Intercâmbio em inglês: onde fazer e como organizar o seu

Intercâmbio em inglês: onde fazer e como organizar o seu

Karina Moura

4 meses atrás

Quanto custa um intercâmbio?

Não vendemos pacotes e nem somos agência,
mas podemos te colocar em contato com elas.

Experiência no exterior, fluência no idioma, crescimento pessoal e profissional. Esses são alguns dos objetivos daqueles que buscam fazer um intercâmbio em inglês. Entre todas as línguas, os cursos de inglês ainda são os mais buscados pelos brasileiros.

Engana-se quem acha que só os jovens vão para outros países aprender o idioma, já que, cada vez mais, a procura por qualquer faixa etária cresce no Brasil.

Intercâmbio em inglês depois dos 30 anos é tão comum nos dias de hoje que já existem programas exclusivos para alunos de idades semelhantes. Ir para outro país estudar inglês ainda é o sonho de muitos, além de ser um dos tipos mais populares de intercâmbio.

O grande desafio, em qualquer idade, é organizar o intercâmbio — por conta própria ou com a ajuda de uma agência — e tirá-lo do papel. Estudar fora não é só arrumar as malas e viajar. Um intercâmbio em inglês começa muito antes do embarque, definindo, primeiro, o destino, quanto tempo vai ficar fora, investimento, gastos extras, entre outros fatores.

Caso o seu sonho seja fazer um intercâmbio em inglês, então fica aqui com a gente! A seguir, explicamos tudo para você começar o seu planejamento.

Leia também: Intercâmbio: como fazer e quais são os principais destinos para brasileiros

Por que fazer um intercâmbio em inglês

Fazer intercâmbio em inglês é uma forma de potencializar o idioma. Foto: Priscilla Du Preez on Unsplash

Saber se comunicar bem em inglês é uma habilidade muito valorizada e, pensando nisso, muitas pessoas vão estudar fora para aprender e ter mais fluência, vivendo em países onde se fale o idioma. Um intercâmbio em inglês é um investimento que traz resultados em curto, médio e longo prazo. Acredite!

Além do conhecimento, você vai ter a oportunidade de conhecer a cultura, os hábitos e de interagir com pessoas de várias nacionalidades. Para a vida profissional, um intercâmbio em inglês pode mudar bastante a carreira, não só pela experiência de estudar fora como também para melhorar o seu currículo.

Seguro Viagem: Intercambio
AC 150 MUNDO COVID-19 (EXCETO EUA) AC 150 MUNDO COVID-19 (EXCETO EUA) Assistência médica USD 150.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 59/dia*

Quais são os pré-requisitos para fazer intercâmbio em inglês?

Não existe um pré-requisito para fazer um intercâmbio em inglês, muito menos ter algum conhecimento prévio da língua. Como mencionamos aqui, é possível embarcar nessa aventura praticamente em qualquer idade.

No geral, os cursos de inglês disponíveis no exterior começam a partir dos 10 anos, com opções de viagens em grupo ou individual. Outra opção é fazer um intercâmbio de inglês em família, onde algumas escolas oferecem cursos em conjunto ou descontos para cada aluno, que é colocado em uma turma específica de acordo com nível do idioma.

De qualquer forma, existem muitas opções de intercâmbios em inglês disponíveis e cada um desses programas pode estar alinhado com um objetivo diferente. No próximo tópico, vamos mostrar os tipos mais comuns oferecidos hoje no mercado.

Como escolher um curso de inglês no exterior?

Quer fazer intercâmbio em inglês? Tem vários tipos e durações. Foto: Mira Kireeva on Unsplash

É normal ter dúvidas na hora de escolher qual curso de inglês fazer no intercâmbio. São inúmeras as possibilidades e, por isso, é interessante se informar bem sobre as opções disponíveis:

  • Cursos de férias — recomendado para os intercambistas que têm pouco tempo, precisam aprimorar suas habilidades no idioma e querem fazer uma imersão cultural rápida;
  • Cursos intensivos — aconselhado para aqueles que desejam alavancar o inglês em poucas semanas, sem comprometer a qualidade do ensino e aprendizado;
  • Cursos regulares — funcionam basicamente como no Brasil, onde o intercambista tem mais tempo para aprender e praticar o idioma por meio de programas mais longos;
  • Cursos de proficiência — voltados para os intercambistas que querem realizar um certificação internacional do idioma para exames de proficiência como IELTS, TOEFL e Cambridge;
  • Cursos direcionados — direcionados aos estudantes que têm como objetivo um curso com vocabulário específico para uma área de atuação, como por exemplo, inglês para negócios.

