Trabalho no exterior para brasileiros: saiba como se preparar

Trabalho no exterior para brasileiros: saiba como se preparar

Ana Carolina Brunelli

8 meses atrás

Seguro Viagem

Sabia que é obrigatório ter um seguro viagem para ir pra Europa?

Trabalho no exterior para brasileiros. Esse certamente é um desejo da maioria das pessoas que sonham deixar o Brasil para viver experiências em um novo território.

Por isso, no texto de hoje, você vai encontrar dicas básicas de como é possível começar a se organizar para tirar esse sonho do papel e ver como funciona a busca por emprego em alguns dos países mais procurados pelos brasileiros.

Antes de continuar a leitura, tenha em mente que trabalhar no exterior é uma excelente oportunidade de melhorar o currículo, conhecer novas culturas e desenvolver habilidades que podem contribuir positivamente tanto para a vida profissional, quanto para a pessoal.

No entanto, também é preciso saber que trabalhar no exterior é um pouco diferente de trabalhar no Brasil — as regras são outras e os costumes também.

Vamos falar sobre isso mais a frente.

Dicas de trabalho no exterior para brasileiros

Agora, vamos às dicas sobre trabalho no exterior para brasileiros!

Primeiramente, é preciso saber que nada é melhor do que conseguir um trabalho no exterior de forma legal, sabendo que pode permanecer no país recebendo um salário com segurança e tranquilidade.

Existem duas maneiras que facilitam a conquista do trabalho no exterior para brasileiros.

1- Ter uma oferta de trabalho de uma empresa

Quer trabalhar no exterior legalmente? Então você vai precisar de um visto de trabalho, independentemente do destino.

Nesses casos, se você já tiver uma oferta de trabalho de uma empresa, é possível solicitar o visto de forma bem mais fácil, contando com o suporte da companhia.

É só analisar todos os documentos necessários (a empresa geralmente emite um documento específico solicitado pelo consulado) para iniciar todo o trâmite.

2- Trabalhar em uma multinacional no Brasil

Ter um emprego em uma multinacional no Brasil é uma boa maneira de conseguir ser transferido para trabalhar no exterior e, assim, poder contar com todo o suporte da empresa para conseguir o tão sonhado visto de trabalho em pouco tempo.

Se a sua empresa tem unidades fora do Brasil e esse é um grande desejo seu, não deixe de manifestar isso ao RH ou ao gestor, pois essas oportunidades podem abrir portas no mercado internacional.

Preparação para o trabalho no exterior

Melhorar o nível de inglês aumenta muito as chances de um brasileiro conseguir trabalho no exterior. Foto: Ben Rosett / Unsplash

É claro que existem opções “difíceis”, com mais burocracia e possíveis perrengues pelo caminho, mas, ainda assim, é a chance que muita gente tem de tentar a sorte e embarcar para o exterior em busca de trabalho, novas experiências e qualidade de vida.

Independentemente da forma como você vai atrás desse sonho de conquistar um trabalho no exterior, vale saber algumas dicas para se preparar ainda mais para esse momento, aumentando as chances de encontrar um emprego bem rápido.

Veja abaixo:

  • Inglês
    Ir para a maioria dos países da Europa, Estados Unidos, Austrália e Canadá, por exemplo, com um inglês básico, já é muito importante. Afinal, a maioria das vagas ofertadas para brasileiros exige, ao menos, uma boa comunicação. Ou seja, vale fazer aulas no Brasil, treinar bastante, para já chegar conseguindo se comunicar.
  • Idioma local
    Se você já tiver bastante conhecimento do inglês, mas escolheu um país com outro idioma local, é imprescindível estudar a língua para saber se comunicar e, assim, preparar-se para possíveis entrevistas.
  • Currículo
    Um currículo com todas as informações relevantes sobre sua trajetória profissional, nível de inglês e habilidades destacadas é fundamental para chamar a atenção dos recrutadores. Lembre-se: quanto mais completo e objetivo, melhor. Na Europa, por exemplo, o tipo de currículo é outro.
  • Entrevistas
    Quando você começa a espalhar currículos por aí, seja de forma online, seja presencial, a probabilidade de ser chamado para entrevistas é sempre alta. Por isso, é importante estar preparado e se sentir confiante para conversar com um entrevistador em outro idioma. A dica é treinar bastante, simular uma entrevista e tentar responder várias perguntas diferentes e que possivelmente são realizadas durante o bate-papo com o entrevistador.
  • Diploma
    Se você já tem uma formação no Brasil e deseja conseguir um trabalho no exterior na sua área de atuação, é importante verificar como funciona a validação do diploma no país escolhido.

Pesquise bastante e entre em contato com os órgãos oficiais para saber como é esse processo e como realmente pode ser feito.

