadania europeia, cursos sobre trabalho e carreira no exterior, pra quem prefere um conteúdo resumido e compilado em um único material.

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.


Avatar photo
edublin Press, Este artigo é de autoria da assessoria de imprensa do edublin. Ele foi elaborado com o objetivo de agregar conteúdos relevantes e curiosidades sobre a Irlanda e viagens ao nosso site. Para mais informações, escreva para [email protected]

Veja também

Como preparar as malas para o Intercâmbio?


Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email