Melhores destinos para intercâmbio em inglês

Uma das decisões mais difíceis do planejamento do intercâmbio em inglês é escolher o destino — e tem gente que não consegue sair daí! Essa escolha é bastante pessoal, pois deve estar muito alinhada ao objetivo do futuro intercambista.

Entre os países mais procurados para fazer intercâmbio em inglês, temos África do Sul, Austrália, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda, Malta e Nova Zelândia. Vamos conhecer um pouco cada um desses países?

África do Sul

Que tal uma experiência na África do Sul? País pode ser destino do seu intercâmbio em inglês. Foto: HandmadePictures | Dreamstime.com

A África do Sul é uma opção muito interessante para quem deseja fazer intercâmbio em inglês. Apesar de não estar no topo da lista dos países mais procurados para estudar inglês, costuma ter os preços mais baixos e oferece excelentes instituições de ensino, além das ótimas opções de lazer e belas paisagens.

O que pesa, aqui, é o sotaque do inglês, que costuma ser bem forte e diferente do resto do mundo, por causa da língua do país, que é o africâner.

Austrália

Austrália está entre os principais destinos para brasileiros no aprendizado do inglês. Foto: Dan Freeman on Unsplash

Do outro lado do mundo, a Austrália é um destino perfeito para os brasileiros, pois o clima é muito parecido com o do Brasil. Além disso, o país de língua inglesa apresenta alto índice de empregabilidade, ótimas instituições de ensino, qualidade de vida e muitas belezas naturais.

A principal vantagem é que o país concede permissão de trabalho aos estudantes de inglês durante o intercâmbio. Uma desvantagem é que o programa não costuma ser um dos mais baratos.

Canadá

O destino mais popular entre os intercambistas do mundo todo, o Canadá é um país da língua inglesa com muita qualidade de vida, economia estável, opções culturais e lazer, além das belezas naturais. Além disso, o país é bilíngue e permite que você faça um curso de idioma tanto para aprender inglês quanto francês.

Por lá, existem as melhores instituições de ensino do mundo e com preços mais acessíveis. Porém, um ponto negativo é o inverno rigoroso, com muita neve.

Estados Unidos

EUA é um dos países mais populares para quem busca intercâmbio em inglês. Foto: Joey Csunyo on Unsplash

Os Estados Unidos estão nos planos de muitos futuros intercambistas, e não é à toa, pois oferece uma maior diversidade de programas de cursos de inglês. O país é uma das maiores potências econômicas do mundo e tem destinos para todos os gostos e estilos. Entretanto, é bom já ficar sabendo que costuma ter um custo mais elevado e pode pesar no bolso.

Importante destacar que o inglês americano tem diferenças em relação ao britânico, tanto no sotaque e na pronúncia quanto no significado das palavras.

Inglaterra

Um país de língua inglesa bem tradicional, a Inglaterra é o lugar perfeito os estudantes que querem aprender o idioma em sua versão mais nativa. A grande vantagem é que o país fica no continente europeu e você pode combinar intercâmbio com viagem. Por lá, também é possível encontrar uma variedade de cursos de inglês.

Além de estudar, você vai aprender sobre a história do país, música, cultura e muita arte. É por isso que é considerado um dos melhores países para fazer intercâmbio no mundo!

Irlanda

Irlanda figura entre os únicos países que falam inglês na União Europeia. Foto: K. Mitch Hodge on Unsplash

Na Irlanda, o inglês é muito semelhante ao britânico, mas é preciso ter cuidado com o sotaque. As vantagens de fazer um intercâmbio de inglês no país são os preços mais baixos, acesso rápido a outros países da Europa e a possibilidade de estudar e trabalhar durante o intercâmbio.

O país tem excelentes instituições de ensino, muita diversidade cultural, paisagens incríveis, pubs, castelos e construções medievais. Além disso, a Irlanda é bastante receptiva a brasileiros, o que pode tornar sua experiência ainda melhor. Um ponto negativo é que o clima da Ilha costuma ser úmido e ameno, com muitos ventos oceânicos, o que faz o país ser conhecido pelas chuvas.

Leia também: Como escolher a escola de inglês na Irlanda?

Malta

Malta é uma pequena ilha ao sul da Europa que fala inglês, apesar de ser influenciada também pelos costumes dos povos franceses, árabes e italianos. O país vem se tornando um dos destinos preferidos pelos brasileiros, principalmente durante o verão europeu, por causa das suas belas paisagens naturais.

O custo de vida na ilha é um dos mais baixos dos países da Europa, o que atrai cada vez mais estudantes de inglês. Com temperaturas agradáveis durante a maior parte do ano e uma vida noturna animada, Malta é a escolha certa para quem procura unir diversão e aprendizado ao longo do intercâmbio.

Nova Zelândia

Nova Zelândia está na lista dos principais destinos para o intercâmbio em inglês. Foto: Partha Narasimhan on Unsplash

Apesar da distância, já que o país fica ao lado da Austrália, a Nova Zelândia tem chamado a atenção dos intercambistas brasileiros. A capital dos esportes radicais oferece para os estudantes que pretendem estudar inglês hospitalidade e qualidade de vida. O país também conta com a opção de conciliar estudo e trabalho enquanto se estuda inglês.

Entretanto, a Nova Zelândia é um dos destinos mais caros para se fazer um intercâmbio de inglês. Muito receptivo com os estrangeiros, o país incentiva a vinda de pessoas de outras na nacionalidades, facilitando o processo de imigração, já que o país precisa de mão de obra qualificada.

5 dicas para planejar o seu intercâmbio

Antes de tudo, você precisa realizar muitas pesquisas e verificar todas as possibilidades antes de fechar o seu programa.

A fase inicial do planejamento é a mais importante, pois é a partir dela que você trilhará toda a jornada para o seu intercâmbio em inglês, em qualquer lugar do mundo!

A seguir, separamos 5 dicas para você começar a se organizar:

  • defina o seu objetivo;
  • decida o tempo de duração e data de embarque;
  • escolha qual o destino, isso inclui a cidade onde vai desembarcar;
  • determine a escola onde vai estudar e qual tipo de curso de inglês vai fazer;
  • faça um planejamento financeiro.

Caso o seu destino seja a Ilha Esmeralda, o edublin tem um eBook completo sobre intercâmbio na Irlanda.

Organizado como um guia, ele é um passo a passo com tudo o que você precisa saber antes de embarcar, até a organização de papelada para a entrada no país e o que fazer depois de pisar na ilha.

Além de todo conteúdo exclusivo, você tem acesso a cheklists e planilha financeira para planejar o seu intercâmbio!

Simulação de orçamento para o seu intercâmbio

Por fim, chegou a hora de simular um orçamento e ver quanto vai custar o seu intercâmbio de inglês. Mais uma vez, o edublin vai dar aquela ajudinha para você realizar o seu sonho.

Agora que você sabe por onde começar o seu planejamento, faça o seu cadastro no Orçamento Fácil. Encontre o seu destino preferido, os melhores preços e oportunidades para tirar o seu projeto do papel!

Veja também

Quanto custa e como pagar por um intercâmbio

Karina Moura, Formada em Jornalismo e Relações Internacionais. Produtora de conteúdo digital e consultora de comunicação e marketing, atuou por muito tempo em projetos B2B, com atendimento e relacionamento ao cliente. Apaixonada por pessoas e causas que promovam a troca de experiências entre elas, hoje se prepara para o seu primeiro intercâmbio em Dublin, na Irlanda.

Este artigo foi útil?

Você tem alguma sugestão para a gente?

Obrigado pelo feedback! 👋

O que ver em seguida

Cadastre-se em
nossa newsletter

Seu email foi cadastrado.

Cadastrar outro email

Comentários

🍪

Este site usa cookies para personalizar a sua experiência. Ao utilizar o E-Dublin você concorda com a nossa política de privacidade.

Aceitar e fechar