Mas não esqueça: esteja sempre ativo no LinkedIn e em outros sites de emprego e faça muitas conexões, mesmo ainda estando no Brasil, pois isso pode abrir inúmeras portas lá fora.

Como tudo na vida tem os seus dois lados, um trabalho no exterior para brasileiros não poderia ser diferente.

Há vantagens e desvantagens que precisam ser ditas, até mesmo para você conseguir se prevenir quanto a alguns imprevistos e poder viver essa experiência de uma forma mais tranquila.

Vamos a elas!

Leia também: Currículo em inglês: dicas de como estruturar seu documento

Vantagens de trabalhar no exterior

A vivência com profissionais qualificados no mundo todo está entre as vantagens do trabalho no exterior para brasileiros. Foto: Christina @ wocintechchat.com / Unsplash

Sem dúvida, uma das maiores vantagens de um trabalho no exterior para brasileiros é ter um currículo bastante atrativo e uma possibilidade de conseguir um salário bem melhor comparado aos salários do Brasil.

Além disso, uma vaga no mercado internacional, seja qual for, possibilita descobrir novas habilidades, aperfeiçoar habilidades que já tenha, travar contato com pessoas de diferentes partes do mundo e desenvolver ainda mais o inglês ou outro idioma.

Desvantagens de trabalhar no exterior

Já entre as desvantagens de um trabalho no exterior para brasileiros certamente está a insegurança e a incerteza de conseguir um emprego rápido e se adaptar.

Outra questão é a saudade da família e dos amigos e, claro, o medo de precisar falar um idioma que não domina completamente.

Viver e trabalhar fora do Brasil é se deparar com dificuldades, sim, como diferenças culturais que podem provocar um baita choque, mas é também viver uma experiência inesquecível e cheia de aprendizados.

Principais países para um trabalho no exterior para brasileiros

Trabalhos na área de construção e engenharia estão em alta na Irlanda para brasileiros. Foto: Ahsanization ッ / Unsplash

Irlanda

Uma preocupação a menos para os brasileiros que desejam um trabalho na Irlanda é que é possível encontrar um emprego e trabalhar legalmente no país. No entanto, é necessária a solicitação de um visto de trabalho.

O Stamp 2 é o visto que mais se encaixa com o intercambista brasileiro. Afinal, ele possibilita conciliar estudo e trabalho na Irlanda.

Com ele, é possível trabalhar até 20 horas semanais durante o período de aulas e até 40h em meses específicos (entre os meses de junho e setembro; e entre 15 de dezembro e 15 de janeiro).

Para se enquadrar na categoria do Stamp 2, é preciso se matricular em um curso de idiomas com duração mínima de 25 semanas em uma instituição aprovada pelo governo Irlandês ou uma universidade.

O prazo de expiração do visto, que tem validade total de oito meses, também deve ser respeitado, e o imigrante com esse tipo de permissão não poderá recorrer a nenhum tipo de serviço oferecido pelo governo, tais como saúde, seguro-desemprego, etc.

A lista de oportunidades para brasileiros é enorme e entre os principais trabalhos destacam-se:

  • Kitchen Porter
  • Cleaner
  • Waitress / Waiter
  • Hostess
  • Housekeeper
  • Warehouse Assistant
  • Barman / Bartender
  • Floor Assistant
  • Au Pair

A área de TI (Tecnologia da Informação) também é muito forte na Irlanda e contrata muitos estrangeiros. Além disso, recentemente, o país abriu mais vagas para imigrantes na categoria critical skills, com muitas opções em construção civil, engenharia e outros.

Saiba tudo sobre trabalhar na Irlanda neste artigo completo.

França

LinkedIn é uma das principais plataformas para brasileiros conseguirem trabalho na França e no exterior em geral. Foto: Cytonn Photography / Unsplash

Brasileiros que desejam trabalhar na França, uma coisa é importante saber: no país, é muito comum as empresas solicitarem a famosa “lettre de motivation”, além do currículo.

A lettre de motivation é uma carta de motivação, que nada mais é que um texto onde você mesmo vai explicar o que levou a se candidatar a determinada vaga, falar um pouco do seu perfil e habilidades e como você poderia contribuir no trabalho oferecido.

Uma das formas mais comuns de buscar oportunidades de emprego na França é por meio do LinkedIn.

Use e abuse dessa ferramenta para fazer contatos, conectar-se com pessoas que trabalham em empresas do seu interesse, atualizar sempre o seu currículo e desmontrar interesse nas vagas.

Outros sites de emprego que funcionam bem no país são:

Agora, em relação ao visto de trabalho, no site do governo é possível conferir todos os tipos, mas os mais conhecidos são:

  • Trabalho de longa duração: é necessário solicitar esse tipo de visto quando um brasileiro que ainda mora no Brasil consegue uma proposta de emprego na França e, com isso, recebe uma carta-convite para trabalhar em território francês. A validade é de um ano.
  • Férias-trabalho: o visto de férias-trabalho na França é temporário e não é possível renová-lo. É indicado para brasileiros de 18 a 30 anos que desejam trabalhar durante aproximadamente um ano. Importante lembrar que quem tem a cidadania europeia está livre para trabalhar na França e em outros países da Europa.
  • Vida privada e familiar: é o tipo de visto que permite trabalhar na França se a esposa ou marido for francês. Ou seja, quem vive nessa situação consegue solicitar esse visto para trabalhar legalmente no país. O processo de visto pode ser feito por meio do Consulado francês no Brasil.

Portugal

Lisboa e Porto estão entre as principais cidades com trabalho para brasileiros. Foto: Headway / Unsplash

Portugal também é considerado um país com oportunidades de trabalho no exterior para brasileiros. E em grandes cidades como Lisboa e Porto há sempre muitas vagas ofertadas.

Porém, para quem trabalha com turismo, a região do Algarve é um ótimo lugar para encontrar emprego, já que esse é um dos lugares mais visitados do país.

Para trabalhar em Portugal, é preciso estar totalmente legalizado no país, a não ser que tenha a cidadania portuguesa.

É possível solicitar, por exemplo, o Startup Visa ou o Golden Visa. Ambos permitem trabalhar no país, mas os requisitos de cada um deles são diferentes.

Outra opção é estudar e trabalhar em Portugal. Nesse caso, o primeiro passo é solicitar o visto de estudante ou de residência, no Consulado de Portugal no Brasil.

As vagas oferecidas em Portugal para brasileiros são, geralmente, em cargos de atendimento como garçonete, garçom, recepcionista, etc.

Há também opções para auxiliar de cozinha e serviços em hotéis.

Leia também: Universidades em Portugal: as sete melhores instituições para estudar

Austrália

A Austrália é um país bastante procurado por brasileiros que buscam um trabalho no exterior, principalmente por oferecer oportunidades para diferentes faixas etárias, não apenas para jovens.

Para trabalhar na Austrália, você pode fazer um intercâmbio de estudo e trabalho e será necessário solicitar um visto de estudante, que é realizado por meio de uma plataforma online da imigração.

A validade do visto australiano de estudante varia de acordo com o tempo de duração do curso.

Ou seja, se você optar por um curso de 14 semanas, seu visto vai durar 14 semanas e você terá direito a mais quatro semanas de férias. Se você escolher um curso de 40 semanas de aula, terá direito a oito semanas de férias.

Confira no site da Embaixada da Austrália todas as informações atualizadas para dar entrada em uma solicitação de visto.

As principais áreas de contratação são: auxiliar de limpeza, auxiliar de serviços, atendimento, garçom, atendente de loja, operário de obra, hoteleiro, entre outras oportunidades.

Nova Zelândia

Diferentemente dos países citados acima, em que os brasileiros precisam ficar atentos e procurar por vagas de empregos nas mais diferentes áreas, na Nova Zelândia é ao contrário.

O país chega a convidar brasileiros e outros estrangeiros que possuem conhecimentos específicos para contribuir com a economia e, assim, é possível conseguir a permissão de trabalho, solicitando o chamado Skilled Migrant Category Resident Visa.

Se esse tipo de visto é de seu interesse, a dica é ficar de olho se sua qualificação profissional se encaixa na lista de vagas que o país demanda, que são conhecidas como “critical skills”.

Informação importante: é preciso ter uma oferta de emprego antes de sair do Brasil e comprovar isso na hora de solicitar o visto e na imigração. A idade possível para esse tipo de visto é de até 55 anos.

Leia também: 24 curiosidades sobre a Nova Zelândia

Trabalho no exterior para brasileiros: próximo passo para realizar esse sonho

Viu só como o trabalho no exterior para brasileiros é possível? Os países ao redor do mundo estão com muitas vagas de emprego abertas, principalmente agora que muitas pessoas já foram vacinadas e que as coisas estão finalmente voltando ao “normal”.

Ou seja, se você tem vontade de viver essa experiência, talvez agora seja o momento de escolher um destino e iniciar o processo de mudança.

O E-Dublin pode ser o caminho de entrada para aquela tão sonhada vaga de emprego fora do país. O curso “Do Zero ao Emprego no Exterior” oferece mais de 30 horas de conteúdo com diversos profissionais de diferentes áreas.

Ana Carolina Brunelli, Formada em jornalismo pela UNIMEP. Criadora de conteúdo para redes sociais, com experiência em Diversidade & Inclusão. Esteve na Irlanda duas vezes e, desde a primeira vez no país, soube que Dublin era o seu lugar no mundo. Ama inspirar e incentivar as pessoas a viverem a incrível experiência de conhecer a Ilha Esmeralda